Mapa Meu - Travel Experiences Lda
+351 917 434 117

Cáucaso – um segredo por descobrir!

Detalhes da Viagem

  • Arménia, Geórgia
  • Cultural, Montanha
  • 8 Jun, 2019 - 22 Jun, 2019
  • 15 dias / 14 noites
  • 1.290 € / pessoa
  • 4 - 7 pessoas
  • + 12 anos
Google+LinkedIn

Destaques

Duas capitais do Cáucaso cheias de história, marcadas pela religião, pelas lutas constantes no seu território e pela hospitalidade.

Complexos de mosteiros e cemitérios que são Património Mundial da UNESCO, olhando paisagens de cortar a respiração.

A primeira nação oficialmente cristã e, a norte, a nação que, dizem eles, inventou o vinho!

Montanhas que nos espreitam acima dos 5000 metros e torres, todas elas fortalezas, que rasgam a paisagem.

Uma cidade belíssima, de frente para um vale imenso que embate na cordilheira do Cáucaso!

A Experiência

A Geórgia e a Arménia são dois países vizinhos, mas muito diferentes na maneira de pensar e de olhar o futuro. Nações chave na divisão entre a Europa e a Ásia foram, desde a antiguidade, motivo de disputa, conquistas e reconquistas, face à importância que tinham da geografia da região. Uma, diz ter inventado o vinho! Outra, orgulha-se de ter sido a primeira nação oficialmente cristã no mundo! O que é facto, é que aqui se encontram alguns dos maiores tesouros religiosos e mosteiros tão importantes quando a história do cristianismo. Mas não é só de religião que se fazem estas nações, mas também de hospitalidade, montanhas imensas e patriotismo!

Bem-vindos ao Cáucaso!

Itinerário

1
Dia 1 | Origem - Yerevan
Bem-vindos à capital da Arménia!

O dia está reservado à tua viagem para o Cáucaso! Conforme a hora de chegada, vamos combinar uma hora no nosso hotel para nos conhecermos e falarmos um pouco dos próximos dias e, nada melhor que tudo isto acontecer à mesa do jantar!
Hotel
2
Dia 2 | Yerevan
Yerevan é uma cidade feita de grandes avenidas ao estilo da União Soviética, com gente alegre, com muito estilo e muitos espaços verdes, cafés por descobrir, história e um ambiente totalmente diferente do país vizinho!

Depois do pequeno-almoço e porque é domingo, partimos para um dos mais belos complexos do país, a sede da Igreja Apostólica Arménia, onde encontraremos o ambiente dum mosteiro moderno, com todos os seus estudantes e padres, reflectidos na Catedral Etchmiadzin, a mais antiga do mundo. Impressionante! Regressamos à cidade onde almoçamos. A tarde leva-nos ao museu e memorial do Genocídio Arménio, acto levado a cabo pelo Império Otamano e, até hoje, não reconhecido pelo governo turco. Ao longe, o monte Ararat, onde Noé pousou a sua arca, tão importante para os arménios, hoje em território turco.

O resto do dia fica por tua conta. Divaga pela cidade e deixa-te levar pelo ambiente de uma cidade com imensa vida!
Hotel
3
Dia 3 | Yerevan - Sevan - Alaverdi
Neste dia saímos cedo e visitamos aquele que é, para nós, uma das obras mais bonitas da arquitectura religiosa edificada até hoje, o Mosteiro de Geghard. Na Arménia costuma dizer-se que ninguém se acredita que estiveste no país, se disseres que nunca viste este mosteiro, uma obra magnífica em harmonia com a natureza circundante!

Daqui, partimos rumo ao norte, em direcção ao maior lago do Cáucaso, o Sevan. Uma série de complexos religiosos espelhados nas águas do lago e a maior concentração de kachkar (cruzes esculpidas em pedra) do mundo. De lá, a estrada leva-nos a Alaverdi, onde pernoitamos, acompanhado o impressionante Debed Canyon, que rasga a terra ao meio nos seus 178 quilómetros de comprimento.
Alojamento local
4
Dia 4 | Alaverdi - Tbilisi
A região onde se situa Alaverdi pode não parecer, à primeira vista, um local interessante. Cidade industrial, responsável por um quarto da recolha de cobre do antigo Império Soviético, esconde porém, alguns dos maiores tesouros do país. Rico em monumentos religiosos de imenso valor para o património do país, como o Mosteiro de Sanahin e o Mosteiro de Haghpat (ambos Património Mundial da UNESCO) e o não menos impressionante Mosteiro de Akhtala. É nestes três complexos que vamos concentrar a nossa atenção nesta manhã para logo partirmos nos nossos táxis em direcção a Tbilisi, onde chegaremos ao fim da tarde. Ao jantar, escolheremos um local onde possamos observar a vida da capital georgiana!
Hotel
5
Dia 5 | Tbilisi
Tbilisi é um misto de arquitectura, história, varandas que quase caem sobre a rua e que mais parecem rendilhados de crochet, um ambiente cosmopolita mas, ao mesmo tempo, muito local, fazem desta cidade uma das mais vibrantes da região do Cáucaso!

Hoje vamos percorrer alguns dos locais religiosos mais importantes da cidade, mas também caminhar centro histórico acima em direcção ao Forte de Narikala, de onde podemos ter uma visão total sobre a cidade!

Pelo meio, a gastronomia local vai-nos reconfortando, cortada por um café gelado, uma cerveja local ou um copo de vinho georgiano.
Hotel
6
Dia 6 | Tbilisi - Gori - Kutaisi
Partindo bem cedo de Tbilisi, a próxima paragem chama-se Gori. Uma cidade perdida a 90 quilómetros a oeste da capital, que não fosse a cidade natal de Estaline, nunca teria sido colocada no mapa. É o museu dedicado ao mesmo que vamos visitar, com toda a história, propaganda, fotografias, mandatos e até a carruagem com que costumava deslocar-se no Império Soviético! Dali, um regresso ao passado, a 3000 AC, em Uplistsikhe, uma cidade escavada na rocha e habitada até finais do século XIV.

O resto do dia é passado na estrada a caminho de Kutaisi, onde ficaremos nas próximas duas noites. O resto do dia é livre. A sugestão vai para o pôr-do-sol a partir da Catedral Bagreti, que olha a cidade de cima!
Hotel
7
Dia 7 | Kutaisi
O dia vai ser passado nos arredores de Kutaisi. Partimos para uma das mais impressionantes grutas do país, a Gruta de Prometeus, divulgada apenas em 1984 e que foi guardada durante anos por um habitante local e o seu cão, para que não fosse alvo de vandalismo, até que o presidente da Geórgia notasse a importância da sua manutenção. A estrada leva-nos depois ao Okatse Canyon, uma plataforma transformada em miradouro, para uma paisagem vertiginosa!

Regressamos a Kutaisi, cansados, certamente!
Hotel
8
Dia 8 | Kutaisi - Mestia
A manhã vai levar-nos ao Mosteiro de Geghard, onde está enterrado um dos mais importantes reis da história do país: David, o Restaurador! Gelati foi, em tempos, considerado como a "segunda Jerusalém", reflexo da importância que o mosteiro tinha a nível religioso e de aprendizagem. No caminho, o Mosteiro de Motsameta, construído sobre a garganta do rio Tskatsitela, ainda parcialmente habitado por monges.

É hora de partir para norte, percorrendo a primeira estrada de montanha que nos levará à região de Svaneti, mais precisamente à cidade de Mestia, onde ficaremos nos próximos dois dias. Começarás a avistar torres monumentais, todas elas fortalezas, tão características desta região e incluídas na lista de património mundial da UNESCO.
Hotel
9
Dia 9 | Mestia
Neste segundo dia, cada um poderá decidir o que quer fazer. Apesar da cidade ser pequena, as opções são muitas. Quem me quiser acompanhar, poderá caminhar até um dos glaciares que chegam até perto de Mestia. Uma caminhada de 7 horas para observar de perto, por entre montanhas enormes, o glaciar Chalaadi. Porém, poderás também optar por apanhar um jipe até Ushguli, 40 quilómetros a norte, uma das aldeias mais típicas (actividade opcional), por caminhares montanha acima por um dos muitos trekings disponíveis e devidamente marcados ou, se preferires, ficares pela cidade, visitando o museu dedicado ao alpinismo ou, simplesmente, olhando a enorme paisagem!
Alojamento local
10
Dia 10 | Mestia - Mtshketa
Um dia inteiro em viagem? Sim, também faz parte da arte de ser viajante. Um dia inteiro mesmo. Apesar da distância não ser muita, o facto de estarmos numa região de montanha, faz com que as horas se alonguem no caminho. O dia será passado, quase na totalidade, dentro de uma carrinha nervosa, a caminho da capital da Geórgia. Porém, não é em Tbilisi que pernoitamos nesta noite, mas em Mtshketa, a antiga capital, a 15 quilómetros de distância.
Hotel
11
Dia 11 | Mtshketa - Stepantsminda
A antiga capital do reino tem uma série de edifícios na lista de património mundial da UNESCO e são eles o nosso principal foco na cidade. Este é um lugar calmo, muito bonito, quase se assemelhando a uma pitoresca aldeia de montanha e merece, por essa mesma razão, uma manhã dedicada à cidade.

Almoçamos cedo e partimos para uma das cerejas no topo do bolo. O trajecto até Stepantsminda quase que se precipita sobre nós, com picos nevados que se elevam acima de montanhas de um verde forte, com gargantas que cortam a rocha a meio, com abismos de suster a respiração! Pelo caminho, o complexo de Ananuri, numa paisagem idílica e o monumento da amizade entre a Geórgia e a Rússia, construído na década de 80. Chegados a Stepantsminda, é a vista sobre o Monte Kazbek que nos prende a atenção e mais abaixo, a pequena Igreja da Trindade de Gergeti, como que desafiando a imponente montanha!
Alojamento local
12
Dia 12 | Stepantsminda
Este dia é livre mas, tenho a certeza, vais querer usá-lo para subir até à igreja da Trindade de Gergeti, bem lá em cima! Prepara o lanche e muita água e começa a tua subida!

A alternativa à subida a pé (actividade opcional), será apanhar um transporte que te leve até ali, que te poupará o cansaço e quase duas horas de subida!

Já lá em cima, a vista é única! De um lado o Monte Kazbek, no alto dos seus 5047 metros e do outro, a pequena cidade de Stepantsminda. Por detrás desta, o Monte Shani que delimita a fronteira com o país vizinho, a Rússia.

Desfruta do momento, garanto-te que é único!
Alojamento local
13
Dia 13 | Stepantsminda - Sighnagi
Bem pela manhã, começamos a descer por entre a paisagem abrupta em direcção à capital do país, embora a estrada nos leve para uma das mais bonitas e pitorescas cidades da região: Sighnagi!

Esta povoação, com apenas 3000 habitantes, fica no cimo de uma colina e, à sua frente, uma extensa planície que se estende até ao sopé da Cordilheira do Cáucaso. O seu principal sustento vem das vinhas, ou não estivéssemos nós na mais importante região vinícola do país!

O fim da tarde vai ser passado a olhar a cidade!
Hotel
14
Dia 14 | Sighnagi - Tbilisi
Pela manhã, podemos visitar o Museu Nacional de Sighnagi, onde poderemos conhecer, além da história da região, um dos mais importantes pintores nacionais: Pirosmani. A partir daí, as opções são várias neste que é o último dia no país. Podes optar por fazer um tour (actividade opcional) pela zona das vinhas, que te levará parte do dia, aprendendo um pouco mais sobre a produção de vinhos e degustando um ou outro néctar dos Deuses, podes calcorrear a cidade pelas suas ruas estreitas, subindo à muralha e às torres de vigia ou então visitar a catedral onde a Santa Ninotem a sua sepultura ou apenas escolher uma qualquer esplanada com vista para a cordilheira do Cáucaso e aproveitar o silêncio de Sighnagi!

Ao fim do dia, regressamos a Tbilisi.
Hotel
15
Dia 15 | Tbilisi – Cidade de origem
Este é o dia de regresso! Esperamos que tenhas gostado desta aventura e desejamos ver-te em breve!

Resta-me agradecer a tua confiança e deixar-te um abraço!

Obrigado!

O que está incluído?

  • 14 noites em hotéis e alojamentos locais, em quarto twin
  • Todos os pequenos-almoços
  • Todas as entradas nos locais visitados
  • Acompanhamento do líder nos 15 dias
  • Todos os transportes dentro do país (excepto táxis de carácter pessoal)

O que não está incluído?

  • Voos internacionais (a partir de 400€)
  • Actividades indicadas como opcionais
  • Alimentação não especificada
  • Despesas pessoais
  • Guias privados nos locais a visitar
  • Seguro pessoal (obrigatório)
  • Transfers de/para o aeroporto

Marcação

Início Fim Estado Preço
Data Sábado 8 Jun, 2019 Sábado 22 Jun, 2019 Vagas 4 Preço 1.290 € Agendar

O Líder

Rafael Polónia

Mentor e líder de experiências da Landescape. Curioso, observador e sempre pronto para novas aventuras, os destinos que lidera surgem-lhe quando se apaixona por um país.
Mais informação sobre o líder