Turquia

Nesta viagem à Turquia vais poder explorar, na companhia do nosso líder de viagem Ricardo Torrão, quatro cidades fascinantes, todas elas Património Mundial da Humanidade pela Unesco. Da riquíssima cidade de Istambul que separa os continentes Europeu e Asiático à lunática Capadócia que vais poder sobrevoar a bordo de um balão de ar quente, passando pelas praias idílicas do Mediterrâneo junto a Antália e pelas piscinas termais de origem calcária em Pamukkale, que te escondem uma cidade com mais de 2000 anos de existência.

  • + 16 anos
  • 4-12 pessoas
  • 5 ou 10 dias
  • A partir de 590€ / pessoa

Selecciona a viagem que procuras

  • VIAGEM TURQUIA – De Istambul até à Capadócia
    28 Out a 6 Nov 2022
  • VIAGEM TURQUIA – De Istambul até à Capadócia
    2 a 11 Jun 2023
  • VIAGEM TURQUIA – De Istambul até à Capadócia
    27 Out a 5 Nov 2023

Reserva aqui a tua viagem

VIAGEM TURQUIA – De Istambul até à Capadócia

com Ricardo Torrão

Viagem Esgotada
28 Out a 6 Nov 2022
Saber mais sobre esta edição Fechar informação desta edição

Nesta viagem, vais certamente apaixonar-te por Istambul, uma cidade única, recheada de história, e considerada o maior museu a céu aberto do mundo, como poderás comprovar ao visitar Hagia Sophia, a maior basílica do mundo construída há mais de um milénio. Aqui, cruza-se a tradição e a modernidade, a gastronomia e a música, a religião e o divertimento até altas horas da noite. Logo a seguir, serás confrontado com uma cascata gigante, toda ela feita de “algodão”, pela qual vais caminhar e ser surpreendido por Hierápolis, uma cidade com mais de 2000 anos de existência, bem no topo. Descemos então para o sul, em direção ao azul imenso do Mediterrâneo. O que fazer em Antália? Passear pelo seu centro histórico com fortes, locais religiosos e casas típicas do império otomano e, claro está, ir a banhos aproveitando o local para relaxar.

Terminamos a viagem em Capadócia, provavelmente um dos maiores feitos da natureza, onde existem igrejas esculpidas na rocha e toda uma superfície lunar à espera de ser fotografada. O nosso trekking por Goreme vai permitir-te observar bem lá de cima esta paisagem indescritível mas também explorar as suas cidades subterrâneas. Acompanhas-nos?

O que iremos visitar na Turquia

  • A Basílica de Hagia Sophia, a Mesquita Azul, o Palácio de Topkapi, o Hipódromo e a Cisterna da Basílica, em Istambul
  • O Grande Bazar e a mesquita de Suleymaniye, a maior de Istambul
  • O bairro de Kucuk Pazar, o Bazar das Especiarias, Rustem Pasa e a Mesquita Nova em Istambul
  • As cascatas de água calcária de Pamukkale
  • A cidade romana de Hierapolis
  • A cidade velha de Kaleiçi
  • O centro histórico de Antália
  • Open Air Museum de Goreme
  • Trekking em Goreme
  • Passeio de balão de ar quente na Capadócia

O que está incluído?

Alojamento
9 noites em hotel

Refeições
Todos os pequenos-almoços
1 Almoço

Entradas e atividades seguintes:

  • Hagia Sophia
  • Palácio Topkapi e Harem
  • Pamukkale e Hierápolis
  • Visita ao Open Air Museum em Goreme
  • Tour na Capadócia (guia em inglês)

Todos os transportes descritos no programa
Exceto de carácter pessoal

Voos internos
Istambul – Antália
Antália – Kayseri

Seguro Pessoal Básico de Viagem

Acompanhamento do líder da Landescape

O que não está incluído?

  • Voos internacionais 
    Recomendamos a Geostar
  • Visto (+/- 20€)
  • Atividades e visitas extras
  • Serviços de Guia não assinalados no programa
  • Balão de ar quente (+/-170€)
  • Alimentação não especificada (cerca de 20€/dia)
  • Transfers de/para o aeroporto
  • Despesas pessoais
  • Upgrade Covid19 no Seguro Pessoal Básico de Viagem

Diário de Bordo

Dia 1   Chegada a Istambul

Chegarás hoje à cidade de Istambul, a maior cidade da Turquia.

Dependendo da hora da tua chegada ao país, combinaremos uma hora para nos juntarmos e termos uma breve conversa sobre os próximos dias. Depois, uma primeira aproximação à cidade.

A noite traz alguns cheiros e sons típicos que tanto caracterizam Istambul. Uma pequena caminhada noturna, um bom jantar e o regresso ao hotel.
Estadia: Hotel

Dia 2   Istambul

Depois do pequeno-almoço, caminhamos até um local muito discreto, porém muito especial. Era de lá que começava a medição de todas as distâncias no Império Romano e é lá que iniciamos o nosso dia.

Hagia Sophia, à nossa esquerda, uma antiga Basílica. Ao lado, a impressionante Mesquita Azul e uns metros atrás, o Palácio Topkapi e, frente a tudo isto, o simples Hipódromo.

Almoçamos num restaurante local para, de barriga cheia, nos encaminharmos para a Cisterna da Basílica e mais uma série de construções que fazem da área de Sultanhamet aquele que é considerado o maior museu a céu aberto do mundo.

Os pés vão ressentir-se ao final do dia e nada melhor do que um chá e algo leve para a noite. Porque não uma pizza turca, uma pide?
Estadia: Hotel

Dia 3   Istambul

O Grande Bazar espera-nos e, de lá, seguimos para a maior mesquita da cidade, a Suleymaniye, construída na 3ª colina, onde almoçamos com os locais. Descemos depois para um bairro popular, o Kucuk Pazar, onde podemos beber um sumo de laranja e romã, e comer um snack.

Começamos então a nossa caminhada para o Bazar das Especiarias, não sem antes deixarmos de passar na maravilhosa Rustem Pasa, um autêntico tesouro para os olhos. Já em direção ao rio, encontramos a imponente Mesquita Nova para depois nos encaminharmos para uma das zonas mais trendy da cidade. Vou levar-te até lá, olhando toda a cidade de frente, ao longo de uns bons 10 quilómetros.

Começamos então a nossa caminhada rumo a um dos bairros mais característicos da cidade, outrora uma zona quase abandonada, onde judeus, cristãos ciganos turcos e a faixa mais pobre da capital encontrava a sua casa. A boa notícia é que apesar dos imensos cafés, boutique hotéis, lojas de artesanato e velharias que começam a ocupar o bairro, continua a sua vida comum, com todos os locais nos mercados, lojas, pequenos cafés, supermercados, o que mostra que uma e outra realidade podem e devem viver em conjunto. Encontramos um local para jantarmos, bebermos um copo e ficarmos à conversa pela noite adentro, regressando depois ao hotel.
Estadia: Hotel

Dia 4   Istambul – Antália – Pamukkale

A manhã é livre, goza-a por tua conta e desfruta da cidade ao teu ritmo.

Por volta das 11 horas encontramo-nos para viajar até ao lado asiático, onde do aeroporto voaremos para sul, em busca de sol e calor. Serão menos de duas horas de voo até Antália e, chegados, logo seguiremos quase 300 quilómetros para norte, para a cidade onde vamos pernoitar: Pamukkale.
Estadia: Hotel

Dia 5   Pamukkale – Antália

Pamukkale é um dos postais da Turquia. As famosas “cascatas de algodão”, fenómeno geológico que levou milhares de anos a ser desenhado e que está em constante transformação. A pequena cidade vive em volta desta atração e é virada para ela que toda a cidade olha. As imensas quedas de calcário de onde a água quente brota do chão, criaram uma paisagem de sonho, difícil de imaginar. É aqui que vamos passar a nossa manhã, não só subindo e descendo a montanha branca (atenção: terás de ir descalço), mas visitando também Hierapolis, a cidade romana ali fundada no século II (sendo que há vestígios de civilização desde o século VII AC) que aproveitou este tesouro da natureza como spa e para tratamentos de pele, ossos, entre outros. A cidade não se vê do sopé da montanha, mas é de uma dimensão impressionante e vale a pena caminhar um pouco até um dos seus extremos para ver cemitérios romanos a desaparecerem por debaixo do calcário branco. Podes também mergulhar no paradisíaco tanque romano (atividade extra) na entrada da cidade.

Ao início da tarde descemos e almoçamos para, depois, regressarmos a Antália, onde chegamos ao início da noite para jantar. Vamos aproveitar e dar um passeio noturno pela cidade.
Estadia: Hotel

Dia 6   Antália

A manhã começa bem cedo para descobrirmos Kaleiçi, a cidade velha. Com estruturas deixadas pelos impérios romano, bizantino e otomano, o centro histórico é um ponto marcante para os amantes da fotografia e de cidades que mais parecem um postal, sempre com o mar incrivelmente azul a espreitar a cada esquina. O centro histórico de Antália é cercado por um antigo porto romano, com ruas estreitas, casas decoradas, flores, torre de relógio, mesquitas, igrejas, miradouros envidraçados, portões, jardins e construções centenárias. Além disso, o centro tem ainda várias lojas e restaurantes, que vão fazer as delícias dos nossos souvenirs.

Se não estiveres cansado ou te apetecer experimentar a água do mediterrâneo, podemos fazê-lo no porto da cidade ou apanhamos um elétrico e pomos os pés na areia. À noite, escolhemos um restaurante para jantar.
Estadia: Hotel

Dia 7   Antália – Goreme

A manhã pode ser gozada a viajar no tempo, ainda pelas ruas estreitas da cidade ou vendo a cascata de Duden de baixo, que fica apenas a 10 quilómetros do centro da cidade e que se precipita sobre as águas do mar. Reunimo-nos depois para um snack e apanhamos um transfer para o aeroporto, de onde voamos para a região da Capadócia. Chegados a Kayseri, temos ainda uma viagem de uma hora de autocarro até Goreme, onde vamos ficar nas próximas noites. Conseguiremos ainda ver o pôr-do-sol?

À noite, um restaurante vai acolher já as nossas imensas histórias e depois uma shisha…porque não?
Estadia: Hotel

Dia 8   Goreme

Caso queiras ver a paisagem de uma forma diferente, aconselho-te uma subida num balão de ar quente (atividade extra e mediante disponibilidade) logo pela manhã.
Quem faz a viagem de balão junta-se depois ao restante grupo no hotel para o pequeno-almoço e começamos a explorar a pequena povoação de Goreme. Uma visita ao Open Air Museum é inevitável. É aqui que começamos a aperceber-nos do trabalho da mão humana na região. Vamos dedicar toda a manhã a explorá-la. Depois do almoço, vou levar-te numa caminhada de pouco mais de 6 quilómetros que te vai ficar para sempre na memória.

Chegamos ao hotel ao fim da tarde e descansamos até ao jantar ou aproveitamos o tempo até lá para espreitarmos as lojas.
Estadia: Hotel

Dia 9   Goreme

Hoje o dia é dedicado aos arredores da pequena cidade. Passaremos por alguns pontos como pequenas aldeias desabitadas, igrejas escavadas na rocha, cidades subterrâneas e miradouros, acompanhadas por um guia local de língua inglesa. O almoço será feito durante as visitas.

Ao fim da tarde estaremos de regresso a Goreme. O resto do dia é por tua conta. Posso indicar-te, caso desejes, uma pequena caminhada de um quilómetro para veres o pôr-do-sol lá de cima. Será mais do que perfeito!
Estadia: Hotel

Dia 10   Goreme - Origem

O regresso a casa faz-se mediante o horário do teu voo. Um transfer levar-te-á ao aeroporto de Kayseri, de onde regressarás a casa, com uma paragem pelo meio em Istambul.

A viagem acaba, tenho a certeza, cheia de boas recordações. Teşekkür ederim ou obrigado, é assim que me despeço, com um profundo agradecimento pela companhia ao longo destes dias e por me teres permitido mostrar-te aquilo que considero ser o melhor da Turquia. Até breve.

Esta viagem encontra-se esgotada.
Caso pretendas ficar em lista de espera para a mesma, entra por favor em contacto connosco.

Perguntas Frequentes

Como é o roteiro da viagem?

A viagem é pensada para ter um pouco de tudo: de locais históricos a monumentos, a experiência em lugares de culto de diferentes religiões, a tours na natureza ou tempo para compras. Apresentamos um itinerário equilibrado e que permite a todos os viajantes uma experiência memorável. Na Landescape, não somos daquele tipo de líderes previsíveis, ou seja, não nos guiamos pelo que está escrito no roteiro ou pelos dias. Vão perceber que muitas vezes nos adaptamos ao desejo do grupo e até ao momento. Visitamos tudo o que está descrito, não querendo dizer, contudo, que seja nos dias que no roteiro descrevemos, por aquela ordem e, se ficar para trás alguma coisa, é porque houve algo melhor que o justificou.

É necessário visto para entrar no país?

Deverás ter um documento válido por 6 meses (passaporte ou CC) contados a partir da tua data de regresso. Os cidadãos portugueses não precisam de fazer visto antecipadamente, já que o podem obter gratuitamente à chegada.

Como é a vida na Turquia?

Apesar de ser um país muito aberto, formado e educado, e de ser um país laico, a maioria da população é muçulmana (quase 98%). Isto não quer dizer que seja mais conservadora, mas é algo que devemos ter em conta, sendo que a formação e a educação seguiram outros parâmetros. Ao contrário do que se possa pensar, as mulheres não andam “todas” tapadas. Esta ideia de que as muçulmanas andam todas de burca é errada. A burca é uma vestimenta essencialmente usada por povos árabes, o que não acontece na Turquia, pois não são um povo árabe, mas turco. Como em qualquer país do mundo, deves fazer por respeitar ao máximo as regras que o país gosta de ver cumpridas e tudo tem a ver com o teu bom senso! Todos os locais de culto – mesquitas, sinagogas, igrejas – são locais de respeito máximo. Deves entrar nestes locais vestido de maneira respeitosa e isto quer dizer que deves sempre tapar as pernas, os ombros (aplica-se a rapazes e raparigas) e, no caso de alguns locais, as raparigas devem cobrir o cabelo. Em todas as mesquitas deve tirar-se os sapatos antes de entrar. Onde ficam os sapatos e como cubro eu o cabelo? Todas as mesquitas têm um espaço onde guardar o calçado ou é-nos dado um saco plástico para os colocarmos (recomendamos viajar sempre com dois sacos de pano para colocarmos todo o nosso calçado para que se evite o desperdício de plástico). No caso dos lenços, são-nos fornecidos à entrada para cobrir o cabelo, as pernas e os ombros, embora o que eu sugira sempre é que as pessoas levem lenços próprios (não porque os que nos dão estão sujos, mas porque sendo nossos, podemos andar com eles na rua também e usa-los sempre que necessário…além de que são, de certeza, mais bonitos e coloridos). Lembra-te sempre: a visão que os turcos mais conservadores têm do teu país, é a imagem que tu lhes mostras!

Como funcionam os transferes de/para o aeroporto?

O transfer é um processo simples. Neste momento, no Novo Aeroporto de Istambul podes usar o autocarro ou o táxi. O mesmo no aeroporto Sabiha Gokcen, do lado asiático. Podemos, em alternativa, enviar um transfer do hotel se assim desejares, sendo que este te aguardará à porta com sinalização própria e deixar-te-á no hotel. Pedimos-te apenas que nos envies um e-mail a solicitar esse serviço. O autocarro, dependendo da hora de chegada, demora pelo menos uma hora até ao centro, o mesmo que o táxi. O preço do autocarro por pessoa ronda os 4€ e de táxi, dependo do número de pessoas a bordo, mas uma van rondará os 50€ e dá para 8 pessoas.

Como são os alojamentos durante a viagem?

Todos os quartos são twin, isto é, com duas camas individuais (ou com cama matrimonial para os casais que assim solicitem). Pode também haver a opção de ficares em quartos triplos, se assim desejares, e nesse caso solicitamos também que entres em contacto connosco por e-mail. Todos os quartos fornecem toalhas, roupa de cama e têm casa de banho privativa. A nossa escolha vai para hotéis centrais ou que estejam perto dos locais de interesse. A ideia é que sejam higiénicos e que tenham, sempre que possível, ambiente familiar.

Como são os transportes no país?

O sistema de transportes é moderno: autocarros, elétricos, metro, comboios, táxis, há de tudo e para todos os gostos. A maior parte da nossa viagem vai ser a pé. Esta é uma viagem para se caminhar e chegar ao alojamento com os pés “cheios” de Turquia. Para nos deslocarmos para locais mais longe, utilizaremos transportes públicos ou voos internos.

É seguro viajar na Turquia?

A Turquia é genericamente um país muito seguro e são raros os casos que conhecemos de problemas que aconteçam, incluindo pequenos roubos com carteiristas. As zonas onde ficamos são centrais e vamos andar sempre juntos, sendo que como em qualquer lugar do mundo, o bom senso é pedido e a atenção obrigatória.

É uma viagem cansativa?

Vamos caminhar de manhã à noite todos os dias. Fazemos mesmo muitos quilómetros nesta viagem e por isso um bom par de sapatilhas para caminhar é obrigatório. Ao fim de alguns dos dias, por estarmos longe do nosso alojamento, vamos usar os transportes públicos, embora acreditemos que uma viagem se faz a caminhar. De resto, não há mais nenhuma subida ou trekking complicado.

Qual a roupa mais adequada?

Aconselhamos sempre roupa prática e discreta, e que te adaptes às ocasiões. Assim, a nossa sugestão para mulheres é:

  • Cobrir o cabelo, pescoço, os ombros e parte dos braços (ainda que discretamente, dentro de sítios de culto);
  • Todo o tipo de calçado é admitido!

No caso dos homens:

  • As pernas e ombros devem ser tapadas em sítios de culto.

As temperaturas são similares às de Portugal e dependendo da altura em que a viagem aconteça, a roupa e o calçado a levar é o mesmo que usaríamos aqui nessa altura do ano. De lembrar que o sul é sempre mais quente que a parte norte e que na Capadócia, de noite, mesmo nos meses mais quentes, pode fazer um pouco de frio. Mais indicações sobre o que levar na mochila estão identificadas no Manual de Viajante que é enviado aquando da inscrição.

Que comida será servida?

A alimentação é variada. Desde as famosas pide (pizzas turcas) a sandes ou grelhados – todos eles à base de vegetais e/ou carnes várias – até aos conhecidos kebabs, sopas deliciosas como a de lentilha e batatas recheadas, pães com sésamo a maravilhosas sobremesas, como o baklava, a Turquia é um paraíso para os amantes da gastronomia. Existem muitas opções vegetarianas.

Esta viagem exige cuidados de saúde especiais?

A Landescape tem uma parceria estabelecida com duas médicas formadas em Medicina do Viajante que te podem melhor aconselhar sobre todos os cuidados de saúde necessários e eventuais vacinas de prevenção para viajar na Turquia. Dessa forma, podes agendar uma Consulta do Viajante Online que tem um custo de 30€ por pessoa, 50€ para 2 pessoas, 70€ para 3 pessoas e 80€ para 4 pessoas.

Quanto ao dinheiro para a viagem?

Na Turquia é possível levantar dinheiro com cartão de débito (ATM) em qualquer caixa. Os cartões de crédito também são aceites. Deves, porém, lembrar-te que como a Turquia não tem Euro, por cada levantamento que faças pagas uma taxa de câmbio de Lira Turca para Euro, além de uma taxa no teu banco em Portugal. O que sugerimos é que leves dinheiro contigo para estes dias e o troques por Liras Turcas, à medida que vais necessitando. Há muitos sítios onde o podes fazer. A moeda turca tem caído muito desde há uns anos para cá. Se em 2015, 1€ valia 2,75TRY neste momento ronda as 13TKY, o que para nós é fenomenal, já que o nosso poder de compra quase triplicou. O melhor é trocar dinheiro na cidade e não no aeroporto.

Outras informações relevantes.

Todos os hotéis têm Wi-Fi. A comunicação mais barata é por internet. Em todas as cidades são mais duas horas do que em Portugal. A Turquia usa corrente elétrica de 220 Volts e as tomadas são iguais às usadas na Europa. O indicativo internacional da Turquia é o +90. Algumas das companhias portuguesas funcionam em roaming, porém é aconselhável procurares informação junto da tua operadora relativamente aos tarifários e as condições em roaming com alguma antecedência antes de partires. Comprar um sim card local é possível mediante apresentação do passaporte/CC à chegada ao aeroporto e o preço ronda os 25€ e tem a duração de 1 mês).

seguros-de-viagem-landescape

SEGURO DE VIAGEM LANDESCAPE

Descobre qual o seguro de viagem que melhor se adequa às tuas necessidades.

consulta-do-viajante-landescape

CONSULTA DO VIAJANTE

Agenda já a tua consulta para ficares a par dos cuidados de saúde recomendados e obrigatórios desta viagem.

Queres que entre em contacto contigo?

A nossa equipa irá acompanhar-te e dar-te todo o apoio necessário.

Sobre o Líder


Ricardo Torrão

Viajar é alargar horizontes, celebrar o mundo e combater a pequenez de espírito. Saber mais

Outros destinos que lidera

VIAGEM TURQUIA – De Istambul até à Capadócia

com Ricardo Torrão

Nova Data
2 a 11 Jun 2023
Saber mais sobre esta edição Fechar informação desta edição

Nesta viagem, vais certamente apaixonar-te por Istambul, uma cidade única, recheada de história, e considerada o maior museu a céu aberto do mundo, como poderás comprovar ao visitar Hagia Sophia, a maior basílica do mundo construída há mais de um milénio. Aqui, cruza-se a tradição e a modernidade, a gastronomia e a música, a religião e o divertimento até altas horas da noite. Logo a seguir, serás confrontado com uma cascata gigante, toda ela feita de “algodão”, pela qual vais caminhar e ser surpreendido por Hierápolis, uma cidade com mais de 2000 anos de existência, bem no topo. Descemos então para o sul, em direcção ao azul imenso do Mediterrâneo. O que fazer em Antália? Passear pelo seu centro histórico com fortes, locais religiosos e casas típicas do império otomano e, claro está, ir a banhos aproveitando o local para relaxar.

Terminamos a viagem em Capadócia, provavelmente um dos maiores feitos da natureza, onde existem igrejas esculpidas na rocha e toda uma superfície lunar à espera de ser fotografada. O nosso trekking por Goreme vai permitir-te observar bem lá de cima esta paisagem indescritível mas também explorar as suas cidades subterrâneas. Acompanhas-nos?

O que iremos visitar na Turquia

  • A Basílica de Hagia Sophia, a Mesquita Azul, o Palácio de Topkapi, o Hipódromo e a Cisterna da Basílica, em Istambul
  • O Grande Bazar e a mesquita de Suleymaniye, a maior de Istambul
  • O bairro de Kucuk Pazar, o Bazar das Especiarias, Rustem Pasa e a Mesquita Nova em Istambul
  • As cascatas de água calcária de Pamukkale
  • A cidade romana de Hierapolis
  • A cidade velha de Kaleiçi
  • O centro histórico de Antália
  • Open Air Museum de Goreme
  • Trekking em Goreme
  • Passeio de balão de ar quente na Capadócia

O que está incluído?

Alojamento
9 noites em hotel

Refeições
Todos os pequenos-almoços
1 Almoço

Entradas e atividades seguintes:

  • Hagia Sophia
  • Palácio Topkapi e Harem
  • Pamukkale e Hierápolis
  • Visita ao Open Air Museum em Goreme
  • Tour na Capadócia (guia em inglês)

Todos os transportes descritos no programa
Exceto de carácter pessoal

Voos internos
Istambul – Antália
Antália – Kayseri

Seguro Pessoal Básico de Viagem

Acompanhamento do líder da Landescape

O que não está incluído?

  • Voos internacionais 
    Recomendamos a Geostar
  • Atividades e visitas extras
  • Serviços de Guia não assinalados no programa
  • Balão de ar quente (+/-170€)
  • Alimentação não especificada (cerca de 20€/dia)
  • Transfers de/para o aeroporto
  • Despesas pessoais
  • Upgrade Covid19 no Seguro Pessoal Básico de Viagem

Diário de Bordo

Dia 1   Chegada a Istambul

Chegarás hoje à cidade de Istambul, a maior cidade da Turquia.

Dependendo da hora da tua chegada ao país, combinaremos uma hora para nos juntarmos e termos uma breve conversa sobre os próximos dias. Depois, uma primeira aproximação à cidade.

A noite traz alguns cheiros e sons típicos que tanto caracterizam Istambul. Uma pequena caminhada noturna, um bom jantar e o regresso ao hotel.
Estadia: Hotel

Dia 2   Istambul

Depois do pequeno-almoço, caminhamos até um local muito discreto, porém muito especial. Era de lá que começava a medição de todas as distâncias no Império Romano e é lá que iniciamos o nosso dia.

Hagia Sophia, à nossa esquerda, uma antiga Basílica. Ao lado, a impressionante Mesquita Azul e uns metros atrás, o Palácio Topkapi e, frente a tudo isto, o simples Hipódromo.

Almoçamos num restaurante local para, de barriga cheia, nos encaminharmos para a Cisterna da Basílica e mais uma série de construções que fazem da área de Sultanhamet aquele que é considerado o maior museu a céu aberto do mundo.

Os pés vão ressentir-se ao final do dia e nada melhor do que um chá e algo leve para a noite. Porque não uma pizza turca, uma pide?
Estadia: Hotel

Dia 3   Istambul

O Grande Bazar espera-nos e, de lá, seguimos para a maior mesquita da cidade, a Suleymaniye, construída na 3ª colina, onde almoçamos com os locais. Descemos depois para um bairro popular, o Kucuk Pazar, onde podemos beber um sumo de laranja e romã, e comer um snack.

Começamos então a nossa caminhada para o Bazar das Especiarias, não sem antes deixarmos de passar na maravilhosa Rustem Pasa, um autêntico tesouro para os olhos. Já em direção ao rio, encontramos a imponente Mesquita Nova para depois nos encaminharmos para uma das zonas mais trendy da cidade. Vou levar-te até lá, olhando toda a cidade de frente, ao longo de uns bons 10 quilómetros.

Começamos então a nossa caminhada rumo a um dos bairros mais característicos da cidade, outrora uma zona quase abandonada, onde judeus, cristãos ciganos turcos e a faixa mais pobre da capital encontrava a sua casa. A boa notícia é que apesar dos imensos cafés, boutique hotéis, lojas de artesanato e velharias que começam a ocupar o bairro, continua a sua vida comum, com todos os locais nos mercados, lojas, pequenos cafés, supermercados, o que mostra que uma e outra realidade podem e devem viver em conjunto. Encontramos um local para jantarmos, bebermos um copo e ficarmos à conversa pela noite adentro, regressando depois ao hotel.
Estadia: Hotel

Dia 4   Istambul – Antália – Pamukkale

A manhã é livre, goza-a por tua conta e desfruta da cidade ao teu ritmo.

Por volta das 11 horas encontramo-nos para viajar até ao lado asiático, onde do aeroporto voaremos para sul, em busca de sol e calor. Serão menos de duas horas de voo até Antália e, chegados, logo seguiremos quase 300 quilómetros para norte, para a cidade onde vamos pernoitar: Pamukkale.
Estadia: Hotel

Dia 5   Pamukkale – Antália

Pamukkale é um dos postais da Turquia. As famosas “cascatas de algodão”, fenómeno geológico que levou milhares de anos a ser desenhado e que está em constante transformação. A pequena cidade vive em volta desta atração e é virada para ela que toda a cidade olha. As imensas quedas de calcário de onde a água quente brota do chão, criaram uma paisagem de sonho, difícil de imaginar. É aqui que vamos passar a nossa manhã, não só subindo e descendo a montanha branca (atenção: terás de ir descalço), mas visitando também Hierapolis, a cidade romana ali fundada no século II (sendo que há vestígios de civilização desde o século VII AC) que aproveitou este tesouro da natureza como spa e para tratamentos de pele, ossos, entre outros. A cidade não se vê do sopé da montanha, mas é de uma dimensão impressionante e vale a pena caminhar um pouco até um dos seus extremos para ver cemitérios romanos a desaparecerem por debaixo do calcário branco. Podes também mergulhar no paradisíaco tanque romano (atividade extra) na entrada da cidade.

Ao início da tarde descemos e almoçamos para, depois, regressarmos a Antália, onde chegamos ao início da noite para jantar. Vamos aproveitar e dar um passeio noturno pela cidade.
Estadia: Hotel

Dia 6   Antália

A manhã começa bem cedo para descobrirmos Kaleiçi, a cidade velha. Com estruturas deixadas pelos impérios romano, bizantino e otomano, o centro histórico é um ponto marcante para os amantes da fotografia e de cidades que mais parecem um postal, sempre com o mar incrivelmente azul a espreitar a cada esquina. O centro histórico de Antália é cercado por um antigo porto romano, com ruas estreitas, casas decoradas, flores, torre de relógio, mesquitas, igrejas, miradouros envidraçados, portões, jardins e construções centenárias. Além disso, o centro tem ainda várias lojas e restaurantes, que vão fazer as delícias dos nossos souvenirs.

Se não estiveres cansado ou te apetecer experimentar a água do mediterrâneo, podemos fazê-lo no porto da cidade ou apanhamos um elétrico e pomos os pés na areia. À noite, escolhemos um restaurante para jantar.
Estadia: Hotel

Dia 7   Antália – Goreme

A manhã pode ser gozada a viajar no tempo, ainda pelas ruas estreitas da cidade ou vendo a cascata de Duden de baixo, que fica apenas a 10 quilómetros do centro da cidade e que se precipita sobre as águas do mar. Reunimo-nos depois para um snack e apanhamos um transfer para o aeroporto, de onde voamos para a região da Capadócia. Chegados a Kayseri, temos ainda uma viagem de uma hora de autocarro até Goreme, onde vamos ficar nas próximas noites. Conseguiremos ainda ver o pôr-do-sol?

À noite, um restaurante vai acolher já as nossas imensas histórias e depois uma shisha…porque não?
Estadia: Hotel

Dia 8   Goreme

Caso queiras ver a paisagem de uma forma diferente, aconselho-te uma subida num balão de ar quente (atividade extra e mediante disponibilidade) logo pela manhã.
Quem faz a viagem de balão junta-se depois ao restante grupo no hotel para o pequeno-almoço e começamos a explorar a pequena povoação de Goreme. Uma visita ao Open Air Museum é inevitável. É aqui que começamos a aperceber-nos do trabalho da mão humana na região. Vamos dedicar toda a manhã a explorá-la. Depois do almoço, vou levar-te numa caminhada de pouco mais de 6 quilómetros que te vai ficar para sempre na memória.

Chegamos ao hotel ao fim da tarde e descansamos até ao jantar ou aproveitamos o tempo até lá para espreitarmos as lojas.
Estadia: Hotel

Dia 9   Goreme

Hoje o dia é dedicado aos arredores da pequena cidade. Passaremos por alguns pontos como pequenas aldeias desabitadas, igrejas escavadas na rocha, cidades subterrâneas e miradouros, acompanhadas por um guia local de língua inglesa. O almoço será feito durante as visitas.

Ao fim da tarde estaremos de regresso a Goreme. O resto do dia é por tua conta. Posso indicar-te, caso desejes, uma pequena caminhada de um quilómetro para veres o pôr-do-sol lá de cima. Será mais do que perfeito.
Estadia: Hotel

Dia 10   Goreme - Origem

O regresso a casa faz-se mediante o horário do teu voo. Um transfer levar-te-á ao aeroporto de Kayseri, de onde regressarás a casa, com uma paragem pelo meio em Istambul.

A viagem acaba, tenho a certeza, cheia de boas recordações! Teşekkür ederim ou obrigado, é assim que me despeço, com um profundo agradecimento pela companhia ao longo destes dias e por me teres permitido mostrar-te aquilo que considero ser o melhor da Turquia. Até breve.

Reserva aqui a tua viagem


1.070€

Perguntas Frequentes

Como é o roteiro da viagem?

A viagem é pensada para ter um pouco de tudo: de locais históricos a monumentos, a experiência em lugares de culto de diferentes religiões, a tours na natureza ou tempo para compras. Apresentamos um itinerário equilibrado e que permite a todos os viajantes uma experiência memorável. Na Landescape, não somos daquele tipo de líderes previsíveis, ou seja, não nos guiamos pelo que está escrito no roteiro ou pelos dias. Vão perceber que muitas vezes nos adaptamos ao desejo do grupo e até ao momento. Visitamos tudo o que está descrito, não querendo dizer, contudo, que seja nos dias que no roteiro descrevemos, por aquela ordem e, se ficar para trás alguma coisa, é porque houve algo melhor que o justificou.

É necessário visto para entrar no país?

Deverás ter um documento válido por 6 meses (passaporte ou CC) contados a partir da tua data de regresso. Os cidadãos portugueses não precisam de fazer visto antecipadamente, já que o podem obter gratuitamente à chegada.

Como é a vida na Turquia?

Apesar de ser um país muito aberto, formado e educado, e de ser um país laico, a maioria da população é muçulmana (quase 98%). Isto não quer dizer que seja mais conservadora, mas é algo que devemos ter em conta, sendo que a formação e a educação seguiram outros parâmetros. Ao contrário do que se possa pensar, as mulheres não andam “todas” tapadas. Esta ideia de que as muçulmanas andam todas de burca é errada. A burca é uma vestimenta essencialmente usada por povos árabes, o que não acontece na Turquia, pois não são um povo árabe, mas turco. Como em qualquer país do mundo, deves fazer por respeitar ao máximo as regras que o país gosta de ver cumpridas e tudo tem a ver com o teu bom senso! Todos os locais de culto – mesquitas, sinagogas, igrejas – são locais de respeito máximo. Deves entrar nestes locais vestido de maneira respeitosa e isto quer dizer que deves sempre tapar as pernas, os ombros (aplica-se a rapazes e raparigas) e, no caso de alguns locais, as raparigas devem cobrir o cabelo. Em todas as mesquitas deve tirar-se os sapatos antes de entrar. Onde ficam os sapatos e como cubro eu o cabelo? Todas as mesquitas têm um espaço onde guardar o calçado ou é-nos dado um saco plástico para os colocarmos (recomendamos viajar sempre com dois sacos de pano para colocarmos todo o nosso calçado para que se evite o desperdício de plástico). No caso dos lenços, são-nos fornecidos à entrada para cobrir o cabelo, as pernas e os ombros, embora o que eu sugira sempre é que as pessoas levem lenços próprios (não porque os que nos dão estão sujos, mas porque sendo nossos, podemos andar com eles na rua também e usa-los sempre que necessário…além de que são, de certeza, mais bonitos e coloridos). Lembra-te sempre: a visão que os turcos mais conservadores têm do teu país, é a imagem que tu lhes mostras!

Como funcionam os transferes de/para o aeroporto?

O transfer é um processo simples. Neste momento, no Novo Aeroporto de Istambul podes usar o autocarro ou o táxi. O mesmo no aeroporto Sabiha Gokcen, do lado asiático. Podemos, em alternativa, enviar um transfer do hotel se assim desejares, sendo que este te aguardará à porta com sinalização própria e deixar-te-á no hotel. Pedimos-te apenas que nos envies um e-mail a solicitar esse serviço. O autocarro, dependendo da hora de chegada, demora pelo menos uma hora até ao centro, o mesmo que o táxi. O preço do autocarro por pessoa ronda os 4€ e de táxi, dependo do número de pessoas a bordo, mas uma van rondará os 50€ e dá para 8 pessoas.

Como são os alojamentos durante a viagem?

Todos os quartos são twin, isto é, com duas camas individuais (ou com cama matrimonial para os casais que assim solicitem). Pode também haver a opção de ficares em quartos triplos, se assim desejares, e nesse caso solicitamos também que entres em contacto connosco por e-mail. Todos os quartos fornecem toalhas, roupa de cama e têm casa de banho privativa. A nossa escolha vai para hotéis centrais ou que estejam perto dos locais de interesse. A ideia é que sejam higiénicos e que tenham, sempre que possível, ambiente familiar.

Como são os transportes no país?

O sistema de transportes é moderno: autocarros, elétricos, metro, comboios, táxis, há de tudo e para todos os gostos. A maior parte da nossa viagem vai ser a pé. Esta é uma viagem para se caminhar e chegar ao alojamento com os pés “cheios” de Turquia. Para nos deslocarmos para locais mais longe, utilizaremos transportes públicos ou voos internos.

É seguro viajar na Turquia?

A Turquia é genericamente um país muito seguro e são raros os casos que conhecemos de problemas que aconteçam, incluindo pequenos roubos com carteiristas. As zonas onde ficamos são centrais e vamos andar sempre juntos, sendo que como em qualquer lugar do mundo, o bom senso é pedido e a atenção obrigatória.

É uma viagem cansativa?

Vamos caminhar de manhã à noite todos os dias. Fazemos mesmo muitos quilómetros nesta viagem e por isso um bom par de sapatilhas para caminhar é obrigatório. Ao fim de alguns dos dias, por estarmos longe do nosso alojamento, vamos usar os transportes públicos, embora acreditemos que uma viagem se faz a caminhar. De resto, não há mais nenhuma subida ou trekking complicado.

Qual a roupa mais adequada?

Aconselhamos sempre roupa prática e discreta, e que te adaptes às ocasiões. Assim, a nossa sugestão para mulheres é:

  • Cobrir o cabelo, pescoço, os ombros e parte dos braços (ainda que discretamente, dentro de sítios de culto);
  • Todo o tipo de calçado é admitido!

No caso dos homens:

  • As pernas e ombros devem ser tapadas em sítios de culto.

As temperaturas são similares às de Portugal e dependendo da altura em que a viagem aconteça, a roupa e o calçado a levar é o mesmo que usaríamos aqui nessa altura do ano. De lembrar que o sul é sempre mais quente que a parte norte e que na Capadócia, de noite, mesmo nos meses mais quentes, pode fazer um pouco de frio. Mais indicações sobre o que levar na mochila estão identificadas no Manual de Viajante que é enviado aquando da inscrição.

Que comida será servida?

A alimentação é variada. Desde as famosas pide (pizzas turcas) a sandes ou grelhados – todos eles à base de vegetais e/ou carnes várias – até aos conhecidos kebabs, sopas deliciosas como a de lentilha e batatas recheadas, pães com sésamo a maravilhosas sobremesas, como o baklava, a Turquia é um paraíso para os amantes da gastronomia. Existem muitas opções vegetarianas.

Esta viagem exige cuidados de saúde especiais?

A Landescape tem uma parceria estabelecida com duas médicas formadas em Medicina do Viajante que te podem melhor aconselhar sobre todos os cuidados de saúde necessários e eventuais vacinas de prevenção para viajar na Turquia. Dessa forma, podes agendar uma Consulta do Viajante Online na data e hora que te for mais conveniente com uma delas.

Quanto ao dinheiro para a viagem?

Na Turquia é possível levantar dinheiro com cartão de débito (ATM) em qualquer caixa. Os cartões de crédito também são aceites. Deves, porém, lembrar-te que como a Turquia não tem Euro, por cada levantamento que faças pagas uma taxa de câmbio de Lira Turca para Euro, além de uma taxa no teu banco em Portugal. O que sugerimos é que leves dinheiro contigo para estes dias e o troques por Liras Turcas, à medida que vais necessitando. Há muitos sítios onde o podes fazer. A moeda turca tem caído muito desde há uns anos para cá. Se em 2015, 1€ valia 2,75TRY neste momento ronda as 13TKY, o que para nós é fenomenal, já que o nosso poder de compra quase triplicou. O melhor é trocar dinheiro na cidade e não no aeroporto.

Outras informações relevantes.

Todos os hotéis têm Wi-Fi. A comunicação mais barata é por internet. Em todas as cidades são mais duas horas do que em Portugal. A Turquia usa corrente elétrica de 220 Volts e as tomadas são iguais às usadas na Europa. O indicativo internacional da Turquia é o +90. Algumas das companhias portuguesas funcionam em roaming, porém é aconselhável procurares informação junto da tua operadora relativamente aos tarifários e as condições em roaming com alguma antecedência antes de partires. Comprar um sim card local é possível mediante apresentação do passaporte/CC à chegada ao aeroporto e o preço ronda os 25€ e tem a duração de 1 mês).

seguros-de-viagem-landescape

SEGURO DE VIAGEM LANDESCAPE

Descobre qual o seguro de viagem que melhor se adequa às tuas necessidades.

consulta-do-viajante-landescape

CONSULTA DO VIAJANTE

Agenda já a tua consulta para ficares a par dos cuidados de saúde recomendados e obrigatórios desta viagem.

Queres que entre em contacto contigo?

A nossa equipa irá acompanhar-te e dar-te todo o apoio necessário.

Sobre o Líder


Ricardo Torrão

Viajar é alargar horizontes, celebrar o mundo e combater a pequenez de espírito. Saber mais

Outros destinos que lidera

VIAGEM TURQUIA – De Istambul até à Capadócia

com Ricardo Torrão

Nova Data
27 Out a 5 Nov 2023
Saber mais sobre esta edição Fechar informação desta edição

Nesta viagem, vais certamente apaixonar-te por Istambul, uma cidade única, recheada de história, e considerada o maior museu a céu aberto do mundo, como poderás comprovar ao visitar Hagia Sophia, a maior basílica do mundo construída há mais de um milénio. Aqui, cruza-se a tradição e a modernidade, a gastronomia e a música, a religião e o divertimento até altas horas da noite. Logo a seguir, serás confrontado com uma cascata gigante, toda ela feita de “algodão”, pela qual vais caminhar e ser surpreendido por Hierápolis, uma cidade com mais de 2000 anos de existência, bem no topo. Descemos então para o sul, em direcção ao azul imenso do Mediterrâneo. O que fazer em Antália? Passear pelo seu centro histórico com fortes, locais religiosos e casas típicas do império otomano e, claro está, ir a banhos aproveitando o local para relaxar.

Terminamos a viagem em Capadócia, provavelmente um dos maiores feitos da natureza, onde existem igrejas esculpidas na rocha e toda uma superfície lunar à espera de ser fotografada. O nosso trekking por Goreme vai permitir-te observar bem lá de cima esta paisagem indescritível mas também explorar as suas cidades subterrâneas. Acompanhas-nos?

O que iremos visitar na Turquia

  • A Basílica de Hagia Sophia, a Mesquita Azul, o Palácio de Topkapi, o Hipódromo e a Cisterna da Basílica, em Istambul
  • O Grande Bazar e a mesquita de Suleymaniye, a maior de Istambul
  • O bairro de Kucuk Pazar, o Bazar das Especiarias, Rustem Pasa e a Mesquita Nova em Istambul
  • As cascatas de água calcária de Pamukkale
  • A cidade romana de Hierapolis
  • A cidade velha de Kaleiçi
  • O centro histórico de Antália
  • Open Air Museum de Goreme
  • Trekking em Goreme
  • Passeio de balão de ar quente na Capadócia

O que está incluído?

Alojamento
9 noites em hotel

Refeições
Todos os pequenos-almoços
1 Almoço

Entradas e atividades seguintes:

  • Hagia Sophia
  • Palácio Topkapi e Harem
  • Pamukkale e Hierápolis
  • Visita ao Open Air Museum em Goreme
  • Tour na Capadócia (guia em inglês)

Todos os transportes descritos no programa
Exceto de carácter pessoal

Voos internos
Istambul – Antália
Antália – Kayseri

Seguro Pessoal Básico de Viagem

Acompanhamento do líder da Landescape

O que não está incluído?

  • Voos internacionais 
    Recomendamos a Geostar
  • Atividades e visitas extras
  • Serviços de Guia não assinalados no programa
  • Balão de ar quente (+/-170€)
  • Alimentação não especificada (cerca de 20€/dia)
  • Transfers de/para o aeroporto
  • Despesas pessoais
  • Upgrade Covid19 no Seguro Pessoal Básico de Viagem

Diário de Bordo

Dia 1   Chegada a Istambul

Chegarás hoje à cidade de Istambul, a maior cidade da Turquia.

Dependendo da hora da tua chegada ao país, combinaremos uma hora para nos juntarmos e termos uma breve conversa sobre os próximos dias. Depois, uma primeira aproximação à cidade.

A noite traz alguns cheiros e sons típicos que tanto caracterizam Istambul. Uma pequena caminhada noturna, um bom jantar e o regresso ao hotel.
Estadia: Hotel

Dia 2   Istambul

Depois do pequeno-almoço, caminhamos até um local muito discreto, porém muito especial. Era de lá que começava a medição de todas as distâncias no Império Romano e é lá que iniciamos o nosso dia.

Hagia Sophia, à nossa esquerda, uma antiga Basílica. Ao lado, a impressionante Mesquita Azul e uns metros atrás, o Palácio Topkapi e, frente a tudo isto, o simples Hipódromo.

Almoçamos num restaurante local para, de barriga cheia, nos encaminharmos para a Cisterna da Basílica e mais uma série de construções que fazem da área de Sultanhamet aquele que é considerado o maior museu a céu aberto do mundo.

Os pés vão ressentir-se ao final do dia e nada melhor do que um chá e algo leve para a noite. Porque não uma pizza turca, uma pide?
Estadia: Hotel

Dia 3   Istambul

O Grande Bazar espera-nos e, de lá, seguimos para a maior mesquita da cidade, a Suleymaniye, construída na 3ª colina, onde almoçamos com os locais. Descemos depois para um bairro popular, o Kucuk Pazar, onde podemos beber um sumo de laranja e romã, e comer um snack.

Começamos então a nossa caminhada para o Bazar das Especiarias, não sem antes deixarmos de passar na maravilhosa Rustem Pasa, um autêntico tesouro para os olhos. Já em direção ao rio, encontramos a imponente Mesquita Nova para depois nos encaminharmos para uma das zonas mais trendy da cidade. Vou levar-te até lá, olhando toda a cidade de frente, ao longo de uns bons 10 quilómetros.

Começamos então a nossa caminhada rumo a um dos bairros mais característicos da cidade, outrora uma zona quase abandonada, onde judeus, cristãos ciganos turcos e a faixa mais pobre da capital encontrava a sua casa. A boa notícia é que apesar dos imensos cafés, boutique hotéis, lojas de artesanato e velharias que começam a ocupar o bairro, continua a sua vida comum, com todos os locais nos mercados, lojas, pequenos cafés, supermercados, o que mostra que uma e outra realidade podem e devem viver em conjunto. Encontramos um local para jantarmos, bebermos um copo e ficarmos à conversa pela noite adentro, regressando depois ao hotel.
Estadia: Hotel

Dia 4   Istambul – Antália – Pamukkale

A manhã é livre, goza-a por tua conta e desfruta da cidade ao teu ritmo.

Por volta das 11 horas encontramo-nos para viajar até ao lado asiático, onde do aeroporto voaremos para sul, em busca de sol e calor. Serão menos de duas horas de voo até Antália e, chegados, logo seguiremos quase 300 quilómetros para norte, para a cidade onde vamos pernoitar: Pamukkale.
Estadia: Hotel

Dia 5   Pamukkale – Antália

Pamukkale é um dos postais da Turquia. As famosas “cascatas de algodão”, fenómeno geológico que levou milhares de anos a ser desenhado e que está em constante transformação. A pequena cidade vive em volta desta atração e é virada para ela que toda a cidade olha. As imensas quedas de calcário de onde a água quente brota do chão, criaram uma paisagem de sonho, difícil de imaginar. É aqui que vamos passar a nossa manhã, não só subindo e descendo a montanha branca (atenção: terás de ir descalço), mas visitando também Hierapolis, a cidade romana ali fundada no século II (sendo que há vestígios de civilização desde o século VII AC) que aproveitou este tesouro da natureza como spa e para tratamentos de pele, ossos, entre outros. A cidade não se vê do sopé da montanha, mas é de uma dimensão impressionante e vale a pena caminhar um pouco até um dos seus extremos para ver cemitérios romanos a desaparecerem por debaixo do calcário branco. Podes também mergulhar no paradisíaco tanque romano (atividade extra) na entrada da cidade.

Ao início da tarde descemos e almoçamos para, depois, regressarmos a Antália, onde chegamos ao início da noite para jantar. Vamos aproveitar e dar um passeio noturno pela cidade.
Estadia: Hotel

Dia 6   Antália

A manhã começa bem cedo para descobrirmos Kaleiçi, a cidade velha. Com estruturas deixadas pelos impérios romano, bizantino e otomano, o centro histórico é um ponto marcante para os amantes da fotografia e de cidades que mais parecem um postal, sempre com o mar incrivelmente azul a espreitar a cada esquina. O centro histórico de Antália é cercado por um antigo porto romano, com ruas estreitas, casas decoradas, flores, torre de relógio, mesquitas, igrejas, miradouros envidraçados, portões, jardins e construções centenárias. Além disso, o centro tem ainda várias lojas e restaurantes, que vão fazer as delícias dos nossos souvenirs.

Se não estiveres cansado ou te apetecer experimentar a água do mediterrâneo, podemos fazê-lo no porto da cidade ou apanhamos um elétrico e pomos os pés na areia. À noite, escolhemos um restaurante para jantar.
Estadia: Hotel

Dia 7   Antália – Goreme

A manhã pode ser gozada a viajar no tempo, ainda pelas ruas estreitas da cidade ou vendo a cascata de Duden de baixo, que fica apenas a 10 quilómetros do centro da cidade e que se precipita sobre as águas do mar. Reunimo-nos depois para um snack e apanhamos um transfer para o aeroporto, de onde voamos para a região da Capadócia. Chegados a Kayseri, temos ainda uma viagem de uma hora de autocarro até Goreme, onde vamos ficar nas próximas noites. Conseguiremos ainda ver o pôr-do-sol?

À noite, um restaurante vai acolher já as nossas imensas histórias e depois uma shisha…porque não?
Estadia: Hotel

Dia 8   Goreme

Caso queiras ver a paisagem de uma forma diferente, aconselho-te uma subida num balão de ar quente (atividade extra e mediante disponibilidade) logo pela manhã.
Quem faz a viagem de balão junta-se depois ao restante grupo no hotel para o pequeno-almoço e começamos a explorar a pequena povoação de Goreme. Uma visita ao Open Air Museum é inevitável. É aqui que começamos a aperceber-nos do trabalho da mão humana na região. Vamos dedicar toda a manhã a explorá-la. Depois do almoço, vou levar-te numa caminhada de pouco mais de 6 quilómetros que te vai ficar para sempre na memória.

Chegamos ao hotel ao fim da tarde e descansamos até ao jantar ou aproveitamos o tempo até lá para espreitarmos as lojas.
Estadia: Hotel

Dia 9   Goreme

Hoje o dia é dedicado aos arredores da pequena cidade. Passaremos por alguns pontos como pequenas aldeias desabitadas, igrejas escavadas na rocha, cidades subterrâneas e miradouros, acompanhadas por um guia local de língua inglesa. O almoço será feito durante as visitas.

Ao fim da tarde estaremos de regresso a Goreme. O resto do dia é por tua conta. Posso indicar-te, caso desejes, uma pequena caminhada de um quilómetro para veres o pôr-do-sol lá de cima. Será mais do que perfeito.
Estadia: Hotel

Dia 10   Goreme - Origem

O regresso a casa faz-se mediante o horário do teu voo. Um transfer levar-te-á ao aeroporto de Kayseri, de onde regressarás a casa, com uma paragem pelo meio em Istambul.

A viagem acaba, tenho a certeza, cheia de boas recordações! Teşekkür ederim ou obrigado, é assim que me despeço, com um profundo agradecimento pela companhia ao longo destes dias e por me teres permitido mostrar-te aquilo que considero ser o melhor da Turquia. Até breve.

Reserva aqui a tua viagem


1.070€

Perguntas Frequentes

Como é o roteiro da viagem?

A viagem é pensada para ter um pouco de tudo: de locais históricos a monumentos, a experiência em lugares de culto de diferentes religiões, a tours na natureza ou tempo para compras. Apresentamos um itinerário equilibrado e que permite a todos os viajantes uma experiência memorável. Na Landescape, não somos daquele tipo de líderes previsíveis, ou seja, não nos guiamos pelo que está escrito no roteiro ou pelos dias. Vão perceber que muitas vezes nos adaptamos ao desejo do grupo e até ao momento. Visitamos tudo o que está descrito, não querendo dizer, contudo, que seja nos dias que no roteiro descrevemos, por aquela ordem e, se ficar para trás alguma coisa, é porque houve algo melhor que o justificou.

É necessário visto para entrar no país?

Deverás ter um documento válido por 6 meses (passaporte ou CC) contados a partir da tua data de regresso. Os cidadãos portugueses não precisam de fazer visto antecipadamente, já que o podem obter gratuitamente à chegada.

Como é a vida na Turquia?

Apesar de ser um país muito aberto, formado e educado, e de ser um país laico, a maioria da população é muçulmana (quase 98%). Isto não quer dizer que seja mais conservadora, mas é algo que devemos ter em conta, sendo que a formação e a educação seguiram outros parâmetros. Ao contrário do que se possa pensar, as mulheres não andam “todas” tapadas. Esta ideia de que as muçulmanas andam todas de burca é errada. A burca é uma vestimenta essencialmente usada por povos árabes, o que não acontece na Turquia, pois não são um povo árabe, mas turco. Como em qualquer país do mundo, deves fazer por respeitar ao máximo as regras que o país gosta de ver cumpridas e tudo tem a ver com o teu bom senso! Todos os locais de culto – mesquitas, sinagogas, igrejas – são locais de respeito máximo. Deves entrar nestes locais vestido de maneira respeitosa e isto quer dizer que deves sempre tapar as pernas, os ombros (aplica-se a rapazes e raparigas) e, no caso de alguns locais, as raparigas devem cobrir o cabelo. Em todas as mesquitas deve tirar-se os sapatos antes de entrar. Onde ficam os sapatos e como cubro eu o cabelo? Todas as mesquitas têm um espaço onde guardar o calçado ou é-nos dado um saco plástico para os colocarmos (recomendamos viajar sempre com dois sacos de pano para colocarmos todo o nosso calçado para que se evite o desperdício de plástico). No caso dos lenços, são-nos fornecidos à entrada para cobrir o cabelo, as pernas e os ombros, embora o que eu sugira sempre é que as pessoas levem lenços próprios (não porque os que nos dão estão sujos, mas porque sendo nossos, podemos andar com eles na rua também e usa-los sempre que necessário…além de que são, de certeza, mais bonitos e coloridos). Lembra-te sempre: a visão que os turcos mais conservadores têm do teu país, é a imagem que tu lhes mostras!

Como funcionam os transferes de/para o aeroporto?

O transfer é um processo simples. Neste momento, no Novo Aeroporto de Istambul podes usar o autocarro ou o táxi. O mesmo no aeroporto Sabiha Gokcen, do lado asiático. Podemos, em alternativa, enviar um transfer do hotel se assim desejares, sendo que este te aguardará à porta com sinalização própria e deixar-te-á no hotel. Pedimos-te apenas que nos envies um e-mail a solicitar esse serviço. O autocarro, dependendo da hora de chegada, demora pelo menos uma hora até ao centro, o mesmo que o táxi. O preço do autocarro por pessoa ronda os 4€ e de táxi, dependo do número de pessoas a bordo, mas uma van rondará os 50€ e dá para 8 pessoas.

Como são os alojamentos durante a viagem?

Todos os quartos são twin, isto é, com duas camas individuais (ou com cama matrimonial para os casais que assim solicitem). Pode também haver a opção de ficares em quartos triplos, se assim desejares, e nesse caso solicitamos também que entres em contacto connosco por e-mail. Todos os quartos fornecem toalhas, roupa de cama e têm casa de banho privativa. A nossa escolha vai para hotéis centrais ou que estejam perto dos locais de interesse. A ideia é que sejam higiénicos e que tenham, sempre que possível, ambiente familiar.

Como são os transportes no país?

O sistema de transportes é moderno: autocarros, elétricos, metro, comboios, táxis, há de tudo e para todos os gostos. A maior parte da nossa viagem vai ser a pé. Esta é uma viagem para se caminhar e chegar ao alojamento com os pés “cheios” de Turquia. Para nos deslocarmos para locais mais longe, utilizaremos transportes públicos ou voos internos.

É seguro viajar na Turquia?

A Turquia é genericamente um país muito seguro e são raros os casos que conhecemos de problemas que aconteçam, incluindo pequenos roubos com carteiristas. As zonas onde ficamos são centrais e vamos andar sempre juntos, sendo que como em qualquer lugar do mundo, o bom senso é pedido e a atenção obrigatória.

É uma viagem cansativa?

Vamos caminhar de manhã à noite todos os dias. Fazemos mesmo muitos quilómetros nesta viagem e por isso um bom par de sapatilhas para caminhar é obrigatório. Ao fim de alguns dos dias, por estarmos longe do nosso alojamento, vamos usar os transportes públicos, embora acreditemos que uma viagem se faz a caminhar. De resto, não há mais nenhuma subida ou trekking complicado.

Qual a roupa mais adequada?

Aconselhamos sempre roupa prática e discreta, e que te adaptes às ocasiões. Assim, a nossa sugestão para mulheres é:

  • Cobrir o cabelo, pescoço, os ombros e parte dos braços (ainda que discretamente, dentro de sítios de culto);
  • Todo o tipo de calçado é admitido!

No caso dos homens:

  • As pernas e ombros devem ser tapadas em sítios de culto.

As temperaturas são similares às de Portugal e dependendo da altura em que a viagem aconteça, a roupa e o calçado a levar é o mesmo que usaríamos aqui nessa altura do ano. De lembrar que o sul é sempre mais quente que a parte norte e que na Capadócia, de noite, mesmo nos meses mais quentes, pode fazer um pouco de frio. Mais indicações sobre o que levar na mochila estão identificadas no Manual de Viajante que é enviado aquando da inscrição.

Que comida será servida?

A alimentação é variada. Desde as famosas pide (pizzas turcas) a sandes ou grelhados – todos eles à base de vegetais e/ou carnes várias – até aos conhecidos kebabs, sopas deliciosas como a de lentilha e batatas recheadas, pães com sésamo a maravilhosas sobremesas, como o baklava, a Turquia é um paraíso para os amantes da gastronomia. Existem muitas opções vegetarianas.

Esta viagem exige cuidados de saúde especiais?

A Landescape tem uma parceria estabelecida com duas médicas formadas em Medicina do Viajante que te podem melhor aconselhar sobre todos os cuidados de saúde necessários e eventuais vacinas de prevenção para viajar na Turquia. Dessa forma, podes agendar uma Consulta do Viajante Online na data e hora que te for mais conveniente com uma delas.

Quanto ao dinheiro para a viagem?

Na Turquia é possível levantar dinheiro com cartão de débito (ATM) em qualquer caixa. Os cartões de crédito também são aceites. Deves, porém, lembrar-te que como a Turquia não tem Euro, por cada levantamento que faças pagas uma taxa de câmbio de Lira Turca para Euro, além de uma taxa no teu banco em Portugal. O que sugerimos é que leves dinheiro contigo para estes dias e o troques por Liras Turcas, à medida que vais necessitando. Há muitos sítios onde o podes fazer. A moeda turca tem caído muito desde há uns anos para cá. Se em 2015, 1€ valia 2,75TRY neste momento ronda as 13TKY, o que para nós é fenomenal, já que o nosso poder de compra quase triplicou. O melhor é trocar dinheiro na cidade e não no aeroporto.

Outras informações relevantes.

Todos os hotéis têm Wi-Fi. A comunicação mais barata é por internet. Em todas as cidades são mais duas horas do que em Portugal. A Turquia usa corrente elétrica de 220 Volts e as tomadas são iguais às usadas na Europa. O indicativo internacional da Turquia é o +90. Algumas das companhias portuguesas funcionam em roaming, porém é aconselhável procurares informação junto da tua operadora relativamente aos tarifários e as condições em roaming com alguma antecedência antes de partires. Comprar um sim card local é possível mediante apresentação do passaporte/CC à chegada ao aeroporto e o preço ronda os 25€ e tem a duração de 1 mês).

seguros-de-viagem-landescape

SEGURO DE VIAGEM LANDESCAPE

Descobre qual o seguro de viagem que melhor se adequa às tuas necessidades.

consulta-do-viajante-landescape

CONSULTA DO VIAJANTE

Agenda já a tua consulta para ficares a par dos cuidados de saúde recomendados e obrigatórios desta viagem.

Queres que entre em contacto contigo?

A nossa equipa irá acompanhar-te e dar-te todo o apoio necessário.

Sobre o Líder


Ricardo Torrão

Viajar é alargar horizontes, celebrar o mundo e combater a pequenez de espírito. Saber mais

Outros destinos que lidera

Testemunhos

Este site utiliza cookies, ao continuares estás a permitir a sua utilização. Quero saber mais Ok