Mapa Meu - Travel Experiences Lda
+351 917 434 117

Serra do Açor, a princesa das serras

© Visit Arganil

Entre as mais conhecidas Serra da Estrela e Serra da Lousã está a do Açor, terra de mitos, lendas e de gente de peculiar resiliência e genuinidade! É por estes vales, com olhares na montanha, que o líder de viagens Francisco Agostinho te vai levar a passear durante quatro dias. Juntos vão ouvir a natureza, alimentar-se dos produtos da terra e escutar histórias bizarras.

Viaja por Portugal com o Francisco Agostinho e explora o que a princesa das serras te pode oferecer!

DIA 1 | CÔJA

A meio da manhã, cerca das 10h30 e depois do check-in, fazemo-nos à estrada para percorrer os poucos quilómetros que ligam Côja ao sopé da nossa serra. Passamos pelas aldeias de Dreia e Benfeita, portas de entrada de um dos lugares mais visitados da região, a cascata da Fraga da Pena e o pequeno último bastião da floresta autóctone na zona, a Mata da Margaraça! Como bons serranos que já somos, antes do “trabalho” há que “matar-o-bicho” e ganhar forças para o resto da manhã. Na aldeia de Luadas espera-nos o Sr. Arlindo com um reforço matinal muito conhecido na região, acompanhado de uma bebida em vias de extinção!

Seguimos depois até à frescura da Fraga da Pena, uma pequena pérola no meio de uma serra ferida pelos incêndios, e será daqui a introdução para chegarmos à Mata da Margaraça. Nesta floresta, que se perdeu quase por completo em 2017, podemos apurar os 5 sentidos e imaginar o que seria a flora da serra sem a catástrofe dos incêndios. Antes de partirmos porém, queres aprender a fazer colheres de pau?

Já armados e de colher em riste, seguimos até ao nosso almoço que será junto do Rio Alva. A norte da freguesia, estamos em Barril de Alva, uma das aldeias mais genuínas do Açor e uma das praias fluviais mais bonitas da região. Diverte-te!

O rio acompanhar-nos-á de volta a Côja e antes de jantar podemos sentar-nos à conversa na sua praça principal, lugar de encontro de gerações, na Princesa do Alva!

© Aldeias de Xisto

DIA 2 | CÔJA – PIÓDÃO – ALDEIAS SERRANAS

Hoje dedicamos o dia a explorar a Serra do Açor na sua parte mais a norte. E, bem cedo, subimos em direcção à Cerdeira numa estrada serpenteante que nos mostrará o Piódão lá ao fundo. Aqui paramos um pouco para retomar energias e continuamos depois a pé fazendo um dos caminhos – o mais curto de cerca de 6km – até à Foz d’Égua. Antes de nos fazermos à serra almoçamos naquela que é considerada como a aldeia presépio, o Piódão. Certo que hoje em dia recebe mais turistas, mas ainda bem, o Piódão merece!

O tempo não espera, por isso antes do final do dia quero que me acompanhem num tour que vos mostrará as aldeias perdidas na imensidão do Açor!

Por volta das 18h chegaremos ao nosso alojamento, fazemos o check-in e voltaremos a Côja para um jantar que nos trará, quiçá, alguma surpresa!

 

DIA 3 | SERRA DO AÇÔR | SUL

A manhã vai convidar-nos a acordar devagar, seja a dar um mergulho no rio ou na piscina ou num passeio na sede de concelho, consoante o alojamento. Antes do almoço chamar-te-ei para rumarmos àquele que cremos ser um dos pontos altos do roteiro, vamos passar a tarde com um pastor!

Bem perdido na serra entre Arganil e Góis está o Luís, um jovem pastor, cheio de energia e vontade de mostrar o seu mundo, e conhecedor da serra como poucos! Aqui vamos poder provar as iguarias regionais feitas pela sua mãe, aprender a fazer queijo, a ordenhar, mas também acompanhar o gado até uma vista imensa serra acima!

Antes de vermos o sol lá ao fundo, contamos histórias e voltamos a ser crianças!

DIA 4 | CÔJA

Este dia dedicamo-lo a Côja. Antes de visitarmos a vila, sugiro que comecemos por “botar as mãos na massa”. O objectivo é aprender a fazer Broa de Batata, um bolinho tradicional da região. Levarás o “fruto” do teu trabalho contigo pelo que o desafio será resistir a não o comer antes de almoço! Se ainda nos sobrar tempo, visitamos Côja a pé. Antiga sede de concelho, tem muito para contar aquela que é apelidada de “A princesa do Alva”. Mas não partas ainda, vem comigo visitar a Dina, a mãe e os seus licores. Mulheres guerreiras, exemplo máximo da famosa coragem beirã, que lutam e contribuem todos os dias para levar esta região ao mundo através dos seus produtos tradicionais. Garanto, não sairás daqui de mãos a abanar!

Almoçamos em Côja mas antes de nos despedirmos gostaria que te despedisses de mim lá do alto da Esculca, uma aldeia empoleirada no Açor que vigia a Princesa do Alva lá em baixo.

Desejo que tenha sido uma experiência do teu agrado e resta-me agradecer a tua confiança!

 

DATAS: 11 a 14 de JUNHO | 03 a 06 de JULHO de 2020

 

VALOR POR PESSOA: 380€

O QUE INCLUI

Transporte em todo o roteiro em carrinha de 9 lugares

. 1 noite em pensão local em quartos twin/triplo com casa de banho privativa

. 2 noites em Glamping ou Hotel (a prioridade será o Glamping, mas caso não seja possível devido às restrições existentes optaremos por hotel) | NOTA: O alojamento Glamping é feito em tendas tipo safari de 4 a 5 pessoas, com casa de banho partilhada. Os quartos, por sua vez, serão em modo beliche e cama de casal. Para os participantes que fiquem em beliche será facultado um desconto de 5€ por noite. No hotel, os quartos serão twin/triplo com casa de banho privada

. Todos os pequenos almoços

. 1 lanche no dia 1

. 1 jantar em Côja no dia 2

. 1 almoço na serra no dia 3

. 1 lanche na serra no dia 3

. Workshop de colheres de pau

. Workshop de queijo

. Experiência de ordenha dos animais

. Acompanhamento de rebanho pela serra

. Visita aos licores tradicionais Donanna

. Espectáculo de teatro

. Acompanhamento do líder durante os 4 dias da experiência

O QUE NÃO INCLUI

. Transporte de/para o início do programa

. Quarto single mediante disponibilidade (90€)

. Alimentação não especificada (+-25€/dia)

. Despesas pessoais

. Transportes de cariz pessoal

. Outros gastos não incluídos no itinerário

. Seguro pessoal de viagem

© Visit Arganil

Para mais informações contactar a Landescape pelo e-mail geral@landescape.pt 

Artigo redigido pelo Francisco Agostinho líder de viagens Landescape a países como a JordâniaBalcãsSudão, Omã, Líbano, e Israel e Palestina.