Mapa Meu - Travel Experiences Lda
+351 917 434 117

Musgo Design, mobiliário que se reinventa

Sustentabilidade na primeira pessoa: Musgo Design, mobiliário que se reinventa

Depois de três anos no Rio de Janeiro, Margarida e Rui regressaram a Portugal em 2016, com uma ideia em mente. Criar uma marca portuguesa de design de mobiliário sustentável, com soluções práticas e simples, que respeitassem sempre as características dos materiais.

Assim, no seu estúdio, instalado numa antiga vacaria, entretanto restaurada, começaram a desenhar diversas peças de mobiliário, com particular destaque para os candeeiros. Estavam dados os primeiros passos para o nascimento da MUSGO Design que hoje vos apresentamos na Landescape.

Na sua execução recorrem à reutilização de madeiras de mobiliário, portas, pisos e estruturas de casas portuguesas antigas que foram restauradas, dando-lhes uma nova vida. Também a seleção dos materiais não é deixada ao acaso, privilegiando-se o uso vernizes biológicos, enquanto se potencia a produção local, o carácter manual e a subsistência de profissões que estão atualmente a cair em desuso.

Impacto no ambiente

Cada vez mais somos conscientes da vulnerabilidade do planeta, de como temos e devemos abrandar o nosso ritmo de trabalho. Se paramos para pensar, muitas das nossa escolhas são feitas de forma espontânea ou por falta de tempo ou simplesmente porque é mais barato. Porém, precisamos tomar consciência de que todas estas atitudes levam a inúmeras consequências. Ao compactuarmos com a compra de produtos de baixa qualidade, que duram pouco tempo e que levam à prática do descartável e à banalidade, estamos a promover o emprego precário, o desperdício e a desigualdade na remuneração laboral, enquanto sugamos os recursos que o nosso planeta nos coloca ao dispor. Na MUSGO Design todos os esforços se unem para contrariar esse ritmo de vida e de consumo.

As madeiras usadas nos seus produtos são provenientes de obras de reabilitação de casas antigas portuguesas, como vigas, portas, janelas, soalho e estruturas de telhados que depois de limpas e retiradas todas as ferragens ganham uma nova vida. Por outro lado, o processo de fabrico é feito de forma consciente e respeitando o ecossistema, sem poluição do meio ambiente. Para isso, a marca tem-se feito valer do eco-cimento, uma matéria-prima que surgiu em parceria com a Universidade de Aveiro sendo a MUSGO a primeira marca portuguesa a utilizá-lo no design. O eco-cimento desenvolvido pela Universidade de Aveiro é produzido à temperatura ambiente e contém na sua composição um elevado teor de subprodutos industriais, apresentando menor pegada de carbono comparativamente com o ligante tradicional à base de cimento Portland.

Pontos de venda

Para aqueles que tenham ficado interessados em adquirir os produtos da MUSGO Design fiquem a saber que podem fazê-lo através do site e nas respetivas redes sociais (Facebook e Instagram), mas também em lojas físicas parceiras, plataformas online parceiras e alguns mercados direcionados para a sustentabilidade em que participam habitualmente.

A escala de preços varia entre os 49€ os 175€, sendo que a marca permite ainda a customização à medida.

Este é o primeiro artigo de uma série que intitulamos de “Sustentabilidade na primeira pessoa” onde pretendemos dar a conhecer projetos nacionais que ajudam a mudar o mundo. Se também tu queres contribuir para um mundo mais verde e justo fica atento às nossas dicas!