Islândia

Esta é a terra dos vulcões ativos, montanhas cobertas de glaciares, fontes termais fumegantes, praias de areia preta, cascatas gigantescas, auroras boreais e o sol da meia-noite, ziguezagueado por um silêncio gélido e estradas de cascalho que cruzam paisagens únicas, criando o melhor paraíso para aqueles que procuram uma aventura para a vida.

Aventura de trekking na Islândia

Esta viagem à Islândia não é óbvia. Primeiro porque não é uma viagem fotográfica, apesar de termos momentos para fotografar, contemplar, ver o sol nascer e desaparecer por detrás de uma qualquer montanha. Segundo porque não é uma viagem puramente de trekking, pese embora caminhemos muito e por isso a oportunidade de chegar a lugares sem turistas e selfie sticks.

Uma viagem extraordinária da história natural e do homem, como o é o Golden Circle, à pacata Hella ou a sempre orgânica Reykjavík, com a sua energia contagiante. Pelo sul caminhamos por trilhos míticos e contemplamos o que de melhor tem esta natureza crua para oferecer.

líder de viagem Diogo Tavares será o teu guia na Islândia e dar-te-á a possibilidade de conhecer um pouco mais este país, numa aventura desafiante, como se espera da Landescape. É, acima de tudo, a tua viagem por um dos países mais bonitos do mundo.

O que iremos visitar na Islândia

  • Free Walking Tour, em Reyjkavik
  • Visita a Snaefellsnes
  • Famosa montanha de Kirkjufell
  • Trekking até Glymur
  • Estação termal de Hot River
  • Parque Nacional Thingvellir
  • Geysers e cascata de Gullfoss
  • Skogafoss, a cascata mais marcante da Islândia
  • Black Sand Beach com as suas areias pretas
  • Visita a uma Ice Cave
  • Observar o vulcão Katla
  • Trekking no Parque Nacional Skaftafell
  • O desfiladeiro Fjaðrárgljúfur
  • Lagoa Glaciar Jökulsárlón
  • O colossal Vestrahorn, um paraíso para fotógrafos
  • Secret Canyon, a caminho de Reyjkavik
  • Reykjavík
  • Golden Circle
  • Parque Nacional Thingvellir
  • Cascata Gullfoss
  • Geysir
  • Trilho Laugavegur
  • Reserva Natural de Landmannalaugar
  • Vale de Thorsmörk
  • Hrafntinnusker
  • Lago Álftavatn
  • Canyon Markarfljótsgljufur
  • Cascata Skógafoss
  • Cascata Seljalandsfoss
  • Glaciar Sólheimajökull
  • Praia negra de Reynisfjara
  • Reynisdrangar
  • Vila de Hella
Ler MaisLer Menos
  • + 16 anos
  • 4-12 pessoas
  • 10 dias
  • 2280€ / pessoa

Selecciona a viagem que procuras

  • VIAGEM ISLÂNDIA – Por entre vulcões, cascatas e glaciares
    19 a 28 Ago 2024
  • VIAGEM ISLÂNDIA – Por entre vulcões, cascatas e glaciares
    2 a 11 Ago 2025

Reserva aqui a tua viagem

VIAGEM ISLÂNDIA – Por entre vulcões, cascatas e glaciares

com Diogo Tavares

Viagem Esgotada
19 a 28 Ago 2024
Saber mais sobre esta edição Fechar informação desta edição

Esta é a terra dos vulcões ativos, montanhas cobertas de glaciares, fontes termais fumegantes, praias de areia preta, cascatas gigantescas, auroras boreais e o sol da meia-noite, ziguezagueado por um silêncio gélido e estradas de cascalho que cruzam paisagens únicas, criando o melhor paraíso para aqueles que procuram uma aventura para a vida.

A nossa estadia começa com uma viagem extraordinária de história natural e do homem, o Golden Circle. Seguimos para as remotas Terras Altas e, com a vontade das nossas pernas, calcorreamos um dos trilhos mais míticos do mundo: o Laugavegur.  De Landmannalaugar até Þórsmörk, sentindo o pulsar por perto do maior glaciar da Europa. Para o fim, um dia livre por inteiro na capital, com a energia contagiante que só Reykjavík possui.

O líder de viagem Diogo Tavares vai acompanhar-te na Islândia e mostrar-te-á uma das mais bonitas jornadas pelas Terras Altas do Sul. Testemunhamos as paisagens mais incríveis e as cores mais vibrantes, ao longo do icónico Trilho Laugavegur, numa extensão de 56 quilómetros, envolto em glaciares milenares e vulcões. É uma viagem desafiante, como se espera da Landescape. Mas é, acima de tudo, a tua viagem por um dos países mais bonitos do mundo.

O que iremos visitar na Islândia

  • Reykjavík
  • Golden Circle
  • Parque Nacional Thingvellir
  • Cascata Gullfoss
  • Geysir
  • Trilho Laugavegur
  • Reserva Natural de Landmannalaugar
  • Vale de Thorsmörk
  • Hrafntinnusker
  • Lago Álftavatn
  • Canyon Markarfljótsgljufur
  • Cascata Seljalandsfoss

O que está incluído?

Alojamento
4 noites em hotel ou alojamento local
5 noites em refúgio de montanha em dormitórios partilhados

Refeições
Todos os pequenos-almoços (em alguns locais, preparado em conjunto)
Todas as refeições durante o Trilho Laugavegur
(almoço à base de snacks frios)

Entradas e atividades seguintes:
Golden Circle Tour
Laugavegur Trail

Todos os transportes descritos no programa
Exceto de carácter pessoal

Seguro Pessoal Básico de Viagem

Guia local nos Tours do Golden Circle (em inglês)

Acompanhamento do líder da Landescape

O que não está incluído?

  • Voos internacionais 
  • Atividades e visitas extras (não mencionadas no programa)
  • Alimentação não especificada (cerca de 40€/dia)
  • Chuveiros nos refúgios de montanha (cerca de 3,5€)
  • Transfers de/para o aeroporto
  • Despesas pessoais
  • Upgrade no Seguro Pessoal Básico de Viagem

Diário de Bordo

Dia 1   Chegada a Reykjavik

Reykjavik é a capital mais a norte do planeta. Embora seja pequena quando comparada com outras capitais, é rica em cultura e em artistas, cheia de opções culinárias e com muitos cafés e bares trendy. A juntar a isso, arquitetura única, vida noturna agitada, museus estranhos e também algumas atrações escondidas.

Este dia está reservado para a tua chegada à Islândia. A aventura começa à chegada ao aeroporto, a cerca de 50 quilómetros de Reykjavik. Não existe qualquer atividade programada para este dia, pelo que dependendo do horário do teu voo e depois do check-in no alojamento, aproveita para fazer uma revisão ao equipamento e o resto da tarde para visitar a cidade. Como sugestão, um mergulho numa das famosas piscinas da cidade, um dos hobbies mais adorados pelos islandeses.

Combinamos comer qualquer coisa ao final do dia e beber um copo num qualquer street food islândes.
Estadia: Hostel

Dia 2   Geysir, Gullfoss e Thingvellir

Pela fresquinha e depois de um pequeno-almoço reconfortante, seguimos de autocarro numa viagem ao encontro da área geotérmica de Geysir, o mais antigo geiser documentado na literatura europeia e que se encontra ativo há cerca de 10.000 anos! A sensação de poder que nos consegue mostrar a natureza, deixa-nos arrebatados e rendidos, tal é a nossa insignificância face ao que temos à frente. Dali até Gullfoss, a rainha das cascatas da Islândia, que jorra toneladas de água do alto dos seus 32 metros, são duas mãos cheias de quilómetros e o deslumbre começa a ser a nossa emoção mais evidente.

O dia segue com o Parque Nacional Thingvellir, o único Património Mundial da UNESCO, no país. Apesar da ideia de caminhar entre dois continentes poder parecer da literatura, é isso mesmo que vamos fazer, entre as placas tectónicas da América do Norte e da Eurásia e acrescentamos mais: pelos cenários de Game of Thrones, no desfiladeiro de Almannagjá. Com sorte, dizemos olá ao John Snow.

No final do dia, voltamos a Reykjavík para jantar e descansar para a aventura que nos espera amanhã.
Estadia: Hostel

Dia 3   Reykjavík - Landmannalaugar

Deixamos para trás a metrópole e seguimos para as magníficas Highlands, o maior deserto desabitado da Islândia. Na viagem até Landmannalaugar, passamos pelo imponente vulcão Hekla, o vulcão mais ativo da Islândia. A partir daqui, a paisagem sobrenatural da tundra sem fim espera por nós. Depois de trincar o almoço, atravessamos o campo de lava Laugahraun e o canyon Vondugil e somos ofuscados pelas cores vibrantes das montanhas do Monte Brennisteinsalda. No caminho de volta ao nosso alojamento para a primeira noite em Landmannlaugar, avistamos o desfiladeiro de Graenagil e, se o clima colaborar, subimos ao vulcão Blahnukur.

À noite, relaxamos na hot spring e preparamos o corpo e a mente para a aventura que nos espera amanhã. O incrível Laugavegur.

Distância: 8 km, 4/5 horas 470 D+
Estadia: Refúgio (partilhado com outros viajantes)

Dia 4   Landmannalaugar - Hrafntinnusker

O dia começa muito cedo a caminhar pelas vibrantes montanhas riolíticas de Reykjafjöll e pela área de Jökultungur, onde a atividade geotérmica contrasta com os tons suaves de areia pálida e os prados do vale. Com bom tempo, teremos vistas incríveis sobre toda a área de Fjallabak.

Depois de 3 a 4 horas chegamos a Stórihver, uma fonte termal e um dos poucos pontos verdes visíveis deste dia. Uma caminhada até as cavernas de gelo, a cerca de 1,5 quilómetros do refúgio, é obrigatória.

Distância: 12.1 km. 4/5 horas 666 D+
Estadia: Refúgio (partilhado com outros viajantes)

Dia 5   Hrafntinnusker - Álftavatn

Mas antes de o alcançar, espera-nos um desafio que nos vai tornar o melhor amigo das crocks de todo o sempre. É aqui que molhamos os pés na água fria que dói, mas geralmente não muito profunda (vamos lá ver se não passa o joelhos…). O trabalho de equipa, nesta fase, é importante para o sucesso da primeira jornada.

É Álftavatn e o seu lago imenso que nos dá o teto para uma refeição quente e guarida para o descanso merecido.

Distância: 11.9 km. 4/5 horas 274 D+
Estadia: Refúgio (partilhado com outros viajantes)

Dia 6   Álftavatn - Emstrur

Ao passar pelo sopé do vulcão verde de Stórasúla, prepara-te para vistas impressionantes dos desertos negros de Mælifellssandur. Parece Mordor, da Terra Média Tolkiana. Segue-se outro vulcão antigo e verdejante – o Hattfell – e entramos na bela região de Emstrur, que serve como pasto durante o verão. Antes de chegar ao refúgio, onde vamos passar a noite, deixamos o tempo correr no magnífico canyon Markarfljót. Esta jóia escondida que corta quase 200 metros nas rochas ao sul de Hattfell é um dos canyons mais indescritíveis da Islândia.

Distância: 16 km, 6-7 horas D+ 421m
Estadia: Refúgio (partilhado com outros viajantes)

Dia 7   Emstrur - Þórsmörk

Depois de uma noite tranquila e com as energias renovadas, avançamos com a nossa aventura pelos pequenos vales e desfiladeiros mágicos de Emstrur. Vislumbramos o grande glaciar Mýrdalsjökull que se eleva a poucos quilômetros de distância. Após várias horas de caminhada pelo deserto islandês e pelo verde da paisagem, descemos até Þórsmörk’s, onde se encontram os míticos bosques de Thor, repleto de florestas de bétulas árticas e flores silvestres coloridas. O nosso dia acaba no coração do vale, cercada por encostas verdes de musgo sob os glaciares de Eyjafjallajökull e Mýrdalsjökull. Este é o fim oficial do mítico, e agora inesquecível, Laugavegur Trail.

Distância: 16.7 km, 6/7 horas 445 m D+
Estadia: Refúgio (partilhado com outros viajantes)

Dia 8   Þórsmörk - Reykjavik

O último dia nas Terras Altas da Islândia é mais flexível com o programa. Podes explorar a área em redor dos vulcões de Katla e Eyjafjallajokull e caminhar até a montanha Valahnukur, cujo cume oferece vistas sublimes sobre o vale. A outra hipótese, igualmente válida, é simplesmente deixarem-se estar em Thorsmork, o vale esmeralda, que é consistentemente classificado como um dos lugares mais bonitos de toda a Islândia. O folclore islandês acredita que foi criado por um poderoso golpe do martelo do Thor. Desfruta de toda a sua beleza natural, relaxa na sauna ou saborea um chocolate quente no conforto da Volcano Hut. Depois de almoço, despedimo-nos das terras altas de regresso à capital de Reykjavik.
Estadia: Hostel

Dia 9   Reykjavik

Hoje podes acordar à hora que quiseres. Os dias que passaram foram de aventura intensa e o teu corpo deve estar a precisar de alguma calma. Reykjavik é um bom local para explorar o ócio.

Podes deixar-te perder na capital mais a norte do mundo. Descobre as delicias das padarias artesanais, a icónica igreja Hallgrímskirkja, as casas coloridas de Þingholt, a arquitetura moderna da Harpan e por fim, podes beber uma cerveja fresca num bar mítico do velho porto. Ao fim do dia, com o peito cheio de natureza pura, regressamos ao encontro da fervilhante Reykjavik para um jantar de celebração. Copos ao alto e grita “Skál”, com o viking que há dentro de ti.
Estadia: Hostel

Dia 10   Reykjavik - Origem

Este é o dia da tua partida. Tenho a certeza que foi a viagem de uma vida: pelo desafio, pelas paisagens, pela liberdade com que observaste a natureza fluir.

Resta-me despedir-me de ti e agradecer-te a oportunidade de me permitires mostrar-te a Islândia aos meus olhos. Tenho a certeza de que nos voltaremos a ver em breve.

Um até já. Obrigado.

Esta viagem encontra-se esgotada.
Caso pretendas ficar em lista de espera para a mesma, entra por favor em contacto connosco.

Perguntas Frequentes

Como é o roteiro da viagem?

O roteiro da viagem foi pensado de forma a alcançar a maior variedade possível das maravilhas naturais deste país, entre montanhas, desertos de lava, glaciares e cascatas.

Começamos com uma viagem de interpretação geológica pelos locais mais emblemáticos da ilha, a que chamamos o dia Welcome to Iceland. Depois disto, estarás pronto para um mergulho de aventura de cinco dias num dos trilhos mais bonitos do mundo, o mítico Laugavegur. Na Landescape procuramos o melhor que estes locais mágicos nos podem dar e, sempre que possível, viajar devagar. Ao viajar connosco vais perceber que muitas vezes nos adaptamos ao desejo do grupo e até ao momento. Esta é porém uma viagem de esforço, baseada no trekking em terras altas e geladas, como as são as da Islândia.

É necessário visto para entrar no país?

Os cidadãos portugueses não precisam de visto para entrar na Islândia. O país faz parte do espaço Schengen, portanto podes optar por trazer o teu passaporte ou o cartão de cidadão/bilhete de identidade.

Como funcionam os transferes de/para o aeroporto?

A opção mais económica para se chegar ao centro da capital é de autocarro. O aeroporto está a cerca de 1h30 da cidade. O autocarro tem várias paragens em Reykjavik, sendo que a Landescape informar-te-á de qual a mais próxima do nosso alojamento. Existe ainda a opção do táxi – que pode sempre ser partilhado entre vários viajantes – caso queiras mais conforto, e que chegará com certeza mais rápido ao centro. Informamos também que antes mesmo da viagem acontecer é criado um grupo de WhatsApp com viajantes e líder, de forma a que possam articular entre vocês a divisão de táxis, se assim for mais conveniente.

Como são os alojamentos durante a viagem?

A estadia será sempre feita em hotéis/hostels familiares ou guesthouses, preferencialmente com localização central, e que oferecem todas as comodidades básicas necessárias. Todos os quartos serão com casas de banho privativas e variam do twin e triplos (com camas separadas) a quádruplos (estilo quarto familiar). Aos viajantes que desejem ficar em quarto duplo com cama de casal solicitamos que nos escrevam por e-mail com o pedido.

Durante o Laugavegur Trail é importante que tragas o teu próprio saco-cama, pois nem sempre são fornecidos cobertores para dormir. Os refúgios são em estilo dormitório e são aquecidos, por isso qualquer saco-cama de verão é suficiente para uma noite confortável. Nas cabanas grandes, podes contar com casas de banho e duches de água quente (extra: 500Kr por 5 minutos de duche). No caso do refúgio Hrafntinnusker, as condições são mais rudimentares: É melhor estar preparado para não ir ao duche e que a experiência na casa de banho exterior não seja de sonho.

Como são os transportes no país?

A Islândia é um país que oferece bastantes opções confortáveis de transporte. Para os nossos objetivos nesta jornada, optámos por usar o mais possível os transportes coletivos, exceto no Golden Circle, que iremos em registo de road trip. Os transfers ida-e-volta para as highlands serão realizados por transportes especiais, preparados para andar em terra batida, gravilha e atravessar rios. A tua aventura vai começar muito mais cedo do que tu pensas.

É seguro viajar na Islândia?

A Islândia é considerado um dos 3 países mais seguros do mundo, juntamente com Portugal e Nova Zelândia, por isso sim, muito seguro.

O seguro básico de viagem é suficiente para esta viagem?

Não, tendo em conta que o programa desta viagem prevê a realização de atividades de aventura que o Seguro Básico não cobre. Recomendamos por isso que procedas a um upgrade para o Seguro Exploração para ficares protegido de qualquer acidente que possa ocorrer durante a prática destas atividades. Em alternativa, podes adquirir um seguro adaptado a esta viagem disponível noutra seguradora.

É uma viagem cansativa?

A viagem pelas cidades, em estilo mais urbano e os tours que organizamos, são pouco cansativos. O Laugavegur Trail é considerado uma caminhada de nível moderado. O caminho em si é muito pouco técnico e não é demasiado cansativo, exceto talvez pelo grande ganho de altitude no primeiro dia. As marcações no terreno estão muito bem definidas e a distribuição da distância entre os vários dias está bem equilibrada, de forma a gerir bem o esforço. A verdadeira questão aqui é o clima. Este imponderável pode tornar a experiência mais desafiante e desconfortável. As terras altas da Islândia são conhecidas por suas fortes chuvas e condições imprevisíveis e, apesar de estarmos no período do ano mais estável, é importante ter em mente que poderá acontecer.

Estarei apto para esta viagem?

Para o Laugavegur Trail, é importante ter em mente que vais caminhar entre quatro a sete horas por dia, carregando uma mochila com algum equipamento. Além disso, o terreno vulcânico pode ser desafiante e o clima implacável. Dito isto, se andares à procura de aventura, emoções fortes e o contacto com a natureza no estado mais puro, serás imensamente recompensado. Em termos de peso da mochila, só precisas levar uma mochila pequena (25/30 litros)  para o dia com seu almoço, garrafa de água, medicamentos, óculos de sol, chinelos para travessias de rio, impermeável e outros itens ou roupas que possas precisar durante a etapa do dia.

Qual a roupa mais adequada?

A roupa mais indicada será fornecida por nós no Manual do Viajante.

E quanto à alimentação?

A Islândia é um país caro e por isso as refeições não são exceção. Vamos optar por refeições em pequenos restaurantes e street food, sempre que nos for possível, nas cidades. Aconselhamos alguns snacks para o dia-a-dia e o trilho. Os pratos locais terão o seu lugar na nossa viagem e serão basicamente confecionados com peixe.

Refeições durante o Trilho Laugavegur
As refeições serão preparadas por todos os participantes, guias e equipa – colabora na preparação da comida e faz amigos ao mesmo tempo. Embora o guia seja geralmente o coordenador de todo o processo, convidamos-te a colaborar. Suplementos dietéticos especiais, como vegetariano, vegan, sem glúten ou outros suplementos, podem ser solicitados por um custo suplementar. É sugerido que compres o extra de comida especial.

NOTA IMPORTANTE: Se tiveres alguma necessidade dietética especial, informa-nos antes de fazer a reserva para que possamos fazer os preparativos.
erva para que possamos fazer os preparativos.

Traz sempre uma garrafa de água, pois podes encher da torneira nas cabanas. A água da Islândia é perfeitamente segura para beber. Existem também vários riachos ao longo de onde podemos reabastecer.

Não é possível comprar refeições prontas quentes na maioria das cabanas islandesas. Portanto, vais precisar de trazer e transportar a tua própria comida durante a caminhada em Laugavegur. No entanto, é possível comprar algumas coisas em alguns refúgios, como comida desidratada, refrigerantes e barras de chocolate. Só em Langadal, em Þórsmörk, é possível comprar cerveja e vinho.

Esta viagem exige cuidados de saúde especiais?

A Landescape tem uma parceria estabelecida com duas médicas formadas em Medicina do Viajante que te podem melhor aconselhar sobre todos os cuidados de saúde necessários e eventuais vacinas de prevenção para viajar na Islândia. Dessa forma, podes agendar uma Consulta do Viajante Online na data e hora que te for mais conveniente com uma delas.

Como faço se me quiser inscrever sozinho?

A maioria dos nossos viajantes inscreve-se individualmente e é na viagem que conhece muitas das pessoas com quem começa a viajar posteriormente. Os quartos são sempre divididos com outro ou outros viajantes e só se tiver sido solicitado suplemento de ocupação individual, mediante o pagamento da respetiva taxa, é que fica sozinho

Quanto ao dinheiro para a viagem?

O que aconselhamos é o pagamento com cartão de crédito ou débito. O câmbio não é muito prático, além de que a existência de casas de câmbio é rara. Podes também levantar dinheiro através dos vários ATM’s que existem. Lê o nosso Manual do Viajante para teres uma ideia dos custos no país.

Outras informações relevantes.

A Islândia é um paraíso para os amantes de fotografia e natureza. Deixa o conforto de lado e prepara-te fisicamente para o desgaste das caminhadas que tenho a propor-te ao longo do nosso programa e garanto-te que terás a experiência de uma vida.

Para o Trilho Laugavegur, é importante ter em mente que vais caminhar entre quatro a sete horas por dia, carregando uma mochila cheia de equipamento. Além disso, o terreno vulcânico pode ser desafiante e o clima implacável. Dito isto, se andares à procura de aventura, emoções fortes e o contacto com a natureza no estado mais puro, serás imensamente recompensado. Em termos de peso da mochila, só precisas levar uma mochila pequena (25 litros) para o dia com o teu almoço, garrafa de água, medicamentos, óculos de sol, chinelos para travessias de rio, impermeável e outros itens ou roupas que possas precisar durante a etapa do dia. (aquando da tua inscrição, a Landescape enviar-te-á o Manual do Viajante onde tens toda a descrição do equipamento aconselhado)

seguros-de-viagem-landescape

SEGURO DE VIAGEM

Descobre qual o seguro de viagem que melhor se adequa às tuas necessidades.

consulta-do-viajante-landescape

CONSULTA DO VIAJANTE

Agenda já a tua consulta para ficares a par dos cuidados de saúde recomendados e obrigatórios desta viagem.

Queres que entre em contacto contigo?

A nossa equipa irá acompanhar-te e dar-te todo o apoio necessário.

Sobre o Líder


Diogo Tavares

Sou irremediavelmente atraído pela aventura. É no meio da natureza que encontro o meu equilíbrio e me sinto mais completo. Saber mais

Outros destinos que lidera

VIAGEM ISLÂNDIA – Por entre vulcões, cascatas e glaciares

com Diogo Tavares

Nova Data
2 a 11 Ago 2025
Saber mais sobre esta edição Fechar informação desta edição

Esta é a terra dos vulcões ativos, montanhas cobertas de glaciares, fontes termais fumegantes, praias de areia preta, cascatas gigantescas, auroras boreais e o sol da meia-noite, ziguezagueado por um silêncio gélido e estradas de cascalho que cruzam paisagens únicas, criando o melhor paraíso para aqueles que procuram uma aventura para a vida.

A nossa estadia começa com uma viagem extraordinária de história natural e do homem, o Golden Circle. Seguimos para as remotas Terras Altas e, com a vontade das nossas pernas, calcorreamos um dos trilhos mais míticos do mundo: o Laugavegur.  De Landmannalaugar até Þórsmörk, sentindo o pulsar por perto do maior glaciar da Europa. Para o fim, um dia livre por inteiro na capital, com a energia contagiante que só Reykjavík possui.

O líder de viagem Diogo Tavares vai acompanhar-te na Islândia e mostrar-te-á uma das mais bonitas jornadas pelas Terras Altas do Sul. Testemunhamos as paisagens mais incríveis e as cores mais vibrantes, ao longo do icónico Trilho Laugavegur, numa extensão de 56 quilómetros, envolto em glaciares milenares e vulcões. É uma viagem desafiante, como se espera da Landescape. Mas é, acima de tudo, a tua viagem por um dos países mais bonitos do mundo.

O que iremos visitar na Islândia

  • Reykjavík
  • Golden Circle
  • Parque Nacional Thingvellir
  • Cascata Gullfoss
  • Geysir
  • Trilho Laugavegur
  • Reserva Natural de Landmannalaugar
  • Vale de Thorsmörk
  • Hrafntinnusker
  • Lago Álftavatn
  • Canyon Markarfljótsgljufur
  • Cascata Seljalandsfoss

O que está incluído?

Alojamento
4 noites em hotel ou alojamento local
5 noites em refúgio de montanha em dormitórios partilhados

Refeições
Todos os pequenos-almoços (em alguns locais, preparado em conjunto)
Todas as refeições durante o Trilho Laugavegur
(almoço à base de snacks frios)

Entradas e atividades seguintes:
Golden Circle Tour
Laugavegur Trail

Todos os transportes descritos no programa
Exceto de carácter pessoal

Seguro Pessoal Básico de Viagem

Guia local nos Tours do Golden Circle (em inglês)

Acompanhamento do líder da Landescape

O que não está incluído?

  • Voos internacionais 
  • Atividades e visitas extras (não mencionadas no programa)
  • Alimentação não especificada (cerca de 40€/dia)
  • Chuveiros nos refúgios de montanha (cerca de 3,5€)
  • Transfers de/para o aeroporto
  • Despesas pessoais
  • Upgrade no Seguro Pessoal Básico de Viagem

Diário de Bordo

Dia 1   Chegada a Reykjavik

Reykjavik é a capital mais a norte do planeta. Embora seja pequena quando comparada com outras capitais, é rica em cultura e em artistas, cheia de opções culinárias e com muitos cafés e bares trendy. A juntar a isso, arquitetura única, vida noturna agitada, museus estranhos e também algumas atrações escondidas.

Este dia está reservado para a tua chegada à Islândia. A aventura começa à chegada ao aeroporto, a cerca de 50 quilómetros de Reykjavik. Não existe qualquer atividade programada para este dia, pelo que dependendo do horário do teu voo e depois do check-in no alojamento, aproveita para fazer uma revisão ao equipamento e o resto da tarde para visitar a cidade. Como sugestão, um mergulho numa das famosas piscinas da cidade, um dos hobbies mais adorados pelos islandeses.

Combinamos comer qualquer coisa ao final do dia e beber um copo num qualquer street food islândes.
Estadia: Hostel

Dia 2   Geysir, Gullfoss e Thingvellir

Pela fresquinha e depois de um pequeno-almoço reconfortante, seguimos de autocarro numa viagem ao encontro da área geotérmica de Geysir, o mais antigo geiser documentado na literatura europeia e que se encontra ativo há cerca de 10.000 anos! A sensação de poder que nos consegue mostrar a natureza, deixa-nos arrebatados e rendidos, tal é a nossa insignificância face ao que temos à frente. Dali até Gullfoss, a rainha das cascatas da Islândia, que jorra toneladas de água do alto dos seus 32 metros, são duas mãos cheias de quilómetros e o deslumbre começa a ser a nossa emoção mais evidente.

O dia segue com o Parque Nacional Thingvellir, o único Património Mundial da UNESCO, no país. Apesar da ideia de caminhar entre dois continentes poder parecer da literatura, é isso mesmo que vamos fazer, entre as placas tectónicas da América do Norte e da Eurásia e acrescentamos mais: pelos cenários de Game of Thrones, no desfiladeiro de Almannagjá. Com sorte, dizemos olá ao John Snow.

No final do dia, voltamos a Reykjavík para jantar e descansar para a aventura que nos espera amanhã.
Estadia: Hostel

Dia 3   Reykjavík - Landmannalaugar

Deixamos para trás a metrópole e seguimos para as magníficas Highlands, o maior deserto desabitado da Islândia. Na viagem até Landmannalaugar, passamos pelo imponente vulcão Hekla, o vulcão mais ativo da Islândia. A partir daqui, a paisagem sobrenatural da tundra sem fim espera por nós. Depois de trincar o almoço, atravessamos o campo de lava Laugahraun e o canyon Vondugil e somos ofuscados pelas cores vibrantes das montanhas do Monte Brennisteinsalda. No caminho de volta ao nosso alojamento para a primeira noite em Landmannlaugar, avistamos o desfiladeiro de Graenagil e, se o clima colaborar, subimos ao vulcão Blahnukur.

À noite, relaxamos na hot spring e preparamos o corpo e a mente para a aventura que nos espera amanhã. O incrível Laugavegur.

Distância: 8 km, 4/5 horas 470 D+
Estadia: Refúgio (partilhado com outros viajantes)

Dia 4   Landmannalaugar - Hrafntinnusker

O dia começa muito cedo a caminhar pelas vibrantes montanhas riolíticas de Reykjafjöll e pela área de Jökultungur, onde a atividade geotérmica contrasta com os tons suaves de areia pálida e os prados do vale. Com bom tempo, teremos vistas incríveis sobre toda a área de Fjallabak.

Depois de 3 a 4 horas chegamos a Stórihver, uma fonte termal e um dos poucos pontos verdes visíveis deste dia. Uma caminhada até as cavernas de gelo, a cerca de 1,5 quilómetros do refúgio, é obrigatória.

Distância: 12.1 km. 4/5 horas 666 D+
Estadia: Refúgio (partilhado com outros viajantes)

Dia 5   Hrafntinnusker - Álftavatn

Mas antes de o alcançar, espera-nos um desafio que nos vai tornar o melhor amigo das crocks de todo o sempre. É aqui que molhamos os pés na água fria que dói, mas geralmente não muito profunda (vamos lá ver se não passa o joelhos…). O trabalho de equipa, nesta fase, é importante para o sucesso da primeira jornada.

É Álftavatn e o seu lago imenso que nos dá o teto para uma refeição quente e guarida para o descanso merecido.

Distância: 11.9 km. 4/5 horas 274 D+
Estadia: Refúgio (partilhado com outros viajantes)

Dia 6   Álftavatn - Emstrur

Ao passar pelo sopé do vulcão verde de Stórasúla, prepara-te para vistas impressionantes dos desertos negros de Mælifellssandur. Parece Mordor, da Terra Média Tolkiana. Segue-se outro vulcão antigo e verdejante – o Hattfell – e entramos na bela região de Emstrur, que serve como pasto durante o verão. Antes de chegar ao refúgio, onde vamos passar a noite, deixamos o tempo correr no magnífico canyon Markarfljót. Esta jóia escondida que corta quase 200 metros nas rochas ao sul de Hattfell é um dos canyons mais indescritíveis da Islândia.

Distância: 16 km, 6-7 horas D+ 421m
Estadia: Refúgio (partilhado com outros viajantes)

Dia 7   Emstrur - Þórsmörk

Depois de uma noite tranquila e com as energias renovadas, avançamos com a nossa aventura pelos pequenos vales e desfiladeiros mágicos de Emstrur. Vislumbramos o grande glaciar Mýrdalsjökull que se eleva a poucos quilômetros de distância. Após várias horas de caminhada pelo deserto islandês e pelo verde da paisagem, descemos até Þórsmörk’s, onde se encontram os míticos bosques de Thor, repleto de florestas de bétulas árticas e flores silvestres coloridas. O nosso dia acaba no coração do vale, cercada por encostas verdes de musgo sob os glaciares de Eyjafjallajökull e Mýrdalsjökull. Este é o fim oficial do mítico, e agora inesquecível, Laugavegur Trail.

Distância: 16.7 km, 6/7 horas 445 m D+
Estadia: Refúgio (partilhado com outros viajantes)

Dia 8   Þórsmörk - Reykjavik

O último dia nas Terras Altas da Islândia é mais flexível com o programa. Podes explorar a área em redor dos vulcões de Katla e Eyjafjallajokull e caminhar até a montanha Valahnukur, cujo cume oferece vistas sublimes sobre o vale. A outra hipótese, igualmente válida, é simplesmente deixarem-se estar em Thorsmork, o vale esmeralda, que é consistentemente classificado como um dos lugares mais bonitos de toda a Islândia. O folclore islandês acredita que foi criado por um poderoso golpe do martelo do Thor. Desfruta de toda a sua beleza natural, relaxa na sauna ou saborea um chocolate quente no conforto da Volcano Hut. Depois de almoço, despedimo-nos das terras altas de regresso à capital de Reykjavik.
Estadia: Hostel

Dia 9   Reykjavik

Hoje podes acordar à hora que quiseres. Os dias que passaram foram de aventura intensa e o teu corpo deve estar a precisar de alguma calma. Reykjavik é um bom local para explorar o ócio.

Podes deixar-te perder na capital mais a norte do mundo. Descobre as delicias das padarias artesanais, a icónica igreja Hallgrímskirkja, as casas coloridas de Þingholt, a arquitetura moderna da Harpan e por fim, podes beber uma cerveja fresca num bar mítico do velho porto. Ao fim do dia, com o peito cheio de natureza pura, regressamos ao encontro da fervilhante Reykjavik para um jantar de celebração. Copos ao alto e grita “Skál”, com o viking que há dentro de ti.
Estadia: Hostel

Dia 10   Reykjavik - Origem

Este é o dia da tua partida. Tenho a certeza que foi a viagem de uma vida: pelo desafio, pelas paisagens, pela liberdade com que observaste a natureza fluir.

Resta-me despedir-me de ti e agradecer-te a oportunidade de me permitires mostrar-te a Islândia aos meus olhos. Tenho a certeza de que nos voltaremos a ver em breve.

Um até já. Obrigado.

Reserva aqui a tua viagem


2.280€

Perguntas Frequentes

Como é o roteiro da viagem?

O roteiro da viagem foi pensado de forma a alcançar a maior variedade possível das maravilhas naturais deste país, entre montanhas, desertos de lava, glaciares e cascatas.

Começamos com uma viagem de interpretação geológica pelos locais mais emblemáticos da ilha, a que chamamos o dia Welcome to Iceland. Depois disto, estarás pronto para um mergulho de aventura de cinco dias num dos trilhos mais bonitos do mundo, o mítico Laugavegur. Na Landescape procuramos o melhor que estes locais mágicos nos podem dar e, sempre que possível, viajar devagar. Ao viajar connosco vais perceber que muitas vezes nos adaptamos ao desejo do grupo e até ao momento. Esta é porém uma viagem de esforço, baseada no trekking em terras altas e geladas, como as são as da Islândia.

É necessário visto para entrar no país?

Os cidadãos portugueses não precisam de visto para entrar na Islândia. O país faz parte do espaço Schengen, portanto podes optar por trazer o teu passaporte ou o cartão de cidadão/bilhete de identidade.

Como funcionam os transferes de/para o aeroporto?

A opção mais económica para se chegar ao centro da capital é de autocarro. O aeroporto está a cerca de 1h30 da cidade. O autocarro tem várias paragens em Reykjavik, sendo que a Landescape informar-te-á de qual a mais próxima do nosso alojamento. Existe ainda a opção do táxi – que pode sempre ser partilhado entre vários viajantes – caso queiras mais conforto, e que chegará com certeza mais rápido ao centro. Informamos também que antes mesmo da viagem acontecer é criado um grupo de WhatsApp com viajantes e líder, de forma a que possam articular entre vocês a divisão de táxis, se assim for mais conveniente.

Como são os alojamentos durante a viagem?

A estadia será sempre feita em hotéis/hostels familiares ou guesthouses, preferencialmente com localização central, e que oferecem todas as comodidades básicas necessárias. Todos os quartos serão com casas de banho privativas e variam do twin e triplos (com camas separadas) a quádruplos (estilo quarto familiar). Aos viajantes que desejem ficar em quarto duplo com cama de casal solicitamos que nos escrevam por e-mail com o pedido.

Durante o Laugavegur Trail é importante que tragas o teu próprio saco-cama, pois nem sempre são fornecidos cobertores para dormir. Os refúgios são em estilo dormitório e são aquecidos, por isso qualquer saco-cama de verão é suficiente para uma noite confortável. Nas cabanas grandes, podes contar com casas de banho e duches de água quente (extra: 500Kr por 5 minutos de duche). No caso do refúgio Hrafntinnusker, as condições são mais rudimentares: É melhor estar preparado para não ir ao duche e que a experiência na casa de banho exterior não seja de sonho.

Como são os transportes no país?

A Islândia é um país que oferece bastantes opções confortáveis de transporte. Para os nossos objetivos nesta jornada, optámos por usar o mais possível os transportes coletivos, exceto no Golden Circle, que iremos em registo de road trip. Os transfers ida-e-volta para as highlands serão realizados por transportes especiais, preparados para andar em terra batida, gravilha e atravessar rios. A tua aventura vai começar muito mais cedo do que tu pensas.

É seguro viajar na Islândia?

A Islândia é considerado um dos 3 países mais seguros do mundo, juntamente com Portugal e Nova Zelândia, por isso sim, muito seguro.

O seguro básico de viagem é suficiente para esta viagem?

Não, tendo em conta que o programa desta viagem prevê a realização de atividades de aventura que o Seguro Básico não cobre. Recomendamos por isso que procedas a um upgrade para o Seguro Exploração para ficares protegido de qualquer acidente que possa ocorrer durante a prática destas atividades. Em alternativa, podes adquirir um seguro adaptado a esta viagem disponível noutra seguradora.

É uma viagem cansativa?

A viagem pelas cidades, em estilo mais urbano e os tours que organizamos, são pouco cansativos. O Laugavegur Trail é considerado uma caminhada de nível moderado. O caminho em si é muito pouco técnico e não é demasiado cansativo, exceto talvez pelo grande ganho de altitude no primeiro dia. As marcações no terreno estão muito bem definidas e a distribuição da distância entre os vários dias está bem equilibrada, de forma a gerir bem o esforço. A verdadeira questão aqui é o clima. Este imponderável pode tornar a experiência mais desafiante e desconfortável. As terras altas da Islândia são conhecidas por suas fortes chuvas e condições imprevisíveis e, apesar de estarmos no período do ano mais estável, é importante ter em mente que poderá acontecer.

Estarei apto para esta viagem?

Para o Laugavegur Trail, é importante ter em mente que vais caminhar entre quatro a sete horas por dia, carregando uma mochila com algum equipamento. Além disso, o terreno vulcânico pode ser desafiante e o clima implacável. Dito isto, se andares à procura de aventura, emoções fortes e o contacto com a natureza no estado mais puro, serás imensamente recompensado. Em termos de peso da mochila, só precisas levar uma mochila pequena (25/30 litros)  para o dia com seu almoço, garrafa de água, medicamentos, óculos de sol, chinelos para travessias de rio, impermeável e outros itens ou roupas que possas precisar durante a etapa do dia.

Qual a roupa mais adequada?

A roupa mais indicada será fornecida por nós no Manual do Viajante.

E quanto à alimentação?

A Islândia é um país caro e por isso as refeições não são exceção. Vamos optar por refeições em pequenos restaurantes e street food, sempre que nos for possível, nas cidades. Aconselhamos alguns snacks para o dia-a-dia e o trilho. Os pratos locais terão o seu lugar na nossa viagem e serão basicamente confecionados com peixe.

Refeições durante o Trilho Laugavegur
As refeições serão preparadas por todos os participantes, guias e equipa – colabora na preparação da comida e faz amigos ao mesmo tempo. Embora o guia seja geralmente o coordenador de todo o processo, convidamos-te a colaborar. Suplementos dietéticos especiais, como vegetariano, vegan, sem glúten ou outros suplementos, podem ser solicitados por um custo suplementar. É sugerido que compres o extra de comida especial.

NOTA IMPORTANTE: Se tiveres alguma necessidade dietética especial, informa-nos antes de fazer a reserva para que possamos fazer os preparativos.
erva para que possamos fazer os preparativos.

Traz sempre uma garrafa de água, pois podes encher da torneira nas cabanas. A água da Islândia é perfeitamente segura para beber. Existem também vários riachos ao longo de onde podemos reabastecer.

Não é possível comprar refeições prontas quentes na maioria das cabanas islandesas. Portanto, vais precisar de trazer e transportar a tua própria comida durante a caminhada em Laugavegur. No entanto, é possível comprar algumas coisas em alguns refúgios, como comida desidratada, refrigerantes e barras de chocolate. Só em Langadal, em Þórsmörk, é possível comprar cerveja e vinho.

Esta viagem exige cuidados de saúde especiais?

A Landescape tem uma parceria estabelecida com duas médicas formadas em Medicina do Viajante que te podem melhor aconselhar sobre todos os cuidados de saúde necessários e eventuais vacinas de prevenção para viajar na Islândia. Dessa forma, podes agendar uma Consulta do Viajante Online na data e hora que te for mais conveniente com uma delas.

Como faço se me quiser inscrever sozinho?

A maioria dos nossos viajantes inscreve-se individualmente e é na viagem que conhece muitas das pessoas com quem começa a viajar posteriormente. Os quartos são sempre divididos com outro ou outros viajantes e só se tiver sido solicitado suplemento de ocupação individual, mediante o pagamento da respetiva taxa, é que fica sozinho

Quanto ao dinheiro para a viagem?

O que aconselhamos é o pagamento com cartão de crédito ou débito. O câmbio não é muito prático, além de que a existência de casas de câmbio é rara. Podes também levantar dinheiro através dos vários ATM’s que existem. Lê o nosso Manual do Viajante para teres uma ideia dos custos no país.

Outras informações relevantes.

A Islândia é um paraíso para os amantes de fotografia e natureza. Deixa o conforto de lado e prepara-te fisicamente para o desgaste das caminhadas que tenho a propor-te ao longo do nosso programa e garanto-te que terás a experiência de uma vida.

Para o Trilho Laugavegur, é importante ter em mente que vais caminhar entre quatro a sete horas por dia, carregando uma mochila cheia de equipamento. Além disso, o terreno vulcânico pode ser desafiante e o clima implacável. Dito isto, se andares à procura de aventura, emoções fortes e o contacto com a natureza no estado mais puro, serás imensamente recompensado. Em termos de peso da mochila, só precisas levar uma mochila pequena (25 litros) para o dia com o teu almoço, garrafa de água, medicamentos, óculos de sol, chinelos para travessias de rio, impermeável e outros itens ou roupas que possas precisar durante a etapa do dia. (aquando da tua inscrição, a Landescape enviar-te-á o Manual do Viajante onde tens toda a descrição do equipamento aconselhado)

seguros-de-viagem-landescape

SEGURO DE VIAGEM

Descobre qual o seguro de viagem que melhor se adequa às tuas necessidades.

consulta-do-viajante-landescape

CONSULTA DO VIAJANTE

Agenda já a tua consulta para ficares a par dos cuidados de saúde recomendados e obrigatórios desta viagem.

Queres que entre em contacto contigo?

A nossa equipa irá acompanhar-te e dar-te todo o apoio necessário.

Sobre o Líder


Diogo Tavares

Sou irremediavelmente atraído pela aventura. É no meio da natureza que encontro o meu equilíbrio e me sinto mais completo. Saber mais

Outros destinos que lidera

Testemunhos

Reserva aqui a tua viagem

Este site utiliza cookies, ao continuares estás a permitir a sua utilização. Quero saber mais Ok