Mapa Meu - Travel Experiences Lda
+351 917 434 117

Vale encantado da Ferraria com Katy Deodato

© Veado Verde

Inserida num vale, a aldeia da Ferraria de São João está rodeada por um manto de sobreiros que a distingue das outras Aldeias de Xisto. De jipe vamos percorrer as encostas da Serra e dar de caras com veados. Vamos ser surpreendidos por pores do sol espectaculares e junto da piscina natural do nosso alojamento faremos refeições ao ar livre e degustaremos todos os sabores da região.

 

DATAS: 19 a 21 SETEMBRO de 2020

 

Esta é uma aldeia que vale a pena sentir e da qual vale a pena fazer parte!

DIA 1 | ALDEIA DA FERRARIA DE SÃO JOÃO

Vou dar-te as boas vindas às 16h00 e receber-te com um lanche ao ar livre.

De seguida, apresento-te a Aldeia da Ferraria de São João e, juntos, percorremos as suas ruas com pouco mais de 40 habitantes. Vais logo sentir a tranquilidade do lugar. O sentimento de comunidade, o zelo pelo bem-estar e qualidade de vida são as características que os novos habitantes mais gostam nesta aldeia. Estaremos acompanhados pela Sofia que nos fala dos projetos da Ferraria e da sua história inspiradora ao abrir o seu próprio espaço de turismo em Espaço Rural, onde iremos pernoitar neste fim-de-semana. São 3 unidades pensadas para respeitar a natureza que as envolve e por isso terás a oportunidade de te refrescares na piscina natural e ecológica.

Será junto da piscina, ao cair do dia, que vamos ter a presença do chefe João para uma demonstração e degustação das iguarias da região. Um jantar servido ao ar livre de forma a sentir a leveza do ar da serra. A noite surge estrelada e teremos alguém experiente que nos vai mostrar que o céu na serra da Lousã brilha mais do que possas imaginar. Tanto quanto se consta, tornou-se o segundo destino turístico português certificado internacionalmente com “excelentes condições de visibilidade, transparência e escuridão do céu”.

DIA 2 | NATUREZA E TRADIÇÕES

Por entre caminhos de cabras e de veados, vamos passar o dia a conhecer a fauna e a flora da serra e também as suas tradições gastronómicas. Uma delas será apresentada pela Dona Isilda, que nos dá a conhecer o melhor queijo que as suas mãos fazem, já lá vão muitos anos. A tradição ainda é o que era e vamos aprender com ela a sabedoria desta arte. Mas uma coisa já sabemos, não se faz queijo sem leite e por isso primeiro teremos que aprender a ordenhar. Arregaça as mangas e vamos até aos currais comunitários da aldeia. Já agora posso adiantar que estes são dos maiores e trabalham em jeito de comunidade em Portugal.

O dia convida a um piquenique e depois de estendermos a toalha, somos surpreendidos com os produtos da horta para o nosso almoço. De seguida, podes optar por dar um mergulho na piscina, relaxar a ler um livro ou ir conhecer um pouco mais da aldeia, fazendo o percurso que nos leva às hortas, onde se utilizam engenhos de outrora para a captação de água para rega. Por volta das 16h30 num jipe 4×4 vamos desbravar a serra e tentar avistar veados. Percorremos as encostas até as cores do céu ficarem com aquele degradé que tanto gostamos de ver. E o dia a termina.

Regressamos ao alojamento e jantamos. À volta da mesa conversamos e rimos, como bons “vivants” que somos, partilhando experiências e talvez um jogo de tabuleiro.

DIA 3 | ALDEIA DE SÃO SIMÃO

Acordar, abrir a janela e ouvir os animais. O burro zurra e dá os bons dias. Tomamos o pequeno-almoço sempre ao ar livre, o pão é fresquinho e chega-nos diretamente do padeiro que ainda mantém a distribuição de porta em porta. Hoje vamos conhecer a aldeia vizinha, Casal de São Simão. De lá iniciamos a nossa caminhada. Um percurso em plena natureza e ainda pouco explorado e, por isso, vamos ouvindo o som do leito da ribeira e somos contemplados por recantos que formam pequenas piscinas naturais. Apreciamos as flores selvagens e ouvimos o chilrear das aves. Entre pontes e lugares perdidos, a natureza que compõe este trekking é de grande densidade florestal sendo este percurso praticamente todo feito à sombra não apresentando, por isso, dificuldade.

Em apenas uma hora chegamos à Ribeira de Alge e desfrutamos do ex-libris deste trilho: as Fragas de São Simão. A água espera-se fresquinha mas tenho a certeza que não vais resistir a dar um mergulho. Desfrutamos desta beleza natural e sem pressas passamos a manhã. Temos mais caminho pela frente, agora um pouco desafiante começamos a subir. São cerca de 20 minutos. Faz-se bem e fazemos as paragens necessárias. Deixamos a terra batida para trás e entramos na rua estreita. Começamos a avistar as casinhas recuperadas com varandas cheias de graça. Chegamos à aldeia com a sua mensagem “Que venha quem vier por bem”. São Simão é das aldeias mais queridas da Serra da Lousã, um lugar encantador e fotogénico. Almoçaremos no único restaurante da aldeia, este que leva os melhores sabores à mesa. À tarde passamos pelo miradouro que nos dá uma vista panorâmica sobre todo o vale e avistamos as fragas numa outra perspectiva, aproveitamos este lugar para nos despedirmo-nos.

Da minha parte é sempre bom partilhar estas experiências com todos vós. Agradeço a confiança.

Vamos usufruir de um fim-de-semana que me deu muito prazer criar para ti.

 

VALOR POR PESSOA: 340€

O QUE INCLUI:

– 3 dias/2 noites na Aldeia da Ferraria de S. João em casa partilhada. Cama individual em quarto partilhado, espaço comum de acesso: sala, kitchenette e casa de banho. NOTA: a atribuição das cama na casa é por ordem de inscrição.

– Todos os pequenos-almoços

– 1 Welcome drink à chegada

– Todas as refeições incluídas durante o programa, nomeadamente jantar de sexta, almoço (piquenique) e jantar de sábado, e almoço de domingo. NOTA: As refeições são de elevada qualidade em restaurantes distinguidos da região

– Fruta e água à disposição ao longo do dia

– Demonstração de cozinha regional com os produtos de qualidade da região e degustação no final

– Demonstração da confecção de queijo de cabra artesanal com degustação no final

– Observação de estrelas na serra da Lousã ao abrigo da mais recente conquista da distinção de céu visível

– Exploração em jipe pela serra durante 4h. Observação da fauna e flora

– Visita às Aldeias da Ferraria de S. João e Aldeia de São Simão, incluindo 2 percursos pedestres

– Acompanhamento do líder durante os 3 dias da experiência

O QUE NÃO INCLUI:

– Transporte de/para o início do programa

– Não inclui o transporte entre aldeias no 2º dia, pelo que é necessário o viajante assumir a deslocação com o seu próprio veículo numa distancia máxima de 20 quilómetros (ida e volta)

– Despesas pessoais

– Outros gastos não incluídos no itinerário

– Seguro pessoal de viagem

 

As inscrições terminam a 14 de Setembro, de forma a garantir as reservas.

Para mais informações contactar a Landescape pelo e-mail geral@landescape.pt 

Artigo redigido pela Katy Deodato, líder de viagens Landescape a países como Filipinas e Bali.