Explorando o Mundo pelas palavras da líder Patrícia Carvalho

A Patrícia Carvalho é uma viajante nata, natural de Braga, e a cara por detrás da Girl From Nowhere. Formada em Bioquímica, foi nas viagens que encontrou a sua paixão embora assuma que ambas as áreas lhe aguçam a curiosidade. Mas em  2018, a vontade de abraçar o desconhecido fê-la sair da normalidade e tomar a decisão de abraçar um gap year. Começou com um interrail pela Europa mas prosseguiu para a Ásia, realizando a viagem da sua vida, o Sudeste Asiatico, durante 9 meses, sozinha. Nas suas aventuras a SOLO, nome dado a um dos seus livros que narra esta experiência, expressa um novo olhar sobre o mundo. É por isso com um sorriso no rosto e sede de conhecer mais, que Patrícia integra este ano de 2023 a Landescape, estando atualmente a cargo das viagens ao Expresso do OrienteTriângulo Dourado, roteiro que passa pelo Camboja, Laos e Vietname.

Vamos conhecê-la um pouco melhor?

Conversas do Fim do Mundo | Rádio Observador

Conversas do Fim do Mundo | Rádio Observador

“Ao ouvir aquela missa senti os pelos eriçarem-se.”

Patricia Carvalho viajou 9 meses pela Ásia. Na Indonésia descobriu vestígios “vivos” da presença portuguesa, no Nepal fez um retiro silencioso de 10 dias e na Tailândia viveu aldeia sustentável.

É com esta apresentação que te lançamos o convite a ouvires o novo episódio do podcast “Conversas do Fim do Mundo” do Observador com a Patrícia Carvalho.

Volta ao Mundo

Volta ao Mundo

Neste artigo de rápida leitura, a nossa líder de viagens faz referência ao seu gap year e àquilo que ganhou com a experiência. Desmistifica a ideia de que parar um ano nos faz perder oportunidades, usando o seu próprio exemplo para provar o contrário. Afinal de contas, foi graças a esta oportunidade que conseguiu mudar de vida e que hoje trabalha com a Landescape, vivendo das viagens.

Um artigo perfeito para todos aqueles que têm medo de seguir os seus sonhos e arriscar.

Dois às 10, TVI

Dois às 10, TVI

“Gostava de viver a experiência de me conhecer a mim própria numa situação de extremos.” 

A nossa líder apresentou no programa da TVI, a viagem de 9 meses pelo Sudeste Asiático que inspirou a criação do seu livro “SOLO”, com imagens magníficas que completam a sua narração. Podes assistir à entrevista completa, a partir do minuto 8:06.

Podcast Tribo de Líderes

Podcast Tribo de Líderes

Patrícia Carvalho partilha de forma muito próxima, com os seguidores da sua página Girl From Nowhere, a sede de conhecer novos destinos. Aquilo que começou como algo pequenino, hoje é fonte de inspiração para centenas de pessoas e esse foi o mote para esta entrevista ao podcast Tribo de Líderes.

Nesta conversa informal, esclarece que tanto na sua licenciatura no mundo da ciência,  como no universo das viagens, que hoje é o seu full time job, o que mais a encanta e conecta, é a curiosidade.

SAPO VIAGENS

SAPO VIAGENS

Com tantas viagens repletas de boas histórias não é de estranhar que a nossa líder tenha sido destacada como “Viajante do Mês”, em Outubro, no portal da SAPO.

Patrícia dá-nos, neste artigo, a sua visão muito particular sobre aquilo a que considera uma nova forma de consumismo: o ato de viajar, mas partilha e defende a opinião de que há muitas formas de turismo e que o que importa é contar histórias e não o número de países que já visitamos. Transmite-nos a importância de se ter um coração aberto e a mente no lugar certo, de haver uma necessidade de se ser resiliente e consciente, para realmente se deixar conhecer novas realidades.

Metamorfose Ambulante

Metamorfose Ambulante

Numa conversa que promete quebrar tabus, a  líder de viagens Landescape Patrícia Carvalho tenta responder em 2 episódios à problemática : É correto boicotar países que não respeitam os direitos humanos?

Nesta entrevista, Patrícia narra a sua experiência de viagem ao Irão em plena revolução. Inicialmente embarca com medo, mas rapidamente descobre um povo extremamente acolhedor e hospitaleiro, uma imagem bem diferente daquela que estava à espera. Patrícia ressalta que a própria população nos países mais opressivos não está de acordo com as medidas do governo, e por isso mesmo é preciso diferenciar aquilo que são as decisões políticas daquilo que é a vontade do seu povo.

PARTE 1  |  PARTE 2

Deixar um Comentário

Continuar a explorar | Belandescape

Recortes de Imprensa

Este site utiliza cookies, ao continuares estás a permitir a sua utilização. Quero saber mais Ok