Mapa Meu - Travel Experiences Lda
+351 917 434 117

Como escolher o seguro de viagem?

O seguro de viagem é um dos factores mais importantes na preparação de uma nova aventura, apesar de infelizmente muitos continuarem a descurá-lo. Não sei se por falta de informação, se por distração ou simplesmente por acreditarem que não é necessário.

Em todo o caso, acho importante partilhar convosco este artigo onde falarei sobre a importância de viajarem sempre com seguro, mesmo que o façam dentro das fronteiras da Europa.

Na Landescape, consideramos obrigatório viajar com seguro pessoal de viagem. Com um bom seguro, ficas protegido não só em caso de doença – e nalguns países como os Estados Unidos da América, o Canadá ou o Japão as despesas relacionadas com cuidados de saúde são elevadíssimas -, mas também contra roubo, danos e perdas da tua bagagem – o que acontece com alguma frequência e quando em causa estão documentos de identificação o problema agrava-se –, roubo de material informático e de fotografia, indeminizações em caso de acidente, entre outros percalços.

Podes pensar que os imprevistos “só acontecem aos outros”, mas o cuidado nunca é demais, principalmente em grandes viagens. Por isso reforço a necessidade de saíres da tua zona de conforto protegido, para aproveitares ao máximo a tua experiência.

Existem inúmeras seguradoras por aí, mas aquela que utilizo a título pessoal e em quem confio plenamente é a IATI Seguros. A Landescape tornou-se aliás parceira desta seguradora exatamente por acreditar que é uma mais valia para os seus líderes e clientes pelo que já podes usufruir de 5% de desconto na compra do teu seguro se o fizeres através da Landescape. Clica aqui para saberes mais!

Porquê escolher a IATI Seguros?

São várias as razões que fizeram pender a minha escolha para aqui, em detrimento de outras opções existentes no mercado.

  • Logo à cabeça, são uma seguradora especializada em viagens independentes, ou seja, cobrem viagens de todas as dimensões, sejam elas de aventura, cultura, com atividades desportivas, trekking ou multiviagem. Têm até uma opção que inclui atividades mais radicais como caminhada a mais de 5.000 metros de altitude e mergulho a mais de 20m de profundidade, por isso estão realmente preparados para responder a todos os desafios que eu enquanto viajante enfrento e que até aqui nenhuma seguradora me conseguia cobrir.
  • Depois porque cobrem todos os destinos no mundo, mesmo aqueles considerados mais perigosos como a Coreia do Norte, a Síria, o Líbano ou o Iraque só para citar alguns. Lembro-me que quando viajei para o Irão, por exemplo, tive dificuldades em encontrar uma seguradora que cobrisse este país porque o consideravam conflituoso e não recomendável a viajantes, vai daí é só o país mais hospitaleiro do mundo mas a verdade é que com a IATI este problema nem se coloca. Menos uma dor de cabeça!
  • Outro argumento a favor é o preço. Não se trata de uma seguradora absurdamente cara como outras concorrentes igualmente especializadas em viagem, e considerando que a maioria dos viajantes independentes tem um orçamento limitado com certeza vão encontrar uma solução à medida da vossa carteira. E sem franquias, isto é, sem surpresas de última hora com a qual não estavam a contar.
  • Para além disso, a IATI existe desde 1985 e está realmente preparada para cobrir todos os acidentes e percalços que podem surgir enquanto viajas. Assistência médica no estrangeiro, transporte caso sejas hospitalizado, roubos e danos de equipamentos e bagagem, repatriação ilimitada – o que acredita que não está presente na generalidade das apólices de seguro – assistência em caso de perda do passaporte ou documentos, localização de bagagem extraviada, enfim eles sabem o que fazem.
  • Depois, há outro aspecto que adoro neles. O atendimento é feito na nossa língua, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano e na hora de resolver um problema esta assistência permanente é incrível e faz mesmo a diferença.
  • Por fim, se por alguma razão que não controlam se vêm forçados a cancelar uma viagem a IATI tem seguro de cancelamento.

E se viajar só na Europa também é necessário seguro de viagem?

O Cartão Europeu de Saúde não chega?

Oiço esta pergunta frequentemente quando me falam em viajar na Europa e a minha resposta é claramente: não!

O cartão cobre apenas os gastos com saúde, enquanto um seguro de viagem como o da IATI oferece uma cobertura muito mais ampla que inclui, por exemplo, transporte de um familiar caso sejas hospitalizado, responsabilidade penal e civil no estrangeiro e despesas provenientes de atrasos e cancelamentos de voos.

Um pormenor muito importante: o cartão não cobre os custos dos cuidados de saúde prestados no âmbito de um sistema privado, apenas do serviço público de saúde no país onde te encontras. Na IATI esta restrição não se aplica e como tal podes ir a qualquer hospital.

Um dos factores mais importantes nos seguros e que já em cima falei é a repatriação – o transporte de emergência até ao hospital/centro de saúde mais próximo e o transporte de regresso ao teu país de origem em caso de doença ou acidente. Isto é importante sobretudo por causa de práticas desportivas e trekking, porque muitas vezes estamos em zonas remotas e de difícil acesso mesmo na Europa. Com os seguros IATI tens cobertura ilimitada dos custos de repatriação, independentemente da tua idade ou país de origem. Imagina que algo acontece durante a viagem – o seguro garante o transporte de um familiar teu para te fazer companhia, o que é um alívio enorme!

Exemplo dos preços dos vários seguros para uma semana fora da Europa

Exemplo dos preços dos vários seguros para uma semana na Europa

Qual o tipo de seguro mais adequado a mim?

  • IATI Standard – Não cobre a prática de atividades desportivas. A cobertura médica é de 80.000€ e é o que tem melhor custo-benefício porém coberturas menos amplas. Consulta todas as condições da apólice clicando no nome do seguro.
  • IATI Estrela – Tem cobertura de 350.000€. É um seguro mais completo para viajantes que desejam uma proteção maior. Detalhes das coberturas podem ser consultadas clicando no nome do seguro.
  • IATI Mochileiro – Ideal para quem vai praticar atividades de lazer ou desportos radicais, pois inclui uma lista maior de atividades desportivas, inclusive trekking até 5.400 metros de altura e mergulho até 20 metros de profundidade. A cobertura de despesas médicas é de 250.000€ e também inclui busca e salvamento. É o seguro mais indicado para as nossas viagens de aventura, nomeadamente para os países da América do Sul e Sudeste Asiático. As coberturas completas podem ser consultadas clicando no nome do seguro.
  • IATI Estrela Premium – É uma versão Premium do Top de Vendas IATI Estrela. Tem as mesmas condições que o produto Iati Estrela, mas com limites mais elevados para determinadas coberturas. A cobertura médica aumenta até aos 500 000€, pensada para os clientes mais exigentes que viajam para destinos internacionais onde a assistência médica é bastante mais cara do normal, como os Estados Unidos, Canadá, Japão, Austrália ou Nova Zelândia. Da mesma forma, a cobertura de bagagem é aumentada para 2.500€ e a cobertura opcional de cancelamento para 5.000€, para cobrir os viajantes que precisem de cancelar a sua viagem por causas de força maior, e que tenham feito reservas de viagem com valores muito elevados. Para que a garantia de cancelamento tenha cobertura, é requisito indispensável que a apólice seja contratada no momento da compra da viagem a ser assegurada, ou no máximo nos 7 dias a seguir.

A principal diferença entre os três primeiros seguros é a cobertura de despesas médicas, que no primeiro é de 30.000€, no segundo de 80.000€ e no terceiro de 200.000€ (Premium de 250.000€).

Agora que estás bem informado sobre a importância de um seguro de viagem, estás pronto para a tua aventura!

Artigo assinado pela líder de viagens Landescape Carina Silva