Mapa Meu - Travel Experiences Lda
+351 917 434 117

O testemunho de uma viajante frequente

A Cristina Lavrador, juntamente com o marido, Carlos Lavrador, são dois viajantes frequentes da Landescape.
Viajaram pela primeira vez até à cidade de Cracóvia, na Polónia, para uma escapadinha de apenas cinco dias, naquela que foi a primeira aventura deles com uma agência de líderes.
Confessam que foi uma “excelente decisão” e que ainda em viagem “já estavam a pensar no próximo destino” que iriam reservar connosco.
Hoje, a Cristina partilha o seu testemunho com esta cada vez maior comunidade de viajantes.
A ti e ao Carlos o nosso muito obrigado por aceitarem o convite!

Como tomaste conhecimento da Landescape e o que te levou procurar mais informação sobre as nossas viagens?

Conheci a Landescape através de uma publicação no Facebook que apareceu no meu feed por sugestão. Era uma publicação sobre uma viagem a Cracóvia, numa data muito próxima e que batia mesmo na mouche com uns dias de férias que eu e o Carlos tínhamos marcado, ainda que sem planos ou destino. A cidade em questão já estava nos meus planos, mas adiava sempre, sabe-se lá porquê. Era uma viagem que eu sentia e sabia que tinha de fazer, mas que talvez achasse que ainda não tinha chegado a hora, ou que ainda não estivesse preparada, tendo em conta a principal razão que me levava lá: Auschwitz! Foi mais do que suficiente para querer saber mais, e decidir que tinha chegado a altura desta viagem. Inevitavelmente ao procurar mais informação sobre este destino, encontrei todos os outros, e a vontade de experimentar todos foi mesmo muita, com a difícil decisão de saber por onde começar.  

A tua primeira viagem com a Landescape foi portanto Cracóvia. Que avaliação fazes da mesma?

Sim, exactamente. Hoje tenho a certeza que foi uma excelente decisão. É uma viagem muito cultural e com algum peso, muito interessante e completa. Se tivesse ido sozinha não teria sido tão completa e perfeita. Tendo em conta toda a História que envolve este destino, pude encontrar um fio condutor do primeiro ao último dia, onde tudo fazia sentido. No final, percebi que a ordem dos pontos visitados tinha que ser aquela…. um ponto levava-nos ao outro e assim por diante. Houve tempo e espaço para tudo. É bom termos alguém que nos vai contando uma estória, sem debitar quilos de informação desnecessária e da qual nos vamos esquecer. É muito mais fácil guardarmos momentos e experiências marcantes através de pequenos pormenores mas que fazem a diferença.  A avaliação foi muito positiva e ainda a viagem não tinha terminado e eu já estava a pensar na próxima.
Já tinhas viajado alguma vez com outra agência de viagens de aventura como a nossa?
Não, nunca tinha viajado com nenhuma agência do género, pois as viagens que fiz foram todas planeadas e organizadas  por mim. 
Confesso que até desconhecia este tipo de agência até ao momento, e a típica e vulgar agência de viagens não me seduzia de todo, o que me levava sempre a viajar por minha própria conta e risco.
Seguiram-se outros destinos. Partilha connosco quais e o que guardas na tua memória de cada uma dessas aventuras?
O destino que se seguiu foi aguardado com muita ansiedade….a Pérsia! Senti sempre que não seria apenas mais uma viagem, mas sim A Viagem. O que mais me marcou nesta experiência incrível foi o povo Persa. O conceito de solidariedade, simplicidade, humildade, gratidão, simpatia e genuinidade nunca fizeram tanto sentido, nem nunca foram tão reais como o que ali encontrámos. As cores e a maravilhosa arquitetura são outras das coisas que nos marcam. A gastronomia, o odor a especiarias, os sumos naturais…um destino gigante em História e cheio de surpresas, mas onde o povo é sem dúvida o maior tesouro!
O que te faz querer continuar a viajar connosco?
Viajar com a Landescape é, antes de mais, sentir-me segura. Segura de que irei encontrar experiências diferentes e fora do formato “normal” do habitual turismo e, ainda assim, com a mesma vantagem de ter quem trate das reservas e da organização de uma viagem num destino completamente desconhecido para mim. Segura de que terei uma pessoa à altura desse destino, que de alguma forma é apaixonada por ele e por viajar. Segura de que terei um líder que fará tudo para que eu tenha a melhor experiência naquele destino, que conseguirei ter o melhor contacto com a cultura e povo, porque essa é uma das suas prioridades. Segura de que terei, ainda assim, espaço e tempo para mim, com a vantagem de estar integrada num grupo onde serão partilhadas outras experiências, aventuras e conhecimentos. Segura de que estou nas mãos de pessoas muito profissionais e apaixonadas pelo que fazem. Saber que vou poder sentir e viver um pouco de cada um dos destinos e cada cultura. Ter a certeza que serão experiências marcantes e inesquecíveis, de onde voltarei sempre mais rica, mais completa e de coração cheio. 
Sentes que viajar em grupo e com um líder experiente no país, como acontece na Landescape, te permite usufruir melhor do destino?
Acho que o que já disse anteriormente mostra bem que sim. Sem dúvida que viajar com um líder experiente é quase como viajar com um local. É alguém que já tem “uma família” nesse destino, que está sempre a procurar e a explorar novas experiências que às vezes nem os locais conhecem e que nunca encontraremos em roteiros turísticos. Alguém que já sabe como funciona o país e qual a melhor forma de abordar o mesmo em segurança, não deixando de parte a vertente da aventura. 
Se tivesses de descrever em cinco palavras a nossa equipa de líderes o que dirias?
Profissionalismo. Paixão. Responsabilidade. Visão. Audácia.
Viajas normalmente com o teu marido, o Carlos. Sentes que há espaço para estarem em casal e em grupo?
Sim, como já referi anteriormente, há sempre espaço para tudo. Há tardes ou manhãs livres que podemos ocupar da forma que quisermos, embora na maioria das vezes prefiramos partilhar essas horas com outros membros do grupo, tendo em conta a boa harmonia sempre conseguida. Há também a vantagem de podermos ir e/ou voltar antes/depois dos dias da viagem, bastando para isso solicitar-vos as marcações extra, no caso de querermos mais algum tempo só para nós.
Qual foi até agora o maior desafio que encontraste nas nossas experiências?
O maior desafio é sem dúvida sair da zona de conforto. Conseguir estar em equilíbrio num grupo de pessoas com quem terei de partilhar as próximas semanas, gerir emoções e mergulhar no desconhecido mundo de culturas. E depois há ainda o difícil desafio de escolher o próximo destino que também não é tarefa fácil (risos).
Qual a tua próxima aventura com a Landescape e que expectativas tens?
A próxima aventura será a experiência na Jordânia. O Médio Oriente deixou-nos cheios de vontade de conhecer mais sobre os seus povos e culturas. A expectativa é a de sempre, voltarmos muito mais ricos e de coração e alma cheios. É a de aprendermos sempre mais e perceber a realidade através da nossa experiência e convívio com os locais. É conhecer pessoas novas, fazer amigos como aconteceu no Irão, em que mantenho contacto com alguém que conheci num momento chuvoso em Isfahan. 
Para terminar, e desde já um muito obrigado pelo teu contributo, o que significa para ti viajar?
Viajar é dar e receber, é experienciar momentos e aventuras, conhecer outras realidades, vestir um bocadinho a roupa de outros. 
Perceber que somos um grão de areia no deserto, ver o mundo à nossa volta. É partilhar conhecimentos e culturas, aprender a sermos mais tolerantes e compreender melhor o próximo. 
É crescer como pessoa através das experiências que nos tocam e nos marcam de uma ou outra forma. 
Viajar é ser livre e podermos tirar as nossas próprias conclusões ao invés de “comprarmos” o que nos impingem a toda a hora. 
Viajar é acima de tudo, viver!