Mapa Meu - Travel Experiences Lda
+351 917 434 117

Zimbabué, Zâmbia e Botsuana

Detalhes da Viagem

  • Botswana, Zambia, Zimbabwe
  • Aventura, Fotografia
  • 25 Out, 2020 - 14 Nov, 2020
  • 21 dias / 20 noites
  • OUTUBRO | 2760€ / pessoa
  • 4 - 10
  • 16
Google+LinkedIn

Destaques

Desliza pelas águas calmas do Zambezi lado a lado com hipopótamos!

Observa uma fauna indescritível que só o continente africano te permite!

Desfruta do Parque Nacional Hwange com mais de 400 espécies de pássaros e 107 de mamíferos!

Viaja ao centro das magníficas salinas de Makgadikgadi, uma das maiores do seu género no mundo!

Adormece numa cabana em pleno Delta do Okavango, rodeado de árvores gigantes e vista para o delta!

A Experiência

O sul de África é uma região incrivelmente diversa, com a uma vida selvagem deslumbrante, paisagens de cortar a respiração e vestígios de uma cultura ancestral. Durante esta aventura épica, vamos explorar alguns dos parques nacionais e reservas menos visitadas do centro-sul de África. Saindo dos trilhos já batidos e das rotas turísticas, exploramos as regiões selvagens da Zâmbia, do Zimbábue e do Botsuana.

Vamos visitar algumas das áreas de vida selvagem mais proeminentes, acampar em parques nacionais e estar em contacto constante com a natureza. Desde fazer kayak no Rio Zambezi até cruzeiros no Delta do Okavango; trekking com rinocerontes no Parque Nacional de Matobo, no Zimbábue; a desfrutar de safaris nos parque de Kafue, Matobo, Hwange e Chobe; terminando, claro está, nas Cataratas Victoria.

Vão ser 21 dias de intensa aventura e deslumbre pelas mais incríveis paisagens africanas!

Itinerário

1
Dia 1 | Origem - Livingstone
Hoje será o dia reservado à tua viagem para Livingstone, a capital da Zâmbia, onde chegarás de certeza na manhã do dia seguinte.
2
Dia 2 | Livingstone
Hoje chegarás à capital do país e depois do checkin, poderás descansar um pouco da longa viagem feita. Mais tarde, enviar-te-emos o horário para que possas conhecer o líder da viagem e os restantes viajantes que te vão acompanhar nas próximas semanas, altura em que terão um briefing detalhado do dia-a-dia durante a mesma.
Cabana
3
Dia 3 | Livingstone - Parque Nacional Kafue
O dia começa cedo!

Vamos seguir para norte, para o primeiro Parque Nacional da viagem, o Kafue. Com mais de 22.500 quilómetros quadrados, é o maior parque nacional na Zâmbia, e um dos maiores do mundo. Desde a floresta do rio Kafue à vasta pastagem de Busanga, neste parque conseguirás contemplar a vida selvagem por completo! Chegamos ao nosso acampamento nas margens do rio a meio da tarde, e podemos já contemplar grupos de elefantes e hipopótamos a desfrutar das águas do rio, mesmo em frente a nós!
Acampamento
4
Dia 4 | Parque Nacional Kafue
Vamos acordar com o nascer do sol e depois do pequeno-almoço, partimos para o primeira “game drive” da viagem!

Conduzindo ao longo da vegetação exuberante do rio Kafue – terás a primeira oportunidade de ver alguns dos “Big Five” de África! Depois de uma manhã vagueando por entre a diversidade que o parque no proporciona, regressamos ao acampamento para desfrutar de um brunch e uma sesta. À tarde, estamos de volta à estrada, para explorar diferentes partes deste imenso parque, antes de voltar ao acampamento para jantar.
Pousada
5
Dia 5 | Parque Nacional Kafue - Parque Nacional Zambezi
Hoje vamos em direcção ao canto sudeste da Zâmbia, para as margens do rio Zambezi! Daqui partimos para a nossa jornada pelo rio, de canoa, navegando por entre os grupos de hipopótamos que governam as águas. Chegamos ao nosso acampamento a meio da tarde e preparamo-nos para a grande aventura que aí vem!
Acampamento
6
Dia 6 e 7 | Parque Nacional Zambezi
Descer o rio Zambezi de canoa é um privilégio que pouca gente vai ter durante a vida e é uma experiência que nunca vais esquecer!

Começamos o dia cedo, para a viagem de 70 quilómetros ao longo deste majestoso rio no continente africano. Mais uma vez, vemos os hipopótamos na água, enquanto nos embrenhamos no Parque Nacional. Deslumbra-te também com os elefantes que descem às margens do rio para se refrescarem, e com aqueles que se aquecem ao sol.

Hoje acampamos numa das muitas ilhas deste rio, adormecendo com os rugidos dos leões à distância, antes de continuarmos a nossa viagem pelo rio na manhã seguinte.
Acampamento
7
Dia 8 | Parque Nacional Zambezi - Lago Kariba
O dia leva-nos numa curta viagem até ao Zimbabué e ao maior lago feito pelo homem, no mundo inteiro – o lago Kariba. Construído nos anos 50 como uma barragem hidroelétrica, é agora um local de férias ideal para pescadores, ornitófilos e fotógrafos. Com 5400 quilómetros quadrados, este lindíssimo lago é casa de milhares de hipopótamos e crocodilos, uma incrível diversidade de pássaros e está rodeado por um Parque Nacional protegido, com vida selvagem de impressionar o mais viajado de todos os viajantes! Aqui vamos navegar numa embarcação pelo gigante lago artificial e mais tarde, acampar nas margens do lago.
Acampamento
8
Dia 9 | Lago Kariba - Parque Nacional Hwange
O dia de hoje começa verdadeiramente cedo, já que vai ser um dos mais longos na estrada.

Partimos de Este para Oeste de Zimbabué, em direcção ao Parque Nacional Hwange. Pelo caminho, África. a savana, animais selvagens, pequenas povoações, um céu infinito. Vamos chegar ao alojamento já pela noite, com tempo para umas boas horas de descanso - o corpo assim o exige - antes de começarmos a explorar o parque na manhã seguinte!
Acampamento
9
Dia 10 | Parque Nacional Hwange
O Parque Nacional Hwange, sendo o maior do Zimbabué, tem uma quantidade incrível de vida selvagem, com mais de 400 espécies de pássaros e 107 espécies de mamíferos – incluindo leões, girafas, leopardos, chitas, hienas e cães selvagens. Mas o que realmente define o Parque Nacional Hwange, é a sua população de elefantes. Vamos passar parte do dia a percorrer o parque, fora dos trilhos mais turísticos, descobrindo quilómetro a quilómetro o que tem esta região para nos oferecer.
Acampamento
10
Dia 11 | Parque Nacional Hwange - Parque Nacional Matobo
De um dos tesouros do Zimbabué, que já ficou com toda a certeza marcado na memória de cada um, para o próximo – hoje é dia de conduzirmos para sul, para explorar as fascinantes colinas de granito do Parque Nacional Matobo.

Depois de uma manhã calma, voltamos ao nosso transporte e começamos a viagem. Chegamos ao acampamento, mesmo à entrada do parque, a meio da tarde.

Pela noite, acendemos a fogueira e desfrutamos de um clássico “braai” africano (cozinhar carne por cima de carvão).
Pousada
11
Dia 12 | Parque Nacional Matobo
Com um dos cenários mais bonitos em granito do mundo, o Parque Nacional Matobo é um dos tesouros menos conhecidos do Zimbabué. Este local, na lista de Património Mundial da UNESCO, tem uma paisagem deslumbrante de gigantes rochas de granito, equilibradas umas por cima das outras, como se a qualquer momento um simples toque, as fizesse cair. É assim fácil de perceber, quando o observamos, a razão pela qual o Matobo ser considerado o lar espiritual do Zimbabué.

Vamos passar o dia a explorar esta zona única e posteriormente enfrentar mais uma aventura: uma épica Rhino Trekking!
Pousada
12
Dia 13 | Parque Nacional Matobo - Salinas Makgadikgadi
Passamos do Zimbabué para o Botsuana e a aventura continua!

Hoje, depois do pequeno-almoço, vamos para o centro das magníficas salinas de Makgadikgadi – as maiores do seu género no mundo! Hoje é também noite de campismo selvagem nas brancas planícies de sal. Uma experiência, acreditamos, única!

Chegamos ao acampamento ao fim da tarde, a tempo para montar as tendas, explorar e admirar o magnífico pôr-do-sol nas salinas.
Acampamento
13
Dia 14 | Salinas Makgadikgadi - Maun
Depois de uma fantástico nascer do sol sobre as salinas, com uma chávena de café quente na mão, vamos desfrutar de um completo pequeno-almoço antes de nos fazermos à estrada.

O nosso destino de hoje é Maun – a sede do turismo no Botsuana. Chegamos ao nosso acampamento, nas margens do rio Boteti, a tempo do almoço. Depois vamos até à cidade, abastecer-nos de bens para o que aí vem: o Delta Okavango.

O resto da tarde é dedicado a cada um. Desfruta da maneira como entenderes, mas aconselhamos sempre o descanso, acompanhado de um bom livro, já que os dias que se seguem serão cansativos e os dias passados, já maçam o corpo.
Acampamento
14
Dia 15 e 16 | Delta Okavango
Uma viagem a África é sinónimo de muitas escolhas e uma delas é, sem dúvida o Delta do Okavango!

Nos próximos dois dias vamos ficar alojados em Nxamaseri, numa cabana deslumbrante no Delta, que nos dá uma visão de tudo o que esta região nos proporciona de melhor: uma vida selvagem deslumbrante, paisagens indescritíveis e muitas opções de actividades, tudo rodeado de árvores gigantes de marula e ficus, na berma das águas, com vista para o Delta.

Durante o nosso tempo aqui, vamos caminhar, navegar em mokoros (canoas tradicionais) e relaxar no alojamento.
Acampamento
15
Dia 17 | Delta do Okavango - Caprivi Strip
Depois de dois dias mágicos neste local incrível, partimos para a região do Zamzebi, na Namíbia, conhecida anteriormente como Caprivi Strip.

Depois de décadas de danos de guerra e caça furtiva, a vida selvagem da região está lentamente a recuperar, principalmente espécies raras de antílopes, como a palanca-negra e palanca-vermelha.

É aqui que passar aqui a noite, acampando nas margens do rio Zambezi.
Pousada
16
Dia 18 | Caprivi Strip - Kasane
Construído nas margens do rio Chobe, Kasane é a porta de entrada para o famoso Parque Nacional Chobe e é para lá que nos dirigimos hoje. Chegamos ao nosso alojamento a tempo do almoço e partimos para o barco que nos vai levar na inesquecível travessia pelo rio Chobe, onde podemos ver novamente, grupos de hipopótamos e elefantes.

Jantamos no restaurante do alojamento.
Pousada
17
Dia 19 | Kasane - Parque Nacional Chobe
Hoje partimos para o último safari da viagem, num dos parques mais prestigiados de África, o Chobe. Vamos acordar com o sol e explorar a popular beira do rio de Chobe. Este parque é um dos melhores destinos para observar vida selvagem, com as maiores manadas de elefantes do mundo.

Ao início da tarde fazemos uma pausa, para depois terminarmos o dia com mais uma volta pelo parque.
Acampamento
18
Dia 20 | Kasane - Livingstone
Depois de uma fantástica aventura pelos destinos de vida selvagem mais épicos do sul de África, está na altura de relaxar no conforto do alojamento em Livingstone, onde vamos chegar ao final da manhã.

Pela tarde fazemos uma visita aos pontos altos de Victoria Falls e depois, caso desejes e queiras guardar os últimos momentos para ti, há várias actividades que podes optar (OPÇÕES EXTRA). Desde as desportivas, como bungee jumping ou rafting; até actividades mais relaxantes como um cruzeiro ao pôr-do-sol, ou uma viagem de helicóptero para ver as Victoria Falls.
Hotel
19
Dia 21 | Livingstone
A aventura chega ao fim, deixando-nos com memórias e experiências para toda a vida!

Se o teu voo for ao final do dia, terás ainda uma parte do dia para guardares as últimas memórias desta viagem fascinante.

Resta-nos agradecer-te e desejar-te uma boa viagem.

Muito obrigado!

O que está incluído?

  • 19 noites de alojamento (hotel, guesthouse, acampamento, cabana)
  • 19 pequenos almoços, 17 almoços, 15 jantares
  • Água durante toda a viagem
  • Actividades
  • . Entrada em todos os Parques Nacionais
  • . Passeio de barco no Lago Kariba
  • . Passeio de barco no Rio Chobe
  • . Rhino trekking
  • . Salinas Makgadikgadi
  • Transporte durante a viagem (Overland de 13px totalmente equipado)
  • Transfers (Livingstone)
  • Acompanhamento do líder da Landescape

O que não está incluído?

  • Voos internacionais (a partir de 700€) - Recomendamos a Geostar
  • Todas as actividades não incluídas no item Incluído
  • Alimentação não especificada
  • Despesas pessoais
  • Visto Zâmbia | 50$
  • Visto Zimbabué | 30$
  • Gorjetas
  • Seguro pessoal (Obrigatório) - Recomendamos IATI SEGUROS

Perguntas Frequentes

O roteiro da viagem
Não somos aquele tipo de líderes previsíveis e perceberão que muitas vezes nos adaptamos ao desejo do grupo e até ao momento. Visitamos tudo o que está descrito, não querendo dizer é que seja nos dias que no roteiro descrevemos, naquela ordem e, se ficar para trás alguma coisa, é porque houve algo melhor que o justificou! Para além disso gostamos de dar tempo para que cada um, se quiser, tenha tempo para si. Seja para um café, para visitar um mercado, passear pela cidade ou descansar. É uma viagem em grupo, mas é sobretudo a tua viagem. Venham de coração aberto e sem as formatações porque vai ser desta forma que vão aproveitar melhor esta experiência.
É necessário visto para entrar nestes países?
Sim, todos os vistos poderão ser adquiridos na fronteira à entrada de cada um destes países. Antes de tudo, o passaporte deve ter a validade mínima de 6 meses a contar da data de regresso a casa e tem de ter pelo menos 3 páginas em branco para os carimbos. Em todos estes países, o visto tem a validade de 3 meses, sendo que o custo dos vistos não está incluído na tarifa da viagem e deverá ser pago em dólares americanos na fronteira aquando da entrada no país. Para os viajantes de países da Comunidade Europeia aplicam-se os seguintes preços: Zâmbia: 50$ Zimbabué: 30$ Botsuana: Gratuito Namíbia: Gratuito É importante que tragam estas quantias em dólares previamente de Portugal.
Como funcionam os transfers de/para o aeroporto?
Esta viagem começa e acaba em Livingstone, onde os transfers de chegada e partida entre o aeroporto e o alojamento estão incluídos.
Como são os transportes no país?
Vamos deslocar-nos num overland e sempre que necessário, em transportes requisitados na altura.
Como são os alojamentos durante a viagem?
Iremos ficar em diferentes tipos de alojamento, desde lodge, guest houses, bungalows e camping. Todos os quartos serão invariavelmente twin com camas individuais separadas, salvo se viajarem acompanhados e preferirem cama de casal. Nesse caso tentaremos, sem garantia de o conseguir, reservar um quarto duplo de casal. Podem contar com casas de banho privativa, toalhas de banho e outras comodidades nos lodges, guesthouses e em alguns dos outros alojamentos. No entanto, nas noites em que ficamos em campismo, as casas de banho serão como as de um normal parque de campismo com instalações partilhadas. Não te esqueças dos chinelos, toalha de banho de campismo e produtos de higiene pessoal. Nas noites de campismo providenciamos uma tenda espaçosa para duas pessoas e camas de campismo articuladas. Nalguns parques de campismo poderá existir a possibilidade de fazer um upgrade para quartos com ou sem WC privativa, normalmente por um custo extra de €10 a 50€ por pessoa, dependendo do alojamento. Embora todos os alojamentos onde ficamos terem sido criteriosamente seleccionados pelas suas condições e standard de serviços prestados, relembramos que as condições de África e da Europa são bastante diferentes, onde nalguns sítios poderão acontecer interrupções de energia ou fornecimento de água.
É seguro viajar nesses países?
Todos os quatro países são perfeitamente seguros para se viajar. Contudo, é importante manter as habituais precauções em viagem para se evitarem situações menos desejáveis, sobretudo nas cidades. Até os carteiristas são menos frequentes que nas cidades europeias mas é sempre recomendável não levarem objetos de valor convosco ou se o fizerem terem o cuidado de os transportar junto ao corpo e em local que não seja visível.
É uma viagem muito cansativa?
Esta viagem inclui algumas breves caminhadas em terreno ligeiramente acidentado, passeios de barco, passeio de caiaque onde serão os viajantes a remar e muitos quilómetros em estradas esburacadas. Não obriga a um esforço físico redobrado e os alojamentos são geralmente cómodos o que permite a reposição do sono durante a noite, mas não esqueçamos que é uma viagem de aventura e como tal o cansaço acumulado poderá fazer-se sentir após alguns dias. Não temos limite máximo de idade para viajar mas os viajantes deverão ter condição física e condição de saúde suficiente para não comprometer a experiência de viagem do resto do grupo.
Qual a roupa mais adequada?
As temperaturas médias durante o dia serão altas, a rondar os 30º e, nalguns sítios, baixas durante a noite, a rondar os 15º. Ocasionalmente, poderemos apanhar alguns aguaceiros e especialmente nas Cataratas Vitória iremos apanhar muita água. Recomendamos portanto fazer uma mala de roupa diversificada mas com poucas peças. Não deverás esquecer um par de calçado confortável e impermeável, para algumas das nossas caminhadas, roupa confortável, leve e discreta para os dias mais quentes. Traz biquini ou fato de banho pois alguns dos alojamentos onde ficamos têm piscina e, se tivermos tempo, sabe sempre bem dar um mergulho ao fim do dia; um pequeno casaco, calças e uma camisola quente para as noites e manhãs mais frias. Roupa interior térmica para os mais friorentos pois nalgumas zonas mais desérticas como Makgadikgadi, as temperaturas poderão baixar bastante durante a noite; protetor solar, óculos de sol e chapéu. Nestas latitudes, o sol é muito forte e é fácil apanhar uma insolação. Aconselhamos a trazeres um poncho de chuva fino que deveremos utilizar apenas uma vez nas Cataratas Vitória, onde nalguns dos percursos a água pulverizada é tanta que parece chuva torrencial. Um impermeável fino é suficiente ou poderão comprar um no local por cerca de 3$.
Que comida será servida?
A comida em tour é bastante diversificada e tentamos, sempre que possível, adaptar ao gosto do grupo. Normalmente preparamos refeições rápidas e simples ao almoço quando estamos em viagem e refeições mais confeccionadas ao jantar, entre guisados ou churrascos. Os cozinhados são muito baseados na cozinha portuguesa, mas com inspiração africana. Cozinhamos sempre com produtos locais que vamos comprando ao longo do caminho. Nestas partes de África, os ingredientes mais comuns são as tradicionais frutas e vegetais e carne de vaca ou galinha, que facilmente também poderemos complementar com massas ou arroz. Para os apreciadores de carne, poderão ter a oportunidade de experimentar a deliciosa “bush meat”, em restaurantes específicos. Preparamos também separadamente pratos para qualquer regime alimentar específico que seja antecipadamente requerido. No dias que não têm refeições incluídas, teremos todo o gosto em sugerir alguns restaurantes ou pratos locais. Lembramos que, de um modo geral, África é um continente relativamente barato. Muito facilmente se come uma refeição completa entre 3€ a 6€, sendo que a comida de rua é ainda mais acessível, porém faço um alerta para o facto de nem sempre os padrões de higiene serem os melhores.
Quanto dinheiro é recomendável levar para a viagem?
Neste tour incluímos o maior número possível de despesas no preço final, de forma a reduzir as tuas despesas adicionais durante a viagem. O dinheiro que vais gastar depende da tua forma de ser, se fumas ou bebes, se compras muitas recordações, se gostas de comer em restaurantes mais luxuosos, etc. Dado que só estão excluídos do preço da viagem os custos relacionados com os vistos, algumas refeições, gratificações, actividades extra, snacks no intervalo das refeições, álcool, tabaco e eventuais presentes ou recordações que queiram trazer não recomendo que se traga menos de 200€ e, se tiverem oportunidade, podem já trazer em dólares. As maiores despesas extra que poderás ter são as possíveis actividades extra, nomeadamente o rafting ou bunjee jumping nas Cataratas Vitória mas que poderás pagar com cartão. Igualmente durante a viagem, poderás cambiar localmente algum dinheiro nos pontos que o líder da viagem te indicar para teres uma melhor taxa de conversão e, se eventualmente precisares poderás levantar nos ATMs recomendados.
Esta viagem exige cuidados de saúde especiais?
A Landescape aconselha-te a ires à consulta de viajante mais próxima e com a maior antecedência possível. Alguns sítios têm lista de espera de dois meses e caso optes por fazer a profilaxia da malária, nalguns dos casos tem de começar a ser feita 2 semanas antes da partida. Apesar de não existirem vacinas obrigatórias para nenhum destes países é, contudo, provável que sejas aconselhado a tomar as vacinas da Febre Amarela, Febre Tifóide e Hepatite A, e se assim for por descargo de consciência aconselhamos-te a que tragas contigo o boletim de vacinação internacional. Além dos cuidados normais a ter em viagem, aconselhamos a trazer um pequeno kit de medicamentos apenas de prevenção que julgues ser necessário. Se tomas algum tipo de medicação regular, aconselhamos a trazê-la contigo para a totalidade da estadia, pois poderá não ser fácil encontrar esses medicamentos nas farmácias locais. A Landescape tem um acordo com a Consulta do Viajante em Telemedicina do Dr. Diogo Medina, que poderás marcar através do site www.consultadoviajante.com com o código goLandescape para obteres 10% de desconto.
Outras informações
Perguntas Frequentes

Marcação

InícioFimEstadoPreço
Data Domingo 25 Out, 2020 Sábado 14 Nov, 2020 Vagas 3 Preço OUTUBRO | 2760€ Agendar

O Líder

Pedro Quirino

Especializei-me em safaris de natureza e vida selvagem e decidi pegar na minha paixão pelo continente africano e partilhá-lo com outras pessoas.
Mais informação sobre o líder