Tamára Brandão

Gestora do Viajante

O ato de viajar permite-me despertar todos os meus sentidos e, acima de tudo, crescer.

O que mais me motiva são as pessoas. As relações e os momentos. São as histórias e a empatia. As descobertas, a cultura, os sentimentos e os afetos. E as crianças são a fonte mais pura destes sentimentos.

Por isso, interessei-me sempre muito pelo Desenvolvimento Infantil e como podemos atuar quando este desenvolvimento está em risco. Licenciei-me em Reabilitação Psicomotora e especializei-me em Educação Especial – Intervenção Precoce, mas antes de entrar no mercado de trabalho, e ao ganhar o primeiro concurso nacional da Associação Gap Year Portugal, viajei 8 meses pela América Latina com o meu companheiro de vida João Amorim e vivi experiencias e histórias que me acompanham até hoje.

Nos últimos anos trabalhei na área e enriqueci muito a nível profissional, mas sempre a pensar na viagem seguinte e a planear muitas outras aventuras pelo meio.

Por isso, e para não perder completamente a ligação a esta vertente, até porque sempre gostei imenso deste trabalho, tornei-me voluntária no projeto Ser + Dar +, Terapeutas Sem Fronteiras onde faço tudo o que está ao meu alcance para dar o apoio e informação necessários a quem mais precisa.

Em paralelo, desenvolvo a prática do Yoga com uma equipa incrível de professores. Desde cedo que senti curiosidade por esta viagem que é sermos flexíveis, ponderados e receptivos, tanto física como psicologicamente, e hoje sinto-me muito grata por tudo que retirei e continuo a retirar daqui.