Mapa Meu - Travel Experiences Lda
+351 917 434 117

Sudão, na rota dos Faraós Negros

Detalhes da Viagem

  • Sudão
  • Aventura, Cultural
  • 20 Out, 2019 - 5 Nov, 2019
  • 17 dias / 16 noites
  • 1590€ / pessoa
  • 4-9
  • 16

Vídeos

Google+LinkedIn

Destaques

Explora as milenares aldeias núbias escondidas por oásias na orla do Nilo!

Navega nas águas calmas de um dos maiores rios do mundo, fonte de vida da região desde há séculos!

Viaja no tempo junto às dezenas de pirâmides espalhadas pelas areias do deserto!

Deixa-te levar por um ritual que te poderá fazer entrar em transe!

Perde-te em Cartum, a caótica capital sudanesa e observa a junção do rio Nilo!

Caminha pela cidade de Assuão, a cidade que fazia a fronteira do Antigo Egipto, com os países do sul!

A Experiência

O Sudão parece ser um dos países mais improváveis para se viajar mas é, garantimos, um dos mais seguros e hospitaleiros do mundo! Com mais pirâmides do que o vizinho Egipto, o Sudão é um país rico em história mas que por razões menos positivas tem andado arredado das rotas turísticas. Das margens do gigante rio Nilo nasceu a civilização Núbia que nos deixou um legado que a UNESCO incluiu na sua lista de Património Mundial. Vamos descobrir a história dos Faraós Negros, a dinastia que reinou na região durante décadas. Atreve-te e embarca nesta aventura a um dos países menos turísticos do mundo que te vai encher de sorrisos inesperados!

Itinerário

1
Dia 1 | Origem - Assuão (Egipto)
Este é o dia programado para a tua chegada à cidade de Assuão ainda no Egipto. Nas próximas duas semanas a palavra aventura irá irá ser de certeza a palavra-chave. Consoante a tua hora de chegada poderás pô la em prática, se chegares mais tarde, terás o descanso merecido nesta cidade nas margens do Nilo.
Hotel
2
Dia 2 | Assuão (Egipto)
Assuão!

Acordamos bem cedo para visitarmos a última grande cidade do Egipto antes da fronteiro com o vizinho Sudão. Cidade outrora fundamental no comércio, hoje vive sobretudo pelo papel preponderante no turismo do país.

O Nilo estará sempre à nossa espreita e começamos a manhã sem demoras rumando ao Templo de Philae construído em honra de Ísis, um dos últimos templos construídos no estilo clássico. O fascínio por este lugar aumenta quando percebemos que foi alvo de um gigantesco projecto de reconstrução, após a mudança de lugar por causa da polémica construção da Barragem de Assuão.

Já de tarde atravessamos o Nilo num dos barcos locais e visitamos a Elephantine Island. Aqui podemos visitar um dos melhores museus da cidade, os Templos de Khnum e Salet e aferir o nível do Nilo através do curioso Nilómetro que se destinava a medir o nível do rio aquando das suas cheias. O pôr do sol não tarda e já na outra margem preparamos as máquinas para captarmos a movimentação das felucas lá em baixo.

A fome convida-nos a um jantar pelo souk de Assuão, considerado um dos mais interessantes do Egipto!
Hotel
3
Dia 3 | Assuão (Egipto) - Wadi Halfa (Sudão)
Este é o dia em que de facto começa a nossa grande aventura pelo Sudão!

Ainda de madrugada apanhamos o autocarro que nos levará ao sul. Durante a viagem não percas já a oportunidade de interagir com os sudaneses que acorrem ao Egipto, geralmente em negócios ou para comprar bens que não encontram no seu país. Pelo meio atravessamos o Lago Nasser em ferry e cumpriremos as longas e demoradas formalidades fronteiriças à saída do Egipto. O cheiro a África começa a intensificar-se!
Alojamento local
4
Dia 4 | Wadi Halfa - Abri
Wadi Halfa é a primeira cidade que conhecemos no país. Na verdade é uma cidade fronteiriça e por aqui encontraremos gente oriunda de muitas zonas diferentes do continente africano com a intenção de rumar a norte. Durante a manhã, bem cedo, teremos de tratar de formalidades de registo de entrada junto da polícia. De seguida partimos em táxis partilhados ou mini-bus local em direcção a Abri, no coração da antiga região Núbia!
Alojamento local
5
Dia 5 | Abri
Parece mentira mas vamos acordamos com o Nilo a correr tranquilamente perto de nós! A paisagem faz-nos remeter ao imaginário do mundo antigo. Palmeiras, crianças a brincar nas margens do rio, areia, muita areia, pessoas a fazerem a travessia vindas de aldeias perdidas nos arredores e vindas não se sabe bem de onde. Nesta manhã e depois de absorvermos esta realidade fazemo-nos à estrada para visitar o Templo de Soleb descoberto no século XIX e que foi um dos mais importantes da antiga Núbia.

De tarde vamos ao encontro das gentes que habitam esa região, os Núbios. Percorreremos as várias aldeias em redor da Abri, quem sabe à boleia de uma motoreta, um barco ou com algum agricultor que por ali vagueie.
Alojamento local
6
Dia 6 | Abri - Kerma - Dongola
Continuamos para sul quase sempre lado a lado com o gigante Nilo. Ainda antes de chegarmos ao nosso destino, fazemos uma paregem no Museu de Kerma onde além de outros artefactos podemos admirar estátuas dos célebres “faraós negros” descobertas há relativamente pouco tempo. Após o almoço continuamos a nossa jornada, terminando em Dongola, onde adormeceremos cansados.
Alojamento local
7
Dia 7 | Dongola
Não é a cidade de Dongola que nos faz permanecer por aqui mas sim a "Velha Dongola” que foi capital do Reino Cristão de Makouria. Poderemos encontrar ruínas de igrejas, palácios, casas e até mesquitas. É por aqui que vamos passar o nosso dia, a desbravar uma antiga capital em ruínas.
Alojamento local
8
Dia 8 | Dongola - Karima
Neste dia vamos sem parar rumo a Karima. A distância não parece enorme aos olhos europeus, mas teremos uma grande região árida para percorrer. Consoante a hora de chegada ao nosso alojamento poderemos abordar a montanha sagrada Jebel Barkal e lá de cima contemplar o pôr do sol sobre as pirâmides de Karima lá ao longe!
Alojamento local
9
Dia 9 | Karima
O Sudão é dos países do mundo que vê menos turistas, mas é quase certo que iremos aqui tomar contacto com os primeiros ocidentais após a entrada no país. Há muito para ver por aqui: as importantes mas muito em ruínas pirâmides de Nuri, o Jebel Barkal, os importantes túmulos de El-Kurru e as ruínas da antiga capital do reino Napata de Kush, tudo fazendo parte da lista de património mundial da UNESCO.

À noite procuraremos uma das esplanadas na cidade, centradas nas sábias senhoras locais que nos preparam chá de ervas desconhecidas e/ou café. Por aqui conversa-se com os locais e desfruta-se do tempo quente.

O dia seguinte vai ser em viagem por isso, o descanso é merecido e bem vindo!!
Alojamento local
10
Dia 10 | Karima - Meroe
O dia hoje será passado em viagem. Podemos sempre aproveitar para conversar durante o caminho relembrando já o que de melhor experienciámos nos últimos dias. As célebres pirâmides de Meroe estão aí no horizonte e esperam por nós. Chegaremos ao fim do dia e podemos preparar o material fotográfico para, no dia seguinte, tudo estar pronto para guardarmos Meroe para sempre!
Alojamento local
11
Dia 11 | Meroe
Hoje não há grandes viagens, a não ser a do tempo.

Acordamos bem cedo para captar a melhor luz para fotografar ao famosas pirâmides de Meroe, altura em que o sol desponta e revela de frente os monumento em todo o seu esplendor! Estamos no coração do Reino de Kush, a maior potência da região desde o século VIII B.C até ao século IV A.D.

Se não quiseres acordar cedo não há problema, o fim da tarde também tem o seu encanto e Meroe vale a pena, seja a que hora for!
Alojamento local
12
Dia 12 | Meroe - Cartum
Depois de um dia a percorrer as ruínas de Meroe e imaginarmos estar noutra era, seguimos para a moderna capital africana, Cartum.

À primeira vista estranharão com certeza que estão mesmo no Sudão. Mas é só à primeira vista. Analisando mais a fundo, vais descobrir que a cidade ainda tem um longo caminho a percorrer rumo ao desenvolvimento. O lixo, a areia, as pessoas, os carros, os modernos edifícios e os mais antigos, o comércio e o Nilo! Tudo convive lado a lado nesta caótica cidade.

Bem vindos à capital sudanesa!!
Hotel
13
Dia 13 | Cartum
De manhã e ao ritmo que a cidade, deambularemos pelo Souk Al Arabi. Ainda antes do almoço percorremos as margens do Nilo e visitaremos o Museu Nacional do Sudão, onde poderemos ver in loco algumas peças retiradas dos locais que visitámos nos dias anteriores. Procuramos depois um lugar para almoçar junto do rio. Pelo caminho avistaremos os vários edifícios e palácios governamentas assim como a confluência do Nilo branco e do Nilo azul!

À tarde, todos os caminhos vão dar a Omdurmam, cidade dos arredores da capital conhecida pelo seu gigantesco mercado e pelos rituais Sufi que aqui têm lugar!
Hotel
14
Dia 14 | Cartum - Kassala
A viagem continua de autocarro para este em direcção a Kassala, uma cidade sudanesa já bem perto da fronteira com a Eritreia. Chegaremos ao fim do dia, mas por certo ainda a tempo de procurar um lugar para jantar no centro desta cidade já cheia de espírito africano!

(As viagens longas são uma das características desta viagem. O Sudão é um dos maiores países africanos e estes trajectos podem tornar-se cansativos, mas são sem dúvida a melhor maneira de conhecer a cultura local, estabelecer ligação com os sudaneses e observar uma paisagem única!)
Hotel
15
Dia 15 | Kassala
De manhã caminhamos para a zona de maior comércio da cidade, toda ela um mercado, local onde vamos aproveitar de certeza para comprar as nossas últimas recordações.

De tarde visitaremos a Mesquita Khatmiyah, um edifício místico guardado pelas ainda mais enigmáticas montanhas Taka. Quem se sentir com força pode optar por subir e avistar a Eritreia lá do outro lado!

O sol desaparece no horizonte!
Hotel
16
Dia 16 | Kassala - Cartum
A nossa viagem aproxima-se do fim. A estrada que nos levou até Kassala é a mesma que nos traz de volta à capital.

Se as forças assim o permitirem, procuramos um dos bons restaurantes na parte mais nova da cidade, junto da zona das embaixadas e quem sabe dizer adeus ao Sudão ao som de uma boa música sudanesa!

O cansaço acumula-se na pele. Regressamos ao hotel para a nossa última noite no país.
Hotel
17
Dia 17 | Cartum - Origem
A nossa aventura chegou ao fim e é hora de regressar a casa.

Visivelmente cansados mas também preenchidos de histórias deste país tão especial. Conforme a hora do teu voo, um transfer levar-te-á ao aeroporto.

É hora de nos despedirmos e deixar-te uma palavra de agradecimento!

O que está incluído?

  • 16 noites de alojamento em hotel ou alojamento local (quartos twin ou triplos)
  • Todos os pequenos-almoços
  • Entradas e actividades seguintes:
  • . Templo Philae
  • . Museu Núbio
  • . Jardim Botânico
  • . Nuri
  • . Museu de Kerma
  • . El Kurru
  • . Jebel Barkal
  • . Meroe
  • . Museu Nacional
  • Acompanhamento do líder da Landescape
  • . Guias locais (em inglês)
  • Todos os transportes dentro do período da experiência (excepto de cariz pessoal)

O que não está incluído?

  • Voos internacionais (a partir de 700€)
  • Todas as actividades não incluídas no programa
  • Alimentação não especificada (+- 15€ dia)
  • Despesas pessoais
  • Transfers de/para o aeroporto
  • Vistos do Egipto (25€) e Sudão (100€)
  • Custos de serviço para o visto ao Sudão
  • Seguro pessoal (Obrigatório) - Recomendamos IATI SEGUROS

Landescape Exploração | 20 Out - 5 Nov'19

As viagens Landescape Exploração são uma nova vertente nas propostas da Landescape que visa a descoberta de um novo destino, juntamente com um líder da Landescape e que, futuramente, será lançado ao público em geral. Estas, como o nome diz, são viagens feitas para explorar um destino pela primeira vez, tendo já o líder estado no local ou não, sendo que o percurso, assim como todos os tempos de deslocação e visitas/actividades propostas, são planeados à distância. Convém chamar a atenção para a possibilidade de o percurso poder sofrer alterações, assim como a sequência das visitas e/ou dias. Não é regra de que tudo esteja marcado nestas viagens (alojamentos, visitas, tours, etc.), embora a Landescape parta sempre com uma margem de controlo muito grande, que possibilita que tudo o que está ao nosso alcance, corre bem. Tentamos que todos os valores excluídos no preço da viagem, estejam dentro daquilo que calculámos, embora possam existir contratempos que exijam que os viajantes despendam valores adicionais. São viagens que apresentam um valor de venda mais baixo do que aquele que será posteriormente colocado ao público.

Marcação

Início Fim Estado Preço
Data Domingo 20 Out, 2019 Terça-feira 5 Nov, 2019 Preço 1590€ Agendar

O Líder

Francisco Agostinho

O Francisco nasceu em Coimbra mas viveu um pouco por todo o lado dentro do país, passando ainda pelo Brasil. Talvez este início nómada de vida lhe tenha deixado a semente da curiosidade e a vontade de conhecer novas culturas e gentes.
Mais informação sobre o líder