fbpx
Mapa Meu - Travel Experiences Lda
+351 917 434 117

VIAGEM BUTÃO – dos Himalaias ao país da felicidade | Grupos privados

Detalhes da Viagem

  • Butão / India
  • Aventura / Cultural / Montanha
  • 8-10 pessoas
  • + 12

Vídeos

Google+LinkedIn

Viagem ao Butão e Sikkim

Nesta viagem ao Butão permite-te entrar no mundo espiritual e profundo do budismo, através das suas tradicionais aldeias de costumes ancestrais e dos seus mosteiros nas desafiantes ladeiras da Grande Cordilheira dos Himalaias. E se és adepto de trekking, Sikkim vai certamente surpreender-te! É uma das zonas menos exploradas da Índia, com um modo de vida ainda muito rural, paisagens repletas de verde e montanhas a perder de vista.

Começamos a nossa viagem em Bagdogra, no estado indiano de Bengala Ocidental, e, de lá, seguimos para o nosso trekking por Darjeeling, região conhecida pelas imensas plantações de chá. Espera-nos o fantástico Toy Train, declarado Património Mundial da Unesco, que nos vai proporcionar uma visita a Siliguri e também a Pelling, a curta distância da China, Tibete e Butão. Ao longo deste trekking por Sikkim vamos caminhar pelas aldeias ao encontro de mosteiros budistas, lagos sagrados encravados entre montanhas e locais religiosos que “nasceram” do fim do arco-íris.

Da Índia continuamos a nossa viagem para o Butão, considerado o país mais feliz do mundo, cujo Produto Interno Bruto é medido através dos índices de felicidade da população. Um pequeno país com taxas de turismo muito baixas, onde o budismo impera, onde os habitantes ainda vestem o traje tradicional, trabalham na sua grande maioria na agricultura e vivem em pequenas aldeias perdidas entre montes e vales verdejantes. Existem muitos pontos de interesse numa viagem pelos Himalaias mas alguns são seguramente imperdíveis. É o caso da visita ao Tiger’s Nest, considerado o cartão postal do país, e da visita a Tashichho Dzong, um forte que data do século XVII e alberga a estátua do Rei do Butão, o Buddha Dordenma, com 51 metros de altura. Antes de terminarmos a nossa viagem em Punakha, teremos ainda tempo para descobrir mais alguns mosteiros e templos butaneses, assim como a cidade de Thimphu, com guia, que nos apresentará o Museu do Folk. 

Junta-te à líder de viagens Landescape Gabel Oliveira e descobre este roteiro único que certamente te vai ficar gravado na memória!

O que iremos visitar no Butão e Sikkim:

  • Bagdogra, uma vila no distrito de Darjeeling
  • As plantações de chá de Darjeeling
  • Siliguri, na base dos Himalaias
  • Toy Train, declarado Património Mundial da Unesco
  • Pelling, a curta distância da China, Tibete e Butão
  • Trekking por Sikkim ao encontro de mosteiros budistas, lagos sagrados e locais religiosos
  • Museu de Folk, em Thimphu
  • Forte de Tashichhodzong, que alberga a estátua do Rei do Butão, o Buddha Dordenma
  • O templo e escola monástica do século XII, Changangkha Lhakhang
  • Estrada de Douchula Pass, a 3150 metros de altitude, com vista para a cadeia dos Himalaias
  • O mosteiro de Lungchutse
  • Punakha Dzong, uma antiga fortaleza monástica e centro administrativo do distrito de Punakha
  • Haa via Chelela, o ponto mais elevado das estradas do Butão
  • Tiger’s Nest, o mosteiro incrustado na rocha
  • Kitchu Temple, a caminho de Paro

Itinerário

1
Dia 1 | Origem - Bagdogra
Este dia está reservado ao teu voo com destino a Bagdogra, uma vila no distrito de Darjeeling, no estado indiano de Bengala Ocidental. Devido à distância geográfica que separa Portugal da Índia é expectável que só chegues no dia seguinte. Porém, se chegares neste próprio dia, resta-te o check-in e o descanso merecido!
Hotel
2
Dia 2 | Bagdogra
Como é provável que chegues bem pela manhã e como passaste quase um dia em viagem, aproveitaremos para comer qualquer coisa antes de ires descansar. Ao final da tarde encontramo-nos todos para jantar e falar dos próximos dias.

Conforme a hora de chegada do grupo, pensamos nas actividades para este dia.
Hotel
3
Dia 3 | Bagdogra - Siliguri
Pela manhã sairemos de Bagdogra em direcção a Siliguri, numa curta distância de 10 quilómetros.

A partir de Siliguri, embarcarás comigo no fantástico Toy Train, declarado Património Mundial da Unesco, que nos vai levar de Siliguri (a 100 metros de altitude) a Darjeeling (a 2200 metros de altitude), numa aventura inesquecível, tal é a velocidade do comboio. São cerca de 80km que demoram sensivelmente 7h30 a percorrer. Só tens que relaxar e apreciar a paisagem e o ambiente à nossa volta.

Chegados a Darjeeling e depois do check-in feito, podemos dirigir-nos para a praça central da cidade de onde, se o clima o permitir, poderemos ter a primeira vista sobre a cadeia dos Himalaias.
Hotel
4
Dia 4 | Darjeeling
Hoje o dia é inteiramente dedicado a Darjeeling. Situada a mais de 2000m de altitude, a cidade é conhecida pelas suas plantações de chá, sobretudo de chá preto, apreciadas em todo o mundo.

De forma relaxada, vamos desfrutar do ritmo de vida da cidade, contemplando os seus mosteiros budistas, templos e vista sobre a maior cadeia montanhosa do mundo. Se tivermos tempo e vontade, poderemos ainda visitar uma plantação de chá nos arredores da cidade.
Hotel
5
Dia 5 | Darjeeling - Pelling
Hoje vamos até Pelling, desfrutando mais uma vez das montanhas e do verde que nos acompanha em toda esta paisagem que nos leva até ao nosso destino. A estrada não é das melhores, bem pelo contrário, mas tudo faz parte desta jornada.

Conhecido como ponto de partida para caminhadas por mosteiros budistas, aldeias e montanhas do Sikkim, Pelling está rodeada encaixada na maior cadeia montanhosa do mundo e a curta distância da China, Tibete e do Butão. Um paraíso para amantes de natureza.
Hotel
6
Dias 6, 7, 8 e 9 | Pelling - Yuksom
Nos próximos quatro dias vamos caminhar pelas aldeias ao encontro de mosteiros budistas, lagos sagrados encravados entre montanhas, e locais religiosos que "nasceram" do fim de arco-íris. Vamos embrenhar-nos na paisagem e deixarmo-nos envolver por este povo, pela sabedoria ancestral desta cultura e pela natureza fervorosa que nos rodeia.

Vão ser 4 dias de caminhadas acessíveis a todos e que não exigem nenhuma preparação física de profissional. Algumas subidas, claro está, ou não estivéssemos no sopé dos Himalaias, cortadas por um chai (se parecer salgado, não te admires, já que o chá com sal é muito comum aqui), alguns shortcuts, para tornar o trajecto menor e uns snacks à indiana, para nos apimentar a boca.
Alojamento local
7
Dia 10 | Pelling - Butão
Este dia vai ser dedicado à viagem de Pelling até ao nosso próximo destino: o Butão, onde iremos passar os próximos quatro dias.

O trajecto que nos leva à fronteira com este país tão especial, considerado o mais feliz do mundo, é de altos e baixos, uma vez mais, com atribuladas curvas e ravinas de nos fazer parar a respiração, mas tudo sob o controlo dos excelentes e experientes motoristas indianos.

Preparados para descobrir a razão do país quantificar o Produto Interno Bruto com o nível de Felicidade?
Hotel
8
Dia 11 | Thimphu - Punakha (Butão)
Bem-vindos ao Butão!

Começamos o dia bem cedo, viajando até Thimphu onde almoçamos no restaurante Museu de Folk. No período da tarde visitaremos algumas das principais atracções da região nomeadamente o Forte de Tashichhodzong, que data do século XVII e alberga a estátua do Rei do Butão, o Buddha Dordenma, com 51 metros de altura.

Este complexo está localizado no topo de uma montanha a partir do qual podemos observar toda a cidade. Junto a este forte, encontra-se um centro de recuperação de animais selvagens que revela um pouco da fauna e flora do Butão, ao mesmo tempo que permite ao visitante uma experiência sensorial relaxante.

No final do dia regressaremos ao hotel onde iremos também jantar.
Hotel
9
Dia 12 | Punakha (Butão)
Hoje vamos a Changangkha Lhakhang, um templo e escola monástica do século XII. Seguimos o nosso percurso para o Drupthob lhakhang e para Punakha, passando por paisagens inspiradoras como a conhecida estrada de Douchula Pass, a 3150 metros de altitude, com vistas soberbas para a cadeia dos Himalaias.

Acompanhas-me numa pitoresca caminhada pela floresta até ao mosteiro de Lungchutse, no topo? O mosteiro e as vistas a 360º fazem a caminhada valer bem a pena.

Vamos ainda conhecer Punakha e visitar Punakha Dzong (que significa "o palácio da grande felicidade"), uma antiga fortaleza monástica e centro administrativo do distrito de Punakha, construída no século XVII.
Alojamento local
10
Dia 13 | Punakha - Haa (Butão)
Hoje iremos até Haa, via Chelela (o ponto mais elevado das estradas do Butão, a 3988 metros de altitude). Pelo caminho, se estiver um dia de céu limpo, podemos avistar a montanha Jumolhari (7326 metros) e a montanha Jikchu Drakey (6662 metros).

Em Haa, aconselho-vos a experimentar um "banho com pedras quentes", acompanhado de plantas medicinais (muitas das casas do Butão não têm banheira/chuveiro e este é o modo tradicional de tomar banho) para relaxar.

Ao final do dia jantaremos algumas iguarias da cozinha butanesa ao redor de uma fogueira.
Alojamento local
11
Dia 14 | Paro Tiger's Nest (Butão)
Chegou a hora de conhecermos o famoso Tiger's Nest, ou Taktshang, o mosteiro incrustado na rocha, no cimo da montanha, o "cartão postal do Butão”.

Para provarmos que somos merecedores da vista e experiências que este local nos proporciona, vamos ter que enfrentar uma caminhada que nos leve até lá, apreciando cada passo do caminho. Depois de atingirmos mais este "ponto alto" na nossa viagem, vamos conhecer o Kitchu Temple e vaguear por Paro.

Desta vez vamos pernoitar numa quinta, vivenciando mais uma vez o estilo de vida tradicional deste país. Talvez tenhamos oportunidade de experimentar o tiro ao arco, um desporto típico do Butão. É a nossa noite de despedida.

Seria perfeito se a passássemos à volta de uma fogueira, participando num espetáculo cultural de danças com máscaras e relembrando os momentos que vivemos nestas duas semanas. Já com saudades?
Alojamento local
12
Dia 15 | Butão - Calcutá - Origem
E chegou o dia da partida. Vais voltar diferente, com certeza, e com a memória cheia de momentos e sítios para recordar e partilhar com os amigos.

Obrigado por me teres acompanhado, foi um prazer mostrar-te este quase final do mundo. Que em breve nos reencontremos, quem sabe noutra latitude igualmente distinta. Até já!

O que está incluído?

  • Alojamento | 14 Noites em Hotel ou Alojamento local (quarto twin ou triplo)
  • Refeições | Todos os pequenos-almoços + 4 Almoços + 4 jantares
  • Todas as entradas e atividades descritas no programa:
  • - Mosteiro Pemayangtse
  • - Ruínas de Rabdentse
  • - Forte de Tashichhodzong
  • - Templo e Escola Monástica de Changangkha Lhakhang
  • - Fortaleza Punakha Dzong
  • - Mosteiro Tiger's Nest
  • - Kitchu Temple
  • Todos os transportes dentro do período da experiência, incluindo o Toy Train (exceto de carácter pessoal)
  • Visto de entrada no Butão
  • Acompanhamento do líder Landescape ao longo dos 15 dias
  • Seguro Pessoal Básico de Viagem

O que não está incluído?

  • Voos internacionais | Recomendamos a Geostar (desde 600€)
  • Voo Butão - Calcutá (+/- 180€)
  • Todas as atividades não incluídas no programa
  • Alimentação não especificada (+/- 15€ dia)
  • Visto da Índia (80€)
  • Transferes de e para o aeroporto (+/- 15€)
  • Despesas pessoais
  • Upgrade Covid19 no Seguro Pessoal Básico de Viagem

Landescape EXPLORAÇÃO

As viagens Landescape Exploração são uma nova vertente nas propostas da Landescape que visa a descoberta de um novo destino, juntamente com um líder da Landescape e que, futuramente, será lançado ao público em geral. Estas, como o nome diz, são viagens feitas para explorar um destino pela primeira vez, tendo já o líder estado no local ou não, sendo que o percurso, assim como todos os tempos de deslocação e visitas/actividades propostas, são planeados à distância. Convém chamar a atenção para a possibilidade de o percurso poder sofrer alterações, assim como a sequência das visitas e/ou dias. Não é regra de que tudo esteja marcado nestas viagens (alojamentos, visitas, tours, etc.), embora a Landescape parta sempre com uma margem de controlo muito grande, que possibilita que tudo o que está ao nosso alcance, corra bem. Tentamos que todos os valores excluídos no preço da viagem, estejam dentro daquilo que calculámos, embora possam existir contratempos que exijam que os viajantes despendam de montantes adicionais. São viagens que apresentam um valor de venda mais baixo do que aquele que será posteriormente colocado ao público.

Perguntas Frequentes

Esta viagem exige cuidados de saúde especiais?
A Landescape tem uma parceria estabelecida com a Dra. Andreia Castro, médica com formação em Medicina do Viajante e blogger de viagens. Dessa forma, podes agendar com ela uma Consulta do Viajante Online que tem um custo de 30€ por pessoa, 50€ para 2 pessoas, 70€ para 3 pessoas e 80€ para 4 pessoas.

Como complemento, a Landescape disponibiliza-te ainda a possibilidade de integrares uma sessão de esclarecimento online que inclui a preparação do kit de viagem, a prescrição de medicação, a discussão sobre a vacinação a efetuar e respetiva prescrição e, ainda, um espaço para esclarecer eventuais dúvidas sobre os cuidados de saúde a ter no destino a visitar. Esta sessão tem um custo de 20€ por pessoa, 30€ para duas pessoas em simultâneo, 40€ para três pessoas e 50€ para quatro pessoas.