Mapa Meu - Travel Experiences Lda
+351 917 434 117

10 Dicas para Voos Longos

Queres fazer a tua viagem de sonho, mas a ideia de passar muitas horas dentro de um avião assusta-te? Adoras viajar, mas os voos longos ainda são experiências penosas, às quais não te consegues habituar?

Quer sejas um veterano das viagens, quer tenhas acabado de marcar a tua primeira aventura no outro lado do mundo, estamos aqui para te ajudar. Sim, porque por muitos voos que já tenhas feito, a experiência de passar tantas horas num avião nunca é das mais agradáveis. Porém, calma, existem formas de reduzir esse desconforto e nós vamos partilhar essas dicas contigo!

Já agora, sabias que o voo directo mais longo é da Singapore Airlines, de Singapura para Newark, Nova Jérsia? Dura 19 horas, imagina!

1 – Deixa as horas voarem assistindo a bons filmes ou então aproveita o trajeto para seguires de fio a pavio aquela série que já querias ver há imenso tempo! Serviços de streaming, como a Netflix ou HBO, já te permitem fazer download dos conteúdos para o teu dispositivo, o que também é útil para passar tempo durante escalas longas em aeroporto. Se enjoas facilmente olhando para o ecrã, organiza as tuas playlists preferidas e cria a banda sonora perfeita para a tua viagem.

2 – A companhia de um livro é também obrigatória num voo longo. Para os menos tradicionais, ou aqueles viajantes que precisam de uma mala inteira para a biblioteca que querem levar, um eReader é perfeito para viagens. Com dispositivos como Kindle ou Kobo, podes ter centenas de livros à disposição de um clique.

3 – Não te esqueças dos itens essenciais para um bom descanso: almofada de pescoço, tampões para os ouvidos e uma máscara para os olhos de forma a evitar que a claridade dentro do avião te afecte. Algumas companhias aéreas oferecem este kit a todos os passageiros a bordo, mas como não é certo que no teu voo façam isso mais vale levares de caso. Desta forma consegues garantir umas boas horas de sono – o que até te pode ajudar com o jet lag! Os teus auscultadores preferidos também não podem faltar no voo, de preferência se forem noise cancelling (e neste caso até podem substituir os tampões para os ouvidos).

4 – Um powerbank é também recomendado, pese embora os voos de longo curso tenham por norma entrada USB no painel frontal. Desta forma, podes sempre carregar mais do que um dispositivo em simultâneo, se necessário.

5 – Escolhe bem a roupa que vais usar durante o voo. Veste algo confortável, e lembra-te que as camadas são essenciais para tolerar as mudanças de temperatura. Os sapatos não devem também ser muito apertados – os pés têm tendência a inchar durante o voo. Se usas lentes, troca-as por óculos, e não te esqueças de levar soro fisiológico para aplicares gotas nos olhos, se têm tendência a secar. Um lenço poderá ser uma peça chave na viagem: podes utilizá-lo como cobertor, colocá-lo à volta do pescoço ou até tapar a cara se a luz do avião te incomodar. Por fim, se és susceptível às tuas pernas incharem devido à pressão dentro do avião, não hesites em levar umas meias de compressão. Acredita que vão ser uma preciosa ajuda!

6 – Para quem tem a pele seca, um creme hidratante na mala de cabine é também essencial, tanto para o rosto como para as mãos. O ar condicionado dos aviões tende a secar muito a pele, e ficarás muito mais confortável se fores hidratando a pele durante a viagem. Por falar em hidratação – bebe muita água! O melhor será mesmo levares uma garrafa reutilizável, que também poderás levar contigo durante a tua aventura. Assim consegues reduzir o consumo de plástico, e poupar dinheiro. Normalmente os aeroportos têm pontos de água que podes usar para voltar a encher a garrafa.

7 – Em voos longos, levanta-te de vez em quando e estica as pernas – isto é especialmente importante para pessoas com problemas cardíacos e de má circulação.

8 – Não te esqueças dos snacks! Apesar de nos voos de longo curso te servirem sempre refeições a bordo, a comida pode não te agradar ou conter ingredientes à qual és intolerante, por isso levares alguns petiscos rápidos vão seguramente ser uma boa ajuda. Aposta em opções nutritivas e energéticas, como barras de cereais e misturas de frutos secos, assim como fruta fresca, já lavada e pronta a comer.

9 – Desinfectante para as mãos é recomendado, principalmente para os germofóbicos. Na verdade, este é um essencial para viagens no geral! Levar uma pequena pasta de dentes e a tua escova na mala de cabine também é boa ideia, para refrescar o hálito antes de aterrar, ou depois de uma refeição durante o voo.

10 – Se andar de avião te deixa com ansiedade, experimenta uma aplicação de meditação. Tens várias à disposição na App Store e no Google Play, como Calm, Headspace, The Mindfulness App, e muitas outras! Em alternativa, podes também ouvir playlists de música relaxante ou sons de natureza, para te acalmar. Procura “Meditation” no Spotify, e encontrarás muitas opções.

 

Agora que já estás equipado com as melhores dicas para “sobreviver” a voos longos, estás preparado para a tua próxima aventura!

Para onde vais voar?

 

Artigo escrito pela equipa Landescape