Islândia

A Islândia é o país dos glaciares e das piscinas de lama, do verde interminável e dos campos negros de lava solidificada, de paisagens únicas que parecem de outro planeta, de água, cascatas e geysers! Esta ilha, a Norte do hemisfério, tem tudo para te surpreender, uma obra prima em constante transformação, moldada pela actividade vulcânica. A sua crueza e brutalidade lembram-nos o quão insignificantes e pequenos somos, quando comparados com a natureza. Pronto para a aventura?

  • + 16 anos
  • 4-12 pessoas
  • 9 dias
  • 2.140€ / pessoa

Selecciona a viagem que procuras

  • VIAGEM ISLÂNDIA – Por entre vulcões, cascatas e glaciares
    1 a 9 Abr 2023
  • VIAGEM ISLÂNDIA – Por entre vulcões, cascatas e glaciares
    24 Jul a 1 Ago 2023

Reserva aqui a tua viagem

VIAGEM ISLÂNDIA – Por entre vulcões, cascatas e glaciares

com Diogo Tavares

Nova Data
1 a 9 Abr 2023
Saber mais sobre esta edição Fechar informação desta edição

Esta viagem à Islândia não é óbvia. Primeiro porque não é uma viagem fotográfica, apesar de termos momentos para fotografar, contemplar, ver o sol nascer e desaparecer por detrás de uma qualquer montanha. Segundo porque não é uma viagem de trekking na Islândia, pese embora vamos caminhar e ter oportunidade de chegar a lugares sem turistas e selfie sticks. Vamos começar pela visita a Reykjavik, a capital mais a norte do planeta, para logo depois descobrir a beleza natural do geyser e cascata de Gullfoss. A Islândia é o paraíso dos amantes de fotografia e natureza, descobre o porquê na visita a Snaefellsnes, um vulcão gigante coberto por um glaciar no topo; no trekking pelo vulcão Katla; e na viagem pelos trilhos do Parque Skaftafell. Visita, ainda, Kirkjufell e Vik, dois pequenos paraísos que revelam bem a magia do país.

O líder de viagem Hugo Silva será o teu guia na Islândia e mostrar-te-á o melhor que este país tem para oferecer, sem a ambição de fazer quilómetros a mais. É uma viagem desafiante, como se espera da Landescape. Mas é, acima de tudo, a tua viagem por um dos países mais bonitos do mundo.

O que iremos visitar na Islândia

  • Free Walking Tour, em Reyjkavik
  • Visita a Snaefellsnes
  • Famosa montanha de Kirkjufell
  • Trekking até Glymur
  • Estação termal de Hot River
  • Parque Nacional Thingvellir
  • Geysers e cascata de Gullfoss
  • Skogafoss, a cascata mais marcante da Islândia
  • Black Sand Beach com as suas areias pretas
  • Visita a uma Ice Cave
  • Observar o vulcão Katla
  • Trekking no Parque Nacional Skaftafell
  • O desfiladeiro Fjaðrárgljúfur
  • Lagoa Glaciar Jökulsárlón
  • O colossal Vestrahorn, um paraíso para fotógrafos
  • Secret Canyon, a caminho de Reyjkavik

O que está incluído?

Alojamento
8 noites em hotel ou alojamento local

Refeições
Todos os pequenos-almoços

Entradas e atividades seguintes:

  • Tour ao Vulcão Katla

Todos os transportes descritos no programa
Exceto de carácter pessoal

Seguro Pessoal Básico de Viagem

Acompanhamento do líder da Landescape

O que não está incluído?

  • Voos internacionais 
    Recomendamos a Geostar
  • Atividades e visitas extras
  • Ida à Blue Lagoon | Opção extra (cerca de 100€)
  • Alimentação não especificada (cerca de 40€/dia)
  • Transfers de/para o aeroporto
  • Despesas pessoais
  • Upgrade Covid19 no Seguro Pessoal Básico de Viagem

Diário de Bordo

Dia 1   Chegada a Reykjavik

Reykjavik é a capital mais a norte do nosso planeta. Embora seja pequena quando comparada com outras capitais, é rica em cultura e em artistas, cheia de opções culinárias e com muitos cafés e bares bem cool.

Talvez devido ao clima tão dramático deste país, onde durante metade do ano quase nem se vê o sol, mas também pela beleza inexplicável das suas paisagens, as pessoas usam a arte para exprimir os seus sentimentos, nas mais variadas áreas.

O primeiro dia é reservado à tua chegada à Islândia. A aventura começa à chegada ao aeroporto, a cerca de 50 quilómetros de Reykjavik. Embora não haja qualquer atividade programada para este dia, dependendo do teu voo, combinamos comer qualquer coisa ao final do dia e beber um copo enquanto ouvimos um jazz.

Se chegares mais cedo e o dia te for ainda longo, quem sabe até podes ir dar um mergulho numa das famosas piscinas da cidade, um dos hobbies mais adorados pelos islandeses.
Estadia: Hotel

Dia 2   Reykjavik

O segundo dia de viagem, vai ser passado a percorrer tranquilamente esta cidade e o programa para a manhã é fazermos todos juntos um Free Walking Tour. Vai ser o pretexto ideal para conheceres melhor a cidade e a história deste país: as estórias épicas das sagas Vikings.

A tarde é livre e tens várias opções, podes visitar a tão famosa Blue Lagoon (opção extra), um museu à escolha ou, quem sabe, simplesmente passear um pouco mais pelas ruas da capital.
Estadia: Hotel

Dia 3   Reykjavik - Península Snaefellsnes

Vai começar oficialmente a nossa exploração pelo sul da ilha. Vamos começar por um dos lugares mais bonitos e mais emblemáticos: Snaefellsnes! A tradução desta palavra significa península da montanha com neve. Porquê? Obviamente porque é uma península, mas também porque a atração principal é um vulcão gigante coberto por um glaciar no topo. Este vulcão é também famoso porque Júlio Verne escreveu sobre ele no seu livro “Viagem ao Centro da Terra” e a entrada para o centro da terra é precisamente nesta montanha. Incrível.

Mas vamos ver muito mais: mais vulcões, mais vilas pitorescas, mais paisagens tiradas de contos, mais campos de lava, mais cascatas, a famosa montanha Kirkjufell com formato de um chapéu, enfim…vai ser um dia muito bem passado. Esta zona é tão densa em lugares bonitos que muitas vezes é chamada de Islândia em miniatura.
Estadia: Hotel

Dia 4   Glymur e Hot River

Hoje vai ser um dia diferente dos outros.

Vamos finalmente aquecer um pouco as pernas e fazer um pequeno trekking para conhecer aquela que foi durante muitos anos a maior cascata da Islândia: Glymur, sendo que neste momento por causa do degelo, outra ainda maior “nasceu”. Mas esta ilha é mesmo isto: uma terra em constante alteração.

Para subirmos a cascata e voltarmos ao parque de estacionamento são aproximadamente 8 quilómetros. A melhor parte, para além da vista para a queda de água de quase 200 metros, vai ser quando tivermos de tirar os sapatos para atravessar o riacho. Mas se pensas que viste tudo, eis que o caminho que nos traz de volta a Glymur passa por um dos Fjords mais bonitos deste país. Vamos querer parar mil vezes para tirar fotografias e apreciar a vista. É garantido.

No final do dia temos mais um desafio e este vai levar-nos a um dos spots mais incríveis da ilha: Hot River. O nome diz tudo. É um rio de vários quilómetros que é, na realidade, uma estação termal gigante. São três quilómetros a subir até ao rio, que vão compensar todo o esforço físico do dia de hoje com um banho num lugar paradisíaco.
Estadia: Hotel

Dia 5   Golden Circle

Hoje vamos fazer um dos percursos mais turísticos da ilha, para contrastar com o dia anterior. No entanto, é quase obrigatório passar por estes pontos, senão seria quase como “ir a Roma e não ver o Papa”.

A primeira paragem vai ser no Parque Nacional Thingvellir, onde se localiza o parlamento mais antigo do mundo. E não só, é o lugar onde podemos ver a falha que existe entre a placa tectónica Norte Americana e a placa Euroasiática. Um lugar único.

Depois de passar pelos imponentes geysers, a nossa viagem pelo Golden Circle vai acabar na cascata que dá nome a este percurso: a Gullfoss. É uma das maiores e mais bonitas cascatas desta ilha. Mas não vai ser a única cascata que vamos ver hoje. Vamos acabar o dia na zona de Seljalandsfoss, outra das cascatas mais emblemáticas deste país.
Estadia: Hotel

Dia 6   Skogafoss e Vik

Começamos o dia a explorar mais algumas cascatas, entre elas Skogafoss, para muitos a cascata mais marcante da Islândia.

Alguns quilómetros depois da primeira paragem, a paisagem já mudou completamente: de uma parede cheia de cascatas imponentes vamos até uma praia de quilómetros e quilómetros de areia negra, conhecida como a Black Sand Beach.

Durante a tarde vamos viver uma das maiores aventuras desta viagem: deixar o nosso carro, saltar para um dos famosos Super Jeeps, calçar uns crampons e caminhar por um glaciar. E melhor ainda, visitar a famosa Dragon Cave, uma caverna de gelo azul e preta. Tudo isto com vista para para o vulcão Katla. Prepara-te para paisagens indescritíveis, que jamais esquecerás.

O dia vai acabar em Vik, uma pequena vila tirada de um conto de fadas.
Estadia: Hotel

Dia 7   Vik e Skaftafell

Mais um dia, mais uma aventura!
Hoje viajamos até ao Parque Nacional Skaftafell, que fica na base do maior glaciar da Europa. Pelo caminho ainda poderemos contemplar um pequeno segredo da ilha: o desfiladeiro Fjaðrárgljúfur.
Hoje é mais um daqueles dias desafiantes e que nos vai trazer muitas coisas boas. A minha proposta é fazermos um trilho de 16 quilómetros dentro do parque. Não, não é fácil, mas vai trazer-nos tanta coisa boa que vão chegar ao final e querer voltar para trás. Dizem que é um dos trilhos mais bonitos da Islândia, razão de sobra para sentirmos as paisagens arrebatadoras. Subimos ao miradouro do glaciar e a impressão que temos lá de cima é a de que estamos noutro planeta. A longa caminhada acaba numa das cascatas mais épicas: Svartifoss!
Porém, se não te sentires capaz de fazer tantos quilómetros, podes sempre escolher um dos percursos (bem marcados) de menos quilómetros. Ou até mesmo fazer outra actividade mais radical, como andar de canoa por um dos lagos glaciares do parque (opção extra). No final do dia encontramo-nos todos em local a combinar.
O entardecer avança com uma aproximação à ring road até à lagoa Glaciar Jökulsárlón que desagua na famosa “praia dos diamantes”, onde pequenos pedaços de gelo, em contraste com a areia negra, parecem diamantes.
Estadia: Hotel

Dia 8   Hofn - Reykjavik

Preparado para um longo dia?

Começamos a explorar o colossal Vestrahorn, um paraíso para fotógrafos. Depois, iniciamos o nosso regresso para Reykjavik. A nossa jornada está quase a terminar.
Pelo caminho, porém, ainda teremos tempo de tirar mais umas fotografias e fazer mais umas paragens. Umas delas será num lugar que é tão secreto que prefiro mantê-lo assim.

Um canyon chamado Secret Canyon e que, ao contrário de todas as praias a que chamam “secret beach”, é mesmo pouco conhecido e pouco visitado. A uma hora de caminhada vamos chegar ao miradouro mais impressionante desta ilha.

Ao final do dia regressamos a Reykjavik.
Estadia: Hotel

Dia 9   Reykjavik - Origem

Este é o dia da tua partida. Tenho a certeza que foi a viagem de uma vida: pelo desafio, pelas paisagens, pela liberdade com que observaste a natureza fluir.

Resta-me despedir-me de ti e agradecer-te a oportunidade de me permitires mostrar-te a Islândia aos meus olhos. Tenho a certeza de que nos voltaremos a ver em breve.

Um até já. Obrigado!

Reserva aqui a tua viagem


2.510€

Perguntas Frequentes

Como é o roteiro da viagem?

O roteiro desta viagem foi pensado como sempre na Landescape: com a certeza de que a experiência será marcante. Optámos por fazer uma viagem com um percurso mais curto para não perdermos horas sem fim por estradas no país e aproveitarmos cada momento de maneira memorável. Escolhemos os locais mais conhecidos e, pelo meio, pequenos segredos que te vão deslumbrar de certeza. Na Landescape, não somos daquele tipo de líderes previsíveis, ou seja, não nos guiamos pelo que está escrito no roteiro ou pelos dias. Vais perceber que muitas vezes nos adaptamos ao desejo do grupo e até ao momento. Visitamos tudo o que está descrito, não querendo dizer, contudo, que seja nos dias que no roteiro descrevemos, por aquela ordem e, se ficar para trás alguma coisa, é porque houve algo melhor que o justificou.

É necessário visto para entrar no país?

Os cidadãos portugueses não precisam de visto para entrar na Islândia. O país faz parte do espaço Schengen, portanto podes optar por trazer o teu passaporte ou o cartão de cidadão/bilhete de identidade.

Como funcionam os transferes de/para o aeroporto?

A opção mais económica para se chegar ao centro da capital é de autocarro. O aeroporto está a cerca de 1h30 da cidade. O autocarro tem várias paragens em Reykjavik, sendo que a Landescape informar-te-á de qual a mais próxima do nosso alojamento. Existe ainda a opção do táxi – que pode sempre ser partilhado entre vários viajantes – caso queiras mais conforto, e que chegará com certeza mais rápido ao centro. Informamos também que antes mesmo da viagem acontecer é criado um grupo de WhatsApp com viajantes e líder, de forma a que possam articular entre vocês a divisão de táxis, se assim for mais conveniente.

Como são os alojamentos durante a viagem?

A estadia será sempre feita em hotéis familiares, guesthouses ou Airbnb, preferencialmente com localização central, e que oferecem todas as comodidades básicas necessárias. Todos os quartos serão twin (com duas camas separadas) ou triplos (em casos especiais onde não encontremos quartos twin), com casa de banho privativa, sempre que possível. Aos viajantes que desejem ficar em quarto duplo com cama  de casal solicitamos que nos escrevam por e-mail com o pedido.

Como são os transportes no país?

A Islândia é um país que, devido às longas distâncias e à falta de transportes públicos nos horários por nós necessários, nos obriga a ter de optar por uma carrinha privada que nos dará, além de muito mais liberdade de horários, flexibilidade, pois permite-nos parar sempre que desejarmos. Permite-nos também chegar a locais que com transportes públicos seriam inacessíveis.

É seguro viajar na Islândia?

A Islândia é considerado um dos 3 países mais seguros do mundo, juntamente com Portugal e Nova Zelândia, por isso sim, muito seguro.

É uma viagem cansativa?

Sim, é uma viagem cansativa e por isso mesmo requer espírito de aventura para as longas viagens de carro e atividades a desenvolver, principalmente as caminhadas. Na Islândia há muito turismo nos lugares mais conhecidos, mas às vezes basta sair um pouco da rota comum para estarmos completamente sozinhos. E é disso que vamos à procura!

Qual a roupa mais adequada?

A roupa mais indicada será fornecida por nós no Manual do Viajante, que é entregue a cada viajante aquando da inscrição na viagem.

Que comida será servida?

A Islândia é um país caro e por isso as refeições não são excepção. Vamos optar por refeições em pequenos restaurantes e redes hoteleiras locais e, sempre que nos for possível, vamos cozinhar as nossas próprias refeições em grupo. Para isso, vamos optar por comprar produtos locais em estabelecimentos ao longo do caminho. Aconselhamos alguns snacks para as caminhadas. Os pratos locais terão o seu lugar na nossa viagem e serão basicamente confeccionados com peixe.

Esta viagem exige cuidados de saúde especiais?

A Landescape tem uma parceria estabelecida com duas médicas formadas em Medicina do Viajante que te podem melhor aconselhar sobre todos os cuidados de saúde necessários e eventuais vacinas de prevenção para viajar na Islândia. Dessa forma, podes agendar uma Consulta do Viajante Online na data e hora que te for mais conveniente com uma delas.

Como faço se me quiser inscrever sozinho?

A maioria dos nossos viajantes inscreve-se individualmente e é na viagem que conhece muitas das pessoas com quem começa a viajar posteriormente. Os quartos são sempre divididos com outro ou outros viajantes (em casos excepcionais em que os quartos são triplos) e só se tiver sido solicitado suplemento de ocupação individual, mediante o pagamento da respetiva taxa, é que fica sozinho

Quanto ao dinheiro para a viagem?

O que aconselhamos é o pagamento com cartão de crédito ou débito. O câmbio não é muito prático, além de que a existência de casas de câmbio é rara. Podes também levantar dinheiro através dos vários ATM’s que existem. Lê o nosso Manual do Viajante para teres uma ideia dos custos no país.

Outras informações relevantes.

A Islândia é um paraíso para os amantes de fotografia e natureza. Deixa o conforto de lado e prepara-te fisicamente para o desgaste das caminhadas que tenho a propor-te ao longo do nosso programa e garanto-te que terás a experiência de uma vida!

seguros-de-viagem-landescape

SEGURO DE VIAGEM LANDESCAPE

Descobre qual o seguro de viagem que melhor se adequa às tuas necessidades.

consulta-do-viajante-landescape

CONSULTA DO VIAJANTE

Agenda já a tua consulta para ficares a par dos cuidados de saúde recomendados e obrigatórios desta viagem.

Queres que entre em contacto contigo?

A nossa equipa irá acompanhar-te e dar-te todo o apoio necessário.

Sobre o Líder


Diogo Tavares

Sou irremediavelmente atraído pela aventura. É no meio da natureza que encontro o meu equilíbrio e me sinto mais completo. Saber mais

Outros destinos que lidera

VIAGEM ISLÂNDIA – Por entre vulcões, cascatas e glaciares

com Diogo Tavares

Nova Data
24 Jul a 1 Ago 2023
Saber mais sobre esta edição Fechar informação desta edição

Esta viagem à Islândia não é óbvia. Primeiro porque não é uma viagem fotográfica, apesar de termos momentos para fotografar, contemplar, ver o sol nascer e desaparecer por detrás de uma qualquer montanha. Segundo porque não é uma viagem de trekking na Islândia, pese embora vamos caminhar e ter oportunidade de chegar a lugares sem turistas e selfie sticks. Vamos começar pela visita a Reykjavik, a capital mais a norte do planeta, para logo depois descobrir a beleza natural do geyser e cascata de Gullfoss. A Islândia é o paraíso dos amantes de fotografia e natureza, descobre o porquê na visita a Snaefellsnes, um vulcão gigante coberto por um glaciar no topo; no trekking pelo vulcão Katla; e na viagem pelos trilhos do Parque Skaftafell. Visita, ainda, Kirkjufell e Vik, dois pequenos paraísos que revelam bem a magia do país.

O líder de viagem Hugo Silva será o teu guia na Islândia e mostrar-te-á o melhor que este país tem para oferecer, sem a ambição de fazer quilómetros a mais. É uma viagem desafiante, como se espera da Landescape. Mas é, acima de tudo, a tua viagem por um dos países mais bonitos do mundo.

O que iremos visitar na Islândia

  • Free Walking Tour, em Reyjkavik
  • Visita a Snaefellsnes
  • Famosa montanha de Kirkjufell
  • Trekking até Glymur
  • Estação termal de Hot River
  • Parque Nacional Thingvellir
  • Geysers e cascata de Gullfoss
  • Skogafoss, a cascata mais marcante da Islândia
  • Black Sand Beach com as suas areias pretas
  • Visita a uma Ice Cave
  • Observar o vulcão Katla
  • Trekking no Parque Nacional Skaftafell
  • O desfiladeiro Fjaðrárgljúfur
  • Lagoa Glaciar Jökulsárlón
  • O colossal Vestrahorn, um paraíso para fotógrafos
  • Secret Canyon, a caminho de Reyjkavik

O que está incluído?

Alojamento
8 noites em hotel ou alojamento local

Refeições
Todos os pequenos-almoços

Entradas e atividades seguintes:

  • Tour ao Vulcão Katla

Todos os transportes descritos no programa
Exceto de carácter pessoal

Seguro Pessoal Básico de Viagem

Acompanhamento do líder da Landescape

O que não está incluído?

  • Voos internacionais 
    Recomendamos a Geostar
  • Atividades e visitas extras
  • Ida à Blue Lagoon | Opção extra (cerca de 100€)
  • Alimentação não especificada (cerca de 40€/dia)
  • Transfers de/para o aeroporto
  • Despesas pessoais
  • Upgrade Covid19 no Seguro Pessoal Básico de Viagem

Diário de Bordo

Dia 1   Chegada a Reykjavik

Reykjavik é a capital mais a norte do nosso planeta. Embora seja pequena quando comparada com outras capitais, é rica em cultura e em artistas, cheia de opções culinárias e com muitos cafés e bares bem cool.

Talvez devido ao clima tão dramático deste país, onde durante metade do ano quase nem se vê o sol, mas também pela beleza inexplicável das suas paisagens, as pessoas usam a arte para exprimir os seus sentimentos, nas mais variadas áreas.

O primeiro dia é reservado à tua chegada à Islândia. A aventura começa à chegada ao aeroporto, a cerca de 50 quilómetros de Reykjavik. Embora não haja qualquer atividade programada para este dia, dependendo do teu voo, combinamos comer qualquer coisa ao final do dia e beber um copo enquanto ouvimos um jazz.

Se chegares mais cedo e o dia te for ainda longo, quem sabe até podes ir dar um mergulho numa das famosas piscinas da cidade, um dos hobbies mais adorados pelos islandeses.
Estadia: Hotel

Dia 2   Reykjavik

O segundo dia de viagem, vai ser passado a percorrer tranquilamente esta cidade e o programa para a manhã é fazermos todos juntos um Free Walking Tour. Vai ser o pretexto ideal para conheceres melhor a cidade e a história deste país: as estórias épicas das sagas Vikings.

A tarde é livre e tens várias opções, podes visitar a tão famosa Blue Lagoon (opção extra), um museu à escolha ou, quem sabe, simplesmente passear um pouco mais pelas ruas da capital.
Estadia: Hotel

Dia 3   Reykjavik - Península Snaefellsnes

Vai começar oficialmente a nossa exploração pelo sul da ilha. Vamos começar por um dos lugares mais bonitos e mais emblemáticos: Snaefellsnes. A tradução desta palavra significa península da montanha com neve. Porquê? Obviamente porque é uma península, mas também porque a atração principal é um vulcão gigante coberto por um glaciar no topo. Este vulcão é também famoso porque Júlio Verne escreveu sobre ele no seu livro “Viagem ao Centro da Terra” e a entrada para o centro da terra é precisamente nesta montanha. Incrível.

Mas vamos ver muito mais: mais vulcões, mais vilas pitorescas, mais paisagens tiradas de contos, mais campos de lava, mais cascatas, a famosa montanha Kirkjufell com formato de um chapéu, enfim…vai ser um dia muito bem passado. Esta zona é tão densa em lugares bonitos que muitas vezes é chamada de Islândia em miniatura.
Estadia: Hotel

Dia 4   Glymur e Hot River

Hoje vai ser um dia diferente dos outros.

Vamos finalmente aquecer um pouco as pernas e fazer um pequeno trekking para conhecer aquela que foi durante muitos anos a maior cascata da Islândia: Glymur, sendo que neste momento por causa do degelo, outra ainda maior “nasceu”. Mas esta ilha é mesmo isto: uma terra em constante alteração.

Para subirmos a cascata e voltarmos ao parque de estacionamento são aproximadamente 8 quilómetros. A melhor parte, para além da vista para a queda de água de quase 200 metros, vai ser quando tivermos de tirar os sapatos para atravessar o riacho. Mas se pensas que viste tudo, eis que o caminho que nos traz de volta a Glymur passa por um dos Fjords mais bonitos deste país. Vamos querer parar mil vezes para tirar fotografias e apreciar a vista. É garantido.

No final do dia temos mais um desafio e este vai levar-nos a um dos spots mais incríveis da ilha: Hot River. O nome diz tudo. É um rio de vários quilómetros que é, na realidade, uma estação termal gigante. São três quilómetros a subir até ao rio, que vão compensar todo o esforço físico do dia de hoje com um banho num lugar paradisíaco.
Estadia: Hotel

Dia 5   Golden Circle

Hoje vamos fazer um dos percursos mais turísticos da ilha, para contrastar com o dia anterior. No entanto, é quase obrigatório passar por estes pontos, senão seria quase como “ir a Roma e não ver o Papa”.

A primeira paragem vai ser no Parque Nacional Thingvellir, onde se localiza o parlamento mais antigo do mundo. E não só, é o lugar onde podemos ver a falha que existe entre a placa tectónica Norte Americana e a placa Euroasiática. Um lugar único.

Depois de passar pelos imponentes geysers, a nossa viagem pelo Golden Circle vai acabar na cascata que dá nome a este percurso: a Gullfoss. É uma das maiores e mais bonitas cascatas desta ilha. Mas não vai ser a única cascata que vamos ver hoje. Vamos acabar o dia na zona de Seljalandsfoss, outra das cascatas mais emblemáticas deste país.
Estadia: Hotel

Dia 6   Skogafoss e Vik

Começamos o dia a explorar mais algumas cascatas, entre elas Skogafoss, para muitos a cascata mais marcante da Islândia.

Alguns quilómetros depois da primeira paragem, a paisagem já mudou completamente: de uma parede cheia de cascatas imponentes vamos até uma praia de quilómetros e quilómetros de areia negra, conhecida como a Black Sand Beach.

Durante a tarde vamos viver uma das maiores aventuras desta viagem: deixar o nosso carro, saltar para um dos famosos Super Jeeps, calçar uns crampons e caminhar por um glaciar. E melhor ainda, visitar a famosa Dragon Cave, uma caverna de gelo azul e preta. Tudo isto com vista para para o vulcão Katla. Prepara-te para paisagens indescritíveis, que jamais esquecerás.

O dia vai acabar em Vik, uma pequena vila tirada de um conto de fadas.
Estadia: Hotel

Dia 7   Vik e Skaftafell

Mais um dia, mais uma aventura.

Hoje viajamos até ao Parque Nacional Skaftafell, que fica na base do maior glaciar da Europa. Pelo caminho ainda poderemos contemplar um pequeno segredo da ilha: o desfiladeiro Fjaðrárgljúfur.

Hoje é mais um daqueles dias desafiantes e que nos vai trazer muitas coisas boas. A minha proposta é fazermos um trilho de 16 quilómetros dentro do parque. Não, não é fácil, mas vai trazer-nos tanta coisa boa que vão chegar ao final e querer voltar para trás. Dizem que é um dos trilhos mais bonitos da Islândia, razão de sobra para sentirmos as paisagens arrebatadoras. Subimos ao miradouro do glaciar e a impressão que temos lá de cima é a de que estamos noutro planeta. A longa caminhada acaba numa das cascatas mais épicas: Svartifoss.

Porém, se não te sentires capaz de fazer tantos quilómetros, podes sempre escolher um dos percursos (bem marcados) de menos quilómetros. Ou até mesmo fazer outra atividade mais radical, como andar de canoa por um dos lagos glaciares do parque (opção extra). No final do dia encontramo-nos todos em local a combinar.

O entardecer avança com uma aproximação à ring road até à lagoa Glaciar Jökulsárlón que desagua na famosa “praia dos diamantes”, onde pequenos pedaços de gelo, em contraste com a areia negra, parecem diamantes.
Estadia: Hotel

Dia 8   Hofn - Reykjavik

Preparado para um longo dia?

Começamos a explorar o colossal Vestrahorn, um paraíso para fotógrafos. Depois, iniciamos o nosso regresso para Reykjavik. A nossa jornada está quase a terminar.
Pelo caminho, porém, ainda teremos tempo de tirar mais umas fotografias e fazer mais umas paragens. Umas delas será num lugar que é tão secreto que prefiro mantê-lo assim. Um canyon chamado Secret Canyon e que, ao contrário de todas as praias a que chamam “secret beach”, é mesmo pouco conhecido e pouco visitado. A uma hora de caminhada vamos chegar ao miradouro mais impressionante desta ilha.

Ao final do dia regressamos a Reykjavik.
Estadia: Hotel

Dia 9   Reykjavik - Origem

Este é o dia da tua partida. Tenho a certeza que foi a viagem de uma vida: pelo desafio, pelas paisagens, pela liberdade com que observaste a natureza fluir.

Resta-me despedir-me de ti e agradecer-te a oportunidade de me permitires mostrar-te a Islândia aos meus olhos. Tenho a certeza de que nos voltaremos a ver em breve.

Um até já. Obrigado!

Reserva aqui a tua viagem


2.590€

Perguntas Frequentes

Como é o roteiro da viagem?

O roteiro desta viagem foi pensado como sempre na Landescape: com a certeza de que a experiência será marcante. Optámos por fazer uma viagem com um percurso mais curto para não perdermos horas sem fim por estradas no país e aproveitarmos cada momento de maneira memorável. Escolhemos os locais mais conhecidos e, pelo meio, pequenos segredos que te vão deslumbrar de certeza. Na Landescape, não somos daquele tipo de líderes previsíveis, ou seja, não nos guiamos pelo que está escrito no roteiro ou pelos dias. Vais perceber que muitas vezes nos adaptamos ao desejo do grupo e até ao momento. Visitamos tudo o que está descrito, não querendo dizer, contudo, que seja nos dias que no roteiro descrevemos, por aquela ordem e, se ficar para trás alguma coisa, é porque houve algo melhor que o justificou.

É necessário visto para entrar no país?

Os cidadãos portugueses não precisam de visto para entrar na Islândia. O país faz parte do espaço Schengen, portanto podes optar por trazer o teu passaporte ou o cartão de cidadão/bilhete de identidade.

Como funcionam os transferes de/para o aeroporto?

A opção mais económica para se chegar ao centro da capital é de autocarro. O aeroporto está a cerca de 1h30 da cidade. O autocarro tem várias paragens em Reykjavik, sendo que a Landescape informar-te-á de qual a mais próxima do nosso alojamento. Existe ainda a opção do táxi – que pode sempre ser partilhado entre vários viajantes – caso queiras mais conforto, e que chegará com certeza mais rápido ao centro. Informamos também que antes mesmo da viagem acontecer é criado um grupo de WhatsApp com viajantes e líder, de forma a que possam articular entre vocês a divisão de táxis, se assim for mais conveniente.

Como são os alojamentos durante a viagem?

A estadia será sempre feita em hotéis familiares, guesthouses ou Airbnb, preferencialmente com localização central, e que oferecem todas as comodidades básicas necessárias. Todos os quartos serão twin (com duas camas separadas) ou triplos (em casos especiais onde não encontremos quartos twin), com casa de banho privativa, sempre que possível. Aos viajantes que desejem ficar em quarto duplo com cama  de casal solicitamos que nos escrevam por e-mail com o pedido.

Como são os transportes no país?

A Islândia é um país que, devido às longas distâncias e à falta de transportes públicos nos horários por nós necessários, nos obriga a ter de optar por uma carrinha privada que nos dará, além de muito mais liberdade de horários, flexibilidade, pois permite-nos parar sempre que desejarmos. Permite-nos também chegar a locais que com transportes públicos seriam inacessíveis.

É seguro viajar na Islândia?

A Islândia é considerado um dos 3 países mais seguros do mundo, juntamente com Portugal e Nova Zelândia, por isso sim, muito seguro.

É uma viagem cansativa?

Sim, é uma viagem cansativa e por isso mesmo requer espírito de aventura para as longas viagens de carro e atividades a desenvolver, principalmente as caminhadas. Na Islândia há muito turismo nos lugares mais conhecidos, mas às vezes basta sair um pouco da rota comum para estarmos completamente sozinhos. E é disso que vamos à procura!

Qual a roupa mais adequada?

A roupa mais indicada será fornecida por nós no Manual do Viajante, que é entregue a cada viajante aquando da inscrição na viagem.

Que comida será servida?

A Islândia é um país caro e por isso as refeições não são excepção. Vamos optar por refeições em pequenos restaurantes e redes hoteleiras locais e, sempre que nos for possível, vamos cozinhar as nossas próprias refeições em grupo. Para isso, vamos optar por comprar produtos locais em estabelecimentos ao longo do caminho. Aconselhamos alguns snacks para as caminhadas. Os pratos locais terão o seu lugar na nossa viagem e serão basicamente confeccionados com peixe.

Esta viagem exige cuidados de saúde especiais?

A Landescape tem uma parceria estabelecida com duas médicas formadas em Medicina do Viajante que te podem melhor aconselhar sobre todos os cuidados de saúde necessários e eventuais vacinas de prevenção para viajar na Islândia. Dessa forma, podes agendar uma Consulta do Viajante Online na data e hora que te for mais conveniente com uma delas.

Como faço se me quiser inscrever sozinho?

A maioria dos nossos viajantes inscreve-se individualmente e é na viagem que conhece muitas das pessoas com quem começa a viajar posteriormente. Os quartos são sempre divididos com outro ou outros viajantes (em casos excepcionais em que os quartos são triplos) e só se tiver sido solicitado suplemento de ocupação individual, mediante o pagamento da respetiva taxa, é que fica sozinho

Quanto ao dinheiro para a viagem?

O que aconselhamos é o pagamento com cartão de crédito ou débito. O câmbio não é muito prático, além de que a existência de casas de câmbio é rara. Podes também levantar dinheiro através dos vários ATM’s que existem. Lê o nosso Manual do Viajante para teres uma ideia dos custos no país.

Outras informações relevantes.

A Islândia é um paraíso para os amantes de fotografia e natureza. Deixa o conforto de lado e prepara-te fisicamente para o desgaste das caminhadas que tenho a propor-te ao longo do nosso programa e garanto-te que terás a experiência de uma vida!

seguros-de-viagem-landescape

SEGURO DE VIAGEM LANDESCAPE

Descobre qual o seguro de viagem que melhor se adequa às tuas necessidades.

consulta-do-viajante-landescape

CONSULTA DO VIAJANTE

Agenda já a tua consulta para ficares a par dos cuidados de saúde recomendados e obrigatórios desta viagem.

Queres que entre em contacto contigo?

A nossa equipa irá acompanhar-te e dar-te todo o apoio necessário.

Sobre o Líder


Diogo Tavares

Sou irremediavelmente atraído pela aventura. É no meio da natureza que encontro o meu equilíbrio e me sinto mais completo. Saber mais

Outros destinos que lidera

Testemunhos

Este site utiliza cookies, ao continuares estás a permitir a sua utilização. Quero saber mais Ok